O app do Nubank deveria usar algo semelhante ao iToken

do banco Itaú. Ou seja, um “identificador de hardware”. Acabei de desinstalar e reinstalar o app, e tive de passar novamente pela t0rtur@ que é o reconhecimento facial (procedimento que tem fama de falhar muito em outros aplicativos). O programador que escreve o app do Nubank não sabe a diferença entre um “dispositivo” e o número ordinal de uma instalação de APK. Eu não estou usando um outro smartphone, então é mentira que eu esteja usando um nôvo “desposetêvoh”. A ignorância de um programador não serve para “proteger” os usuários, serve apenas para irritá-los.:woman_shrugging:

P.S.: “o título do tópico não pode ter mais de 60 caracteres”.
:roll_eyes:
É ruim, hein? Parece que alguém ainda está perdido na década de 1970, com os mainframes, cartões perfurados, fitas magnéticas e HDs azulões que pesavam N kilos…

1 curtida

Bom dia, tô bem surpreso com este trecho porque acho que já devo ter reinstalado o App do Nubank pelo menos 5 vezes e todas essas vezes reconhecimento facial funcionou, claro em condições ideais, já que no escuro realmente diminui muito as chances de funcionar até no iPhone por não aproveitar de toda a tecnologia que o FaceId da Apple ou de outras marcas proporcionam.

O Nubank assim como Mercado Pago e várias instituições digitais usa a tecnologia da FaceTec. Por isso o design é tão parecido um ao outro, mas se não funcionar de forma alguma, em contato com o atendimento eles podem pedir outro método.

7 curtidas

Bem, eu não disse que o reconhecimento facial do app do Nubank falhou comigo. Eu quis dizer que o procedimento em si mesmo é uma chatice, ainda mais quando poderia ser evitado. O do Itaú eu sei que é péssimo, e o do infame gov ponto br é [Editado pelo Reclame Aqui]. Mas o iToken do Itaú permanece gravado na memória de armazenamento do smartphone, de modo que desinstalar e reinstalar o aplicativo no mesmo aparelho não traz incômodos adicionais.

O do Nubank foi tranquilo pra reinstalar no celular, e foi super tranquilo quando mudei de celular.

o do Itau para ativar o novo celular só precisei fazer uns processos no antigo.
Agora o Bradesco… esse eu passei raiva rs

5 curtidas

No ano passado troquei de smartphone, e o reconhecimento facial do Itaú não funcionou de jeito nenhum. A propósito, comigo o app do Itaú nunca conseguiu ler os códigos de barras dos boletos🤬 Felizmente, havia a opção de ir até um caixa eletrônico. Só que esta opção deveria ser a primeira, né, pelo menos para quem já registrou as impressões digitais quando abriu a conta.
Por estas e outras que não admiro os programadores modernosos… se êles fossem jornalistas, seriam do tipo que o José Paulo de Andrade adorava alfinetar😃
não gostam de escrever artigos porque na faculdade aprenderam somente o ”âin eu quero uma câmera, âin eu quero um microfone":smile:

Admito que o reconhecimento facial é uma chatice e nem sempre funciona, vide relatos de criminosos que conseguem burlar o sistema e abrir contas com CPF de outras pessoas.

2 curtidas

Além disso, ainda tem a dificuldade de reconhecimento da gente mesmo.

Vai entender né :rofl::rofl::rofl::rofl:

4 curtidas

Não sei que app e esse que vc fala q e do Itaú mais o meu pede reconhecimento facial sim tanto no app principal quanto nas contas segundarias do mesmo grupo como iti e players bank.

Eu não estou usando um outro smartphone, então é mentira que eu esteja usando um nôvo “desposetêvoh”.

Tipo isso acontece em qualquer banco se vc formatar ou ate desentalar o app ele vai exigir isso.

1 curtida

Ate o Felipe Neto tabm já reclamou do reconhecimento facial do Itaú no X mais acho que e mais uma questão que as vezes a foto não bate com o que ta no sistema (ou apenas um bug do sistema) uma vez tive que tirar a barba pra validar abertura da conta por causa do RG kkkk.

No ano passado troquei de smartphone, e o reconhecimento facial do Itaú não funcionou de jeito nenhum. A propósito, comigo o app do Itaú nunca conseguiu ler os códigos de barras dos boletos.

Ai @ValeriaDeCassia o problem não e do banco e sim do seu celular que não deve valer o que vc pagou pq sem nem ler o código de barra…

Só que esta opção deveria ser a primeira, né, pelo menos para quem já registrou as impressões digitais quando abriu a conta.

Primeiro que digital de celular não e a mesma coisa que a do banco físico o banco não tem como saber que e vc de fato que ta acessando aquele dispositivo apenas confirma pela facial e rg fora que da pra perceber isso quando vc desentalar o app bancário.

Por estas e outras que não admiro os programadores modernosos.

Ai vc quer ser muito a frente do seu tempo calma la volta pra realidade kkkk também app não surgem do dia pra noite já vir menor de idade criar um app super básico pra única função ele levou 3/5 anos pq programação não e fácil principalmente para uma única pessoa.

Comunicação Não-Violenta (CNV): O que é e como praticar

A Comunicação Não-Violenta é uma prática que propõe uma nova forma de se relacionar e que apresenta ferramentas úteis para superar os desafios que aparecem nas nossas relações que são causados pela forma que nos comunicamos, ou até mesmo pelo que deixamos de falar por medo do conflito.

Fonte: Instituto CNVB

2 curtidas

Eu uso VÁRIOS apps para leitura de barcodes e de QR codes. Todos êles funcionam direito, mas o do Itaú não.
Você de sábio só tem o nome.

@ValeriaDeCassia, @ValeriaDeCassia
:rofl::rofl::rofl::rofl::rofl:
Se acalme. Rs

1 curtida

Eu escrevi meu primeiro programa para um IBM 360 em 1974, aos 11 anos de idade.
Não me subestime só porque eu sou mulher.

1 curtida

¿E DAÍ, cara? ¿Por que todos os bancos cometem a mesma idiotice, essa idiotice deixa de ser um êrro?

Vou te dar uma ideia isso não e um erro pq vamos supor que seja possível isso de reconhece o aparelho automaticamente qual a possibilidade de criar alguma vulnerabilidade por ex alguém pegar outro aparelho do mesmo modelo e acessar com seus dados e limpar sua conta (ah mais e só valida o IP do dispositivo com email do dono mais eu digo e se não for possível ou se falhar ?) fora que entramos mais uma vez naquela questão de facilidade / segurança ou na teoria / pratica nem sempre funciona.

Eu não disse isso.

Mais deu a entender sinto muito se eu interpretei errado.

Eu uso VÁRIOS apps para leitura de barcodes e de QR codes.

ah legal saber q seu celular faz o mínimo :rofl:

Eu escrevi meu primeiro programa para um IBM 360 em 1974, aos 11 anos de idade.

Mesmo assim tem essa ignorância toda ???

Não me subestime só porque eu sou mulher.

ok vou encerar por aqui pq nuca critiquei gênero de ninguém aqui no comunidade e não vai ser agora.

1 curtida