Cofrinho: o destino das moedas na infância

Olá, Community!

Como passaram o Dia das Crianças? Bem? :slight_smile:

Resgatando o clima do começo do mês, gostaria de saber um pouco mais sobre a infância de vocês: vocês costumavam guardar moedas nessa época boa?

Pois eu, sim! Desde pequena fui incentivada a guardar dinheiro e, mesmo sem a opção de Guardar Dinheiro na NuConta, eu guardava no meu cofrinho que tinha formato de baú!

golden

E sempre tive uma motivação muito forte para poupar dinheiro: música!

Boa parte das moedas tinham esse destino: CDs e revistas. Os meus olhos brilhavam! É muito bom poder relembrar de quando minha única preocupação era algum lançamento de CD ou single, eu não sabia o que eram boletos. Sou muito orgulhosa de minha prateleira lotada de CDs, a sensação de ter algo tão valioso pra mim. Inclusive, ainda gosto muito.

Recentemente, vi uma das bandas que amo desde os 10 anos: Panic! At The Disco. Foi um momento ímpar no meu ano. E já fazendo menção à cena emo dos anos 2000: tenho uma coleção de CDs da banda Fall Out Boy, todos os cds foram comprados com as minhas “economias musicais”.

Esse costume da infância se estendeu até a vida adulta: além de poupar para responsabilidades e até por motivos de organização da vida financeira, eu mantive o hábito de deixar uma parcela desse valor destinada a shows e a aquisição de materiais de artistas que gosto muito!

O cofre em forma de baú e a infância já foram, mas a paixão pela música permanece forte.

E a criança interior de vocês continua guardando moedinhas?

Contem pra gente!

54 Curtidas

Aqui coloquei meu Relato: (Discussão) Sejam sinceros, vocês ainda possuem um Cofrinho em casa? :slight_smile:

11 Curtidas

Eu li esse tópico ao som de “The Ballad Of Mona Lisa”, passei a infância juntando moedas e descobrindo como tirar do cofrinho, por isso nunca cheguei a quebrar um já que entrava e saia moeda kkk, um dos motivos que eu mais juntava era para ir a Lan-Houses jogar GTA, e CS com os amigos, além de alimentar os bichinhos da Colheita Feliz do Orkut e visitar o hotel do Habbo, já que apesar de ter computador em casa, internet era só nos finais de semana e muito ruim já que era discada, tem também as locadoras de vídeo-game com PS2, não tem comparação você jogar com uma plateia atrás, metade torcendo pra você e outra para expulsarem um jogador seu do Winning Eleven(Jogava FIFA também), sem falar no Need For Speed e os capotamentos kkk. Sempre um mês antes do São João me empenhava mais para no dia comprar as bombinhas e soltar por aí com amigos, gastava mais minhas moedas com esses momentos, não procurava algo em material, só uma vez comprei um boné e me arrependi, usei só duas semanas e desisti.

16 Curtidas

Muito bem, mas como já vem ocorrendo há alguns anos, ganhei um total de zero presentes. Mas vida que segue :woman_shrugging:t2: rsrs…

Aiii que saudade dessa época!! A única preocupação era não ralar o joelho rsrs… eu sempre gostei de guardar moedas no cofrinho. Sempre tive cofres de todos os tipos :pig: cada R$1 que eu ganhava, me sentia rica!! Desde pequena sempre fui focada. Esperava encher completamente o cofrinho pra poder abrir e gastar o dinheiro. Eu gostava de gastar com balas, picolés e albuns de figurinhas. Tbm amava qdo dava pra comprar aqueles brinquedinhos baratinhos que vendia nas vendinhas.
Comecei nos cofrinhos de plásticos e tive até um que eu amava, de metal que tinha senha pra abrir kkkkk nessa época já era adolescente e os valores eram um pouquinho mais altos kkkk gastava com maquiagem, lanche, umas roupinhas. Ahhh e adorava tbm comprar as revistas capricho e todateen :see_no_evil:

Eu gostoooo!! High Hopes é de um comercial de TV. Viciei nessa musica rsrs vibe boa!!

