Cadê o suporte?

Com compra não reconhecida, tentei contato via chat 2x, via e-mail e nada de sequer me atenderem.

Acho que deveriam cuidar menos do México e prestar mais atenção aqui ¬¬

Se precisa de atendimento imediato tente pelo 0800, direto você já cai em um atendente

2 Curtidas

Boa noite @JCK, acredito que essa demora seja devido à maior demanda de atendimentos por causa do aumento de clientes do Brasil mesmo. De qualquer forma, você tentou o 0800? conforme indicado por @ree.
Espero que seja logo atendimento. :pray:

Ah, você já reportou a compra pelo app?! Você pode reportar e eles irão analisar e te responder. Fica tranquilo.

1 Curtida

Mais cedo, tentei usar o chat tbm e fui informado que o chat estava com instabilidade por mensagem minutos depois.

1 Curtida

Sim, tive que apelar para o 0800 (quase 1 hora no telefone) e não resolveram o problema… Não sei se é o sistema bancário deste lixo de país ou o NuBank, mas nem informações da empresa que recebeu o pagamento fraudado eles tem.

Agora toca cancelar o cartão clonado (pela 4ª vez) e colocar de volta em todos os serviços…

Pode acionar a Ouvidoria também, eu quase acionei quando estava recebendo notificações de compras de outro cliente no app, uma falha de segurança gravíssima que o SAC não estava levando a sério.

2 Curtidas

Mas essa compra não está sendo analisada?
quando você não reconhece uma compra, o normal do Nubank é te dar um crédito de confiança e abrir uma disputa.

Eu nunca tive meu cartão clonado, mas imagino o transtorno. E o tempo sem cartão enquanto espera chegar o novo? É chato, mas é o jeito :neutral_face:

Caramba irmão, mas é uma situação bem complicada mesmo mas vai dá tudo certo! mas é bem chato quando essas situações caem do nada :confused:

Mas deve ter um motivo por essa demora

Realmente, um amigo passou por uma situação parecida e o valor passou por uma analise antes!

1 Curtida

O problema não é a disputa (isso é fácil, 1 click (ou dedada) e eu abro uma disputa). Também o valor nem é tão alto.

O que me incomodou bastante foi não saber absolutamente nada sobre a empresa que cobrou isso.

Outro ponto de incomodo foi levar quase 24 horas pra saber se eu tinha que cancelar meu cartão físico ou meu cartão virtual (vocês podem imaginar que o nível de transtorno do primeiro é infinitamente superior ao segundo).

Eu postei duas idéias aqui na comunidade para minimizar ambos problemas: ter a informação sobre qual cartão (físico ou virtual) foi usado nos detalhes da compra e poder gerar vários códigos de verificação (ou data de validade) para o cartão virtual (assim, quando surgir uma compra estranha com aquele CV, eu sei onde ele havia sido usado e consigo saber qual empresa tem problemas de segurança).

4 Curtidas

Nesses casos, é recomendável bloquear imediatamente pelo app. Mas super te entendo. Espero de verdade que tudo se resolva e que não aconteça de novo, né?! Eu vi seu tópico com as ideias, achei interessante. :wink:

O Nubank não tem autonomia para fazer o cancelamento de nenhuma compra. Eles solicitam a intervenção da bandeira quem intermediará a disputa. A análise pode ser imediata ou demorada (e muito demorada). Inobstante isso, o depósito de confiança certamente será feito. Quer mais?

Releia o que escrevi. Não está em grego.

1 Curtida

Isso é muito chato, também não sei pq não informam, nenhum outro cartão faz isso até onde sei, mas seria interessante ter ao menos o CNPJ/CPF do responsável da maquininha ou gateway, com certeza a MasterCard tem essa informação para ir atrás, mas não repassam para a gente.

Quando eu tive problema com aquela bomba daquela atualização automática que a Nubank fez, em minutos me falaram no telefone se era o virtual ou o físico que foi usado, não se pq com você demorou tanto, seria interessante ter no app sim.

