[Ideia de Negócio] Investimento em Instituições Públicas

Bom dia a todos. Tive essa ideia a algum tempo e não sabia com quem compartilhar. Decidi colocá-la aqui pois se tem uma empresa que gostaria muito de trabalhar é o Nubank :sweat_smile:

Além disso, é uma das empresas que a população mais confia, o que ajuda nessa ideia.

A ideia é que fossem criados “fundos de investimento”, ou algo similar, para que pessoas físicas/jurídicas pudessem investir diretamente nas instituições e depender menos da eficiência e de recursos da gestão pública.

Por exemplo, um fundo para o Hospital Universitário da Cidade X, que liberaria recursos, principalmente para infraestrutura, seguindo critérios estabelecidos pelo próprio Nubank.

Atualmente a ineficiência e demora nas contratações é absurda, mesmo com licitações. Por ser um recurso adicional, o Nubank poderia criar critérios próprios para que as instituições pudessem receber os recursos, como um “selo de qualidade de gestão/transparência” ou algo semelhante.

Espero que gostem.

2 Curtidas

O que os investidores ganhariam em troca? Onde entraria o lucro a ser repartido no fundo, uma vez que a atuação das instituições públicas não prevê contrapartida?

6 Curtidas

Ganham em troca a melhoria da cidade que a pessoa vive. Quase como um crowdfunding buscando melhorar o local.

Talvez tenha sido um pouco infeliz em dizer “fundo de investimento”, mas o objetivo não é o lucro direto. Por exemplo, como se a população de uma cidade se unisse para reformar uma escola ou hospital.

Para a empresa, imagino que um tipo de ‘ação’ desse tipo só traz benefícios à imagem e atrairia mais investidores/usuários.

1 Curtida

Seria uma espécie de “vaquinha” administrada pelo Nubank? É isso? :thinking:

4 Curtidas

É uma maneira de colocar, seria basicamente isso.

Ah sim, é que imediatamente associei com fundos de investimento como aqueles que operamos na bolsa. Agora entendi a sua ideia.

Eu acho muito bacana a ideia, mas tem alguns pontos que precisam ser trabalhados nela. Sempre partimos da premissa de que o dinheiro investido das instituições públicas é insuficiente ou que os procedimentos para aquisição de insumos são burocráticos demais. Tem ocasiões que o problema vai ser esse mesmo, mas em outras não. Como lidar com o fator corrupção? Como lidar com a aquisição de produtos superfaturados? Não adianta aumentar o fluxo de caixa quando a mangueira está furada. Com muita ou pouca água, vão haver vazamentos.

É muito altruístico uma ideia em que a própria população fomenta o desenvolvimento das instituições públicas, e eu acho muito bacana mesmo sua iniciativa. Mas e quanto aos impostos? Eles servem para custear esses serviços e tantos outros. Pagar imposto + contribuir com o “fundo” não faria com que as pessoas estivessem pagando duas vezes pela mesma coisa?

São apenas pontos de reflexão que estou levantando aqui.

9 Curtidas

Eu pensei em opinar, mas a Vitória já disse tudo! :sweat_smile:

Mas a intenção da sua iniciativa é legal, parabéns.

1 Curtida

Se o objetivo não é o lucro direto, então nesse caso penso que seria mais interesante que o Nubank criasse uma fundação sem fins lucrativos, como fazem grandes empresas que fomentam grandes iniciativas voltadas para sustentabilidade e/ou de cunho social, tipo uma:

Nubank Foundation

2 Curtidas

Excelente! E juridicamente é a melhor modalidade possível, pois se eventualmente o Nubank vier a falir (Deus nos livre), todo o patrimônio da fundação segue preservado.

2 Curtidas

Pois é @Vittoria_Cunha, uma Fundação Nubank seria o sustentáculo perfeito para idéia sugerida.:wink:

2 Curtidas