Esse hábito de economizar eu trouxe pra vida adulta tbm. Hoje em dia tô aqui juntando dinheiro no cofrinho que ganhei do Nu rsrs…

Alguns hábitos nunca morrem :speech_balloon:

10 Curtidas

Ahh, que massa! Muito legal saber que esse hábito começou com incentivo de sua avó! :slight_smile:

3 Curtidas

Whoa oh oh oh oh, Mona Lisa :musical_note:

Olha só! Eu também costumava ir a lan house, Ree! Muito bom relembrar esse tempo, né?

6 Curtidas

Tenho um porco azul que guardo moedas com uma regra básica: só entra moeda de 25 centavos, 50 centavos e 1 Real.

Dei um da Galinha Pintadinha pra minha filha de 3 anos. Quando ela cumpre alguma tarefa da casa tipo arrumar os brinquedos depois que brinca, guardar a roupa suja no cesto, jogar papel de chocolate no lixo, ela ganha moedas para guardar, juntar e depois comprar algum brinquedo.

10 Curtidas

Eu tenho um cofrinho em forma de ovelha ainda, mas como eu evito fazer transações com moeda física, faz 4 anos que ele existe e não está nem na metade :stuck_out_tongue:
Quem sabe algum dia, pro próximo show do Panic!, eu consiga deixar meu dinheirinho rendendo na Nuconta e usar apenas as moedas do cofinho pra pagar o ingresso…

4 Curtidas

Quando eu era criança gastava tudo, poupava uma semana para gastar na outra :joy:

Só fui dar valor para isso quando tinha uns 14 anos, e agora com a NuConta e os dividendos que são só alguns centavos, dou valor a cada centavo que sobra e vou guardando em um cofrinho.

5 Curtidas

Eu também adorava comprar revistas, Nanna! Sempre aguardando um mega poster de alguma banda que eu curtia!

Adorei saber que ainda guarda moedinhas, é um costume bom, né?

4 Curtidas

Ah, que dinâmica legal com a sua filha, Rafi! Ela deve adorar o cofrinho :slight_smile:

2 Curtidas

Prefiro não lembrar da minha infância, mais eu costumava guardar moedas num porquinho, e da pra minha mae comprar o que precisava, mesmo o dinheiro não dando pra nada

3 Curtidas

Não tínhamos dinheiro para poder guardar, Vender o almoço para comprar a janta foi literalmente a filosofia que a vida impôs pra mim e minha mãe durante minha infância. :frowning_face:

4 Curtidas

@Edvan_Cds @Rogerio_Michelon Obrigada por terem compartilhado isso, temos mundos bastante diferentes e cada um passou por variadas situações. Mas hoje a história mudou e todos nós estamos bem melhores que antes!

8 Curtidas

O cofrinho já tá no quarto aniversário, que incrível!

De tudo se tira um aprendizado né?! Há muito pra ser mudado e conquistado ainda, mas creio que com ferramentas iguais as que o Nubank oferece as coisas ficam mais fáceis.

3 Curtidas

Ah, ela adora!
Tem todo cuidado com o cofrinho das “reservas” dela.
Quando recebe as moedas pelo trabalho executado, fica toda feliz!

2 Curtidas

Eu não conseguia juntar moedas pq meus pais não tinham condições pra isso, mas hoje tenho meu filho que ama guardar moedas no cofrinho, ele quando quer guardar é mais focado que eu e não gasta com nada, é um tremendo mini mão de vaca, e por ele ser focado assim, quando tinha 4 anos de idade (faz 7 anos esse mês) conseguiu comprar uma bezerra e ano passado vendeu ela, que já tinha virado vaca, e ganhou quase o triplo do investimento.

9 Curtidas

Ô loko!!!

Traga esse moleque aqui pra comunidade… Ele vai dar aula pra um monte de marmanjo!

2 Curtidas