Pix nos menus depositar, transferir e receber

Venho me questionando por que o pix é uma categoria à parte das transações convencionais. Não estou querendo dizer que o menu pix deva ser removido, só estou querendo dizer que as transações via pix deveriam estar acessíveis também pelos menus transferir, depositar e cobrar. Eu me ponho no lugar de uma pessoa que está por fora do sistema pix; não sabe nem o que é; que não tem um perfil explorador no que diz respeito a aplicações; e que tem o hábito de sempre usar a função transferir para fazer as transferências. Se as funções pix também fossem integradas aos menus transferir, depositar e cobrar, esta pessoa hipotética poderia ser apresentada de maneira mais orgânica às novidades do pix.

2 Curtidas

Então teríamos que sugerir isso para todos os outros bancos, pois absolutamente todos que conheço tem um botão PIX específico, fora do menu Transferência.
Além do mais, o PIX é algo novo, as pessoas ainda estão descobrindo ele e aprendendo a usá-lo, então nada mais justo que ele ter um botão específico, pelo menos nessa fase inicial, mas depois quando o PIX já estiver bem popularizado, aí sim, concordo que ele poderia compor as opções de transferência.
:+1:

6 Curtidas

A minha ideia não é remover o menu próprio do Pix. É gerar esses novos caminho para se chegar de fato a uma transação pix. Acho que essa redundância na interface a torna mais fácil de se compreender e de se usar.

Talvez tenha sido uma forma padronizada pelo BC para utilização inicial (lançamento) ou permanente.

Mas quem sabe seja algp temporário, somente para gerar visibilidade e aumentar o interesse do público?

No passado, TED e DOC Nem todo mundo usava.
Com criação do PIX, parece que todo mundo com conta bancária já demonstrou interesse ou já esta usando!

1 Curtida

Entendi sua colocação e até concordo, senão daqui a pouco teríamos um botão pra cada serviço dentro do app, e isso não é inteligente. Essa do PIX ficar separado, deve ter sido uma norma do BC para dar destaque ao ao mesmo, talvez mais na frente haja uma modificação nesse sentido.

3 Curtidas

Conteúdo sinalizado escondido.

Tem muitas pessoas que ainda não confiam ou não querem usar o Pix. Separar as duas ferramentas torna mais intuitivo para quem quer evitar a opção.

6 Curtidas

Não seria mais fácil, abrir o app e já poder usar aquilo que já está a vista, em vez de ter que sair procurando em novos caminhos?
Se a intenção é facilitar a vida de quem não tem perfil explorador, então é mais prático deixar a vista deles, pelo menos nesse início.:wink:

1 Curtida

Concordo!
Acho que foi pontual!

Do contrário vira bagunça mesmo!

1 Curtida

Alguns bancos como o Inter praticamente já obrigam o cliente a usar o PIX. Lá eles integraram o PIX como a forma padrão de transferências, então mesmo se a pessoa usar o menu de transferência, por padrão ela estará fazendo um PIX, praticamente os TEDs só são feitos quando não é possível fazer um Pix, como por exemplo quando o destinatário não for integrante do PIX como corretoras.

3 Curtidas

Em se tratando de facilidade, quanto mais redundante é uma interface, mais fácil ela se torna. Se existem vários jeitos de se fazer a mesma coisa num app, você consegue atender a mais pessoas. As pessoas pensam de maneira diferente e, portanto, tentam lógicas diferentes para realizar uma tarefa nos aplicativos. A questão aqui não é decidir o que é mais fácil.

Faz sentido, @Vittoria_Cunha. De fato este isolamento do pix traz certa segurança para quem não pretende usar a funcionalidade. Mas será que a introdução do pix nas funções tradicionais de transferir, depositar e cobrar não ajudaria a essas pessoas a entender melhor a funcionalidade? Se bem feita a comunicação, acredito que isso ajudaria muito as pessoas a vencer o “medo” de usar pix.

1 Curtida

Por mais que seja interessante a você a redundancia… “acho” que não é intenção do Nubank aplicar essa teoria. (Pelo menos no momento)

E, particularmente falando também, não vejo muita praticidade.

E acabaria se tornando algo parecido com o relatado pelo @gpaulinno:

Pontualmente é legal. Mas um app cheio de redundância é um labirinto cheio de portas… (parece simples, mas será muito mais difícil de sair)

Opinião apenas!

Acredito fortemente nessa hipótese.

1 Curtida

O Nubank tinha que fazer que nem o Inter. Tornar o PIX o método padrão para transferências, e usar o TED apenas quando não for possível, principalmente quando o destinatário ainda não integrar o PIX

REGRAS criam um desinteresse pelo sistema.
Apesar de não gostar de certas práticas do APP, creio que eles disponibilizando opções ao publico criam mais afinidade a eles primeiro… depois eles simplesmente fundem!

Adaptação sempre é importante!

A né tornar mais fácil não, desculpa eu pensei que fosse, então por que vó citou isso?
:point_down::point_down::point_down::point_down::point_down::point_down::point_down::point_down::point_down::point_down:

Eu apenas acho que pessoas assim devem ter a vida facilitada e dificultada, sem contar que redundâncias só iriam poluir mais o App entende?
Além do mais, como já foi citado anteriormente, o botão PIX deve estar fora do menu Transferência, provavelmente por determinação do BC, como já falei talvez ele entre em transferência futuramente, quando os não exploradores estiverem mais habituados ao uso.

O nubank já tem uma interface redundante. Veja que os botões da tela inicial se repetem algumas vezes em telas onde faz sentido sua presença (veja os botões na tela de extrato da nuconta, p. ex.). É isso que traz a “intuitividade” do aplicativo. Independentemente se você entra na tela da nuconta ou não você consegue clicar no botão de fazer um pagamento.

1 Curtida

Sim! É verdade! concordo!

Esse botões específicos noto em todos os bancos que acessei (apps)

Só defendo a “teoria” de que é necessários limites.

A titulo de exemplo, as vezes vejo o PICPAY e acho desnecessário a abundancia.
Mas sei que motiva muita gente a clicar mais rápido no que querem.

NÃO GOSTO!

Mas nunca questionei o Picpay por isso!

Acho que o APP de cada banco, sistema de pagamento e etc pensam da mesma forma. Mas não de maneira generalizada:

  • Alcançar TODOS? Não!
  • Alcançar o público alvo!
1 Curtida

@Mr.Xis Entendi o seu ponto. Desculpe-me se não me fiz claro o suficiente :pensive:. Falei de pessoas que não tem um perfil explorador num sentido bem estrito. No caso minha tia, que queria me transferir dinheiro e me perguntou todos os meus dados bancários. Ela queria me transferir dinheiro, e não sabia o que era um pix. Como ela vai saber o que é um pix vendo só a interface do aplicativo? Conhecendo-a como conheço, ela teve “medo” de entrar na seção pix, porque ela não sabia o que era. Tive que explicar tudo para ela. Aí no final ela me disse “Ah! Então pix é uma transferência.”

Achei que a palavra que melhor traduziria o seu perfil seria “não-explorador”. Pelo visto não foi. Espero que com o contexto desta resposta, consiga me fazer entender :relaxed:.

1 Curtida