Qual o Tamanho Ideal do Fundo de Emergência?

Os especialistas recomendam que ele deve conter entre 6 a 12 meses das suas despesas mensais. Neste ponto, é importante fazer o seu planejamento financeiro

Com ele, você terá uma visão mais ampla e detalhada dos seus custos em todos os meses. Assim, você pode fazer uma média e iniciar a formação do seu fundo de emergência.

Tenha em mente que, quanto maior o valor total, melhor será a sua preparação para uma eventualidade, ou seja, você poderá agir sobre problemas que custam mais, por exemplo, uma cirurgia ou ficar desempregado por muito tempo.

E vocês, como planejam seu fundo de emergência?:slightly_smiling_face:

7 Curtidas

Amigo, infelizmente nem sobra para se planejar isso,

Segundo alguns especialistas, o fundo de emergência ideal, deve ser igual a 5 vezes o que você ganha!

Exemplo:

Salário: R$ 2.500,00

Fundo de emergência ideal: R$ 2.500,00 x 5 = R$ 12.500,00

3 Curtidas

@FelipeMoraes é complicado, mas com a nova função da Nuconta, que permite separar um valor e não utilizar o mesmo, talvez incentive as pessoas a tentar juntar algo, mesmo que seja pouco.

1 Curtida

Concordo, já li artigos que falam desde 3 a 5 vezes o que ganha. Mas, claro, sempre é bom ter um pouquinho a mais. O problema é saber o limiar entre fundo de emergência e de investimentos. Nem sempre se pode utilizar o mesmo fundo para as duas coisas.

1 Curtida

Cara o ideal é você ter 6 meses do seu salário lá, caso consiga juntar mais seria bom colocar em um investimento com um prazo um pouco maior já que 6 meses de salário seria suficiente para a maioria dos imprevistos

Será uma nova possibilidade sem dúvidas @rosmarcelino!

Segundo o que eu aprendi com meu mentor financeiro Gustavo Cerbasi, e ensino para várias pessoas que me procuram pra ajudar na vinda financeira, eu escrevi esse texto:

RESERVA DE EMERGÊNCIA

Nada mais é que um dinheiro aplicado em um produto financeiro que possua alta segurança e liquidez, com uma remuneração razoável. O mais importante aqui é que esse dinheiro esteja seguro, e o acesso a ele ser D+0 ou no máximo D+1, ou seja, você pede o resgate e em até um dia o dinheiro está disponível em sua conta (corretora ou banco).
Como eu calculo quanto preciso pra minha reserva? Ela é bastante pessoal e depende muito da segurança no seu atual trabalho. Quanto mais seguro for sua posição no seu emprego, menor será a quantia na reserva. Então não existe uma regra exata, mas eu recomendo o seguinte:

• Você deverá calcular seu custo mensal, ou seja, o quanto você precisa de dinheiro pra sobreviver por um mês. Por favor não confundir com salário mensal! Via de regra você não deveria nunca consumir todo seu salário para se manter. Se esse for seu caso, comece a mudar isso imediatamente!

• Tempo recomendado para reserva:

  • Para militares e concursados: 6 meses.
  • Para funcionários registrados CLT: de 6 a 18 meses.
  • Para autônomos e empreendedores: de 12 a 24 meses.

Exemplo: Meu custo de vida mensal é de R$ 3.000, e eu sou trabalhador registrado em regime CLT com uma boa segurança na empresa. Então devo ter no mínimo um total de R$ 18.000 aplicados em renda fixa segura e de alta liquidez, como os seguintes produtos financeiros:

• Tesouro Selic, que pode ser acessado pelo site ou aplicativo de sua corretora com aportes iniciais a partir de R$ 100 em média.
• CDB de liquidez diária como o CDB 100% do CDI oferecido pelo Banco Inter, onde você pode aplicar a partir de R$ 100 com poucos cliques no aplicativo.
• NuConta do Nubank onde seu dinheiro depositado na conta é automaticamente aplicado em títulos federais e rende 100% do CDI.
• Fundos DI, também denominados Fundos de Renda Fixa Referenciados DI. Os Fundos DI são fundos de investimentos que aplicam no mínimo 95% do patrimônio nos títulos públicos federais do Tesouro Direto (atrelados ao CDI ou Selic) ou em títulos privados de baixo risco.

Esses investimentos são de alta segurança!
No caso do Tesouro Selic, ele é mantido pelo Tesouro Nacional, ou seja, pelo nosso país! Você só perde seu dinheiro se o Brasil “quebrar”.
O CDB do Banco Inter possui a segurança do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) que assegura até R$ 250.000 por CPF e instituição financeira. Caso o Banco Inter “quebre”, em no máximo dois meses você recebe todo o seu dinheiro + rendimentos, desde que não ultrapasse os R$ 250.000.
A NuConta não possui o FGC, mas o Nubank aplica o dinheiro no Tesouro Direto, então automaticamente temos a segurança do Tesouro Nacional. O que também vale para os Fundos DI.

7 Curtidas

Poderia ser 25% do limite, já seria ótimo

Concordo plenamente com essas quantias.
Obs: Cerbasi é o cara, se ele disse está dito!!

4 Curtidas

Ótima resposta! Parabéns ! :clap:

1 Curtida

Eu tive que gastar o meu :sob:

1 Curtida