Empréstimos de Pessoas para Pessoas - Intermediação

#1

A sugestão que fica aqui seria mais ou menos o exemplo seguinte. Não sei se é viável.

Eu tenho na NuConta R$10mil, rende a 6.3% a.a.

Maria tá precisando de R$3mil, podendo pagar este em 3~6~12 meses máximos.

O Nu, com minha prévia autorização, e demonstrativo de interesse em empréstimo, intermediaria o empréstimo a Maria, cobraria a ela um percentual de X a.a. e passaria uma parte deste lucro a mim, de forma que se tornasse melhor o rendimento ao ano.

De tal forma, o vinculo seria meu e Maria. O Nu cobriria um “risco” de percentual Y caso Maria não pagasse no prazo.

2 Likes
#2

E vc ficaria em risco também caso ela não pague. Acho que fora de cogitação, mas quem sabe.

2 Likes
#3

@Diego_Sa_Barreto sim, de fato, mas a ideia é de todos se ajudarem. Obviamente todos ficam com o risco.

#4

Como o Nubank sempre inova, não duvido de nada, mais que essa logística operacional e financeira não deve ser nada fácil.

1 Like
#5

Acho viável. Afinal, não pagando o nome do devedor acaba indo parar nos serviços de proteção ao crédito estando devendo a Nubank ou quem quer que seja pode funcionar. Mas, logicamente o Nubank deverá ganhar algum por essa intermediação, o suficiente para arcar com eventuais calotes.

1 Like
#6

Não faz sentido se ela pode pedir diretamente ao NuBank e o mesmo ficar com o lucro, se voce quer emprestar o banco não irá correr o risco de inadimplência, se ela não consegue pedir diretamente é por que tem algum problema financeiro que a impede, não vejo sentido nem mês o lógica nisso.

1 Like
#7

O Banco Central já regulamentou fintechs a empréstimos entre PFs de até R$ 15k. Acho uma boa ideia a ser implementada.

2 Likes