Organização Financeira: Implementação de Tags Personalizadas

Caros desenvolvedores da NuBank,

Vocês já devem ter ouvido muito sobre essa ideia (quem sabe ter alguma coisa em mente melhor do que eu vou propor), mas achei que poderia ser útil compartilhar minha experiência organizando minhas finanças pessoais por mais de 5 anos já.

A proposta aqui é focar nos gastos, e saber como é usado o dinheiro. Sem sombra de dúvida a parte mais onerosa desse processo é obter/organizar os dados, que vêm de múltiplas fontes (e.g. debito banco A, crédito banco A, credito banco B, dinheiro vivo, etc). O ideal seria poder ter acesso aos dados da forma mais flexível possível, para cada um usa-los como preferir (e.g. app próprio do banco, excel, app terceiros). E a forma mais óbvia para conseguir juntar todas as informações é usar o que se chama de ‘Tags’, que é basicamente um rótulo para cada uma das transações individuais.

Minha ideia é que o NuBank poderia implementar isso de uma forma muito versátil e útil. Depois de +5 anos fazendo o trabalho de organizar todas as compras da minha família, minha experiência é que 1) Tags Automáticas só funcionam para casos muito específicos, e vão falhar muito até serem ‘calibradas’ e 2) É muito difícil cuidar das Tags dia a dia, e quase sempre se acaba fazendo todo o trabalho uma vez ao mês (ou 1x/3meses), quando você não lembra mais o que era “aquela compra”.

O que eu gostaria? Que o app do banco tivesse uma opção de adicionar Tags manuais (ou até mesmo comentários) no momento da compra (e.g. abre uma notificação de pendência “add tag” para cada transação) e tornasse essa informação acessível (de preferência exportável como uma tabela com as transações). Acredito que implementar isso não seria muito complicado, mas é importante ser o mais ágil possível (e.g. ao clicar na notificação já abriria uma caixa de texto para adicionar a tag da compra que foi feita). Com o tempo podem ser implementadas também sugestões de tags e funções do tipo “Auto-completar” baseadas em tags anteriores, que ajudariam muito.

Enfim, isso seria só o começo de um universo de possibilidades na questão de organização financeira. Mas sem dúvida seria o primeiro passo, pois é preciso dos dados para fazer qualquer coisa. Se o banco entender que sempre vão existir diversas fontes de dados (como outros bancos), vocês podem desenvolver soluções flexíveis, que certamente vão tornar seus serviços mais competitivos.

Obrigado pela atenção, espero que a mensagem ajude de alguma forma.
Artur

3 Curtidas