Eu tinha lido em algum lugar que o Santander faz isso

Sobre o CVV, sabe que a Amazon não pede na hora de cadastrar o cartão né? Não sei pq eles tem esse privilégio.

Bom Dia… Recebi várias cobranças que desconheço de uma tal de “Pegasus Administradora” e ao entrar em contato com a Nubank via chat, fui informado que é impossível o cartão ser clonado, ou seja, segundo a atendente qualquer lançamento realizado via maquininha não pode se caracterizar fraude… O pior que em nenhum desses lançamentos que desconheço fui notificado como as demais compras… Muito estranho!!!
E uma vez que ainda não é possível trocar a senha do cartão via aplicativo, solicitei o cancelamento imediato do mesmo e agora é aguardar o novo chegar… Fiquem atentos consultando frequentemente a fatura pelo celular, se possível diariamente…

1 Curtida

Se não estou enganado é algum tipo de parceria com a MasterCard, a Anhanguera também não solicita o CVV.


Amei a ideia, poderia aparecer um ícone ao lado do nome da compra, já facilitaria muito

1 Curtida

Infelizmente, o caso de cartão é o mesmo da nossa segurança diária: nós temos de cuidar. Já tive cartão Santander, BB e Porto Seguro clonados. O Nubank também teve uma despesa não reconhecida. Em TODAS as situações, SEMPRE foi após compras que abriram brecha de segurança. E compras online. Por exemplo, empresas que armazenam o número para facilitar. Vc confia na estrutura que eles têm para guardar seus dados com segurança?
Em todos os meus casos, ficou claro que o processo foi falho e outras pessoas tiveram acesso ao número do cartão e fizeram compras. Nenhum caso foi com o cartão físico na máquina. Santander e BB foram clonados quando eu fazia um conjunto de pagamentos para viagem: hotel, passagem, seguro, etc. No meio do processo começaram a aparecer compras em Evino, lojas de artigos para bebê (nem tinha filho).
Porto Seguro foi logo depois da compra de um curso de inglês: alguém comprou mais de 200 reais no Habib’s em Curitiba (nunca estive lá).
Com o Nubank, foi depois de algumas compras online usando o cartão digital. Claramente alguém pegou o número armazenado no site da loja.
Depois disso, cartão digital SEMPRE bloqueado, limite disponível sempre ajustado para um valor não maior que 200,00. Quando preciso de mais, ajusto. Tão fácil e prático.

1 Curtida

Mas concordo muito com a reclamação sobre o fato deles não passarem os dados do comprador. No meu caso, se o cara fez assinatura do Evino, quem é, onde mora? Quem compra em loja digital fornece endereço para entrega. Por que eu não posso ter acesso? É o meu cartão que foi, digamos, roubado. Por que sou privado de saber quem roubou?
Já briguei muito mas nunca consegui. Sempre dizem que não sabem.
Como, provavelmente, tem até funcionário da operadora de cartão envolvido, e, certamente, tem funcionário das lojas envolvido, parece que preferem abafar. Não entendi ainda a razão.
Enfim, considerando que nestes casos o suporte sempre é deficitário (ao menos para a nossa expectativa), o jeito é a gente tomar as precauções. Tira um pouco da liberdade e das facilidades? Sim. Como a liberdade de andar tranquilo à noite na rua também nos foi tirada… C’est la vie…

@Jotapb concordo com a sua posição a respeito, mas o que me deixa intrigado que a atendente me garantiu que todas as compras foram realizadas presencialmente com o cartão físico e digitação de senha…
Me explique uma coisa, essa de ajustar o valor, eu posso realizar a qualquer momento?!
Abs

Sim, instantâneo. Assim, mesmo em caso de clonagem ou roubo, não vão poder gastar muito (no meu caso, neste momento roubariam apenas 61,00 :sweat_smile:). Claro, se vc vai muito a lugar onde conexão é problema, tem que otimizar este uso.
Várias vezes eu esqueci, passei o cartão e foi negado. Entrei no app, ajustei, passei de novo e pronto.

1 Curtida

@Jotapb Bacana… Vou adotar essa “segurança”… Vlw… Abs!