Vocês usam todo limite do seu cartão? Ou sempre fica aquela sobrinha pro santo? Rsrsrs

Eu tentei usar o limite total do meu mas como foi meu primeiro mês sendo usuário do Nubank acabei deixando uma sobrinha rs

3 Curtidas

Nunca uso tudo, sempre deixo um pouco para emergência, nunca se sabe :slight_smile:

2 Curtidas

Também nunca uso tudo, aquela sobrinha para emergências é fundamental! rs

3 Curtidas

Evito, já tive muitos problemas com cartão de crédito e só uso a Nuconta ultimamente por ter chegado a função débito. Todo mês sobra 90% da fatura livre ou mais rsrs

2 Curtidas

Não sobra. Além de ser bem alto as vezes tenho que antecipar algumas para passar as outras kkkk

2 Curtidas

Eu torro todo meu limite e ainda antecipo pra gastar mais heheh, meu limite é alto, mas como sou vendedor, compro muito e vendo muito esse roxinho e uma mão na roda pra mim :purple_heart::purple_heart:

3 Curtidas

Normalmente sempre sobra uns 20% de limite. Acho que nunca ultrapassei o limite de crédito.

2 Curtidas

No fim do mês não sobra nada :joy:, quase passo perrengue, a sorte é que o Nu me salvou em um dia e deixou passar uma compra bem pouco acima do limite e avisou no app. :purple_heart:

3 Curtidas

Uso tudo e ainda faço pagamento antecipado

Farei isso, esse mês

Smp sobra. So em dezembro/jan que usei tudo pq viajei e tal,mas no geral sempre sobra uma folga grande, até…

1 Curtida

Não sobra não ! Falta … :sweat_smile:

2 Curtidas

Como eu passo um bom tempo controlando os meus gastos/receitas e uso do cartão.

Me permito a usar todo o limite.

Se der pra parcelar sem juros eu antecipo, também.

Claro que, você tem que tomar cuidado pra caso você não tenha saldo para cobrir essa antecipação. Se você ainda for receber, ou tiver com o dinheiro preso em alguma outra aplicação…tipo uma LCI…lógico que é loucura antecipar.

2 Curtidas

Tenk manter uma sobra de emergência

2 Curtidas

Meu limite e alto porém so uso até 300 reais ,tenho medo de usar tudo

1 Curtida

Na maioria das vezes uns 95%…

1 Curtida

Na verdade, a melhor decisão é usar o limite. Pq o cartão joga os “problemas pra frente”, e o dinheiro que você iria utilizar hoje, vai ser utilizado só no mês que vem.

Vou ter dar uma situação hipotética:

Vamos supor que todo mês você ganhe R$ 1000,00, e pague R$ 800,00 de conta, e que você consegue por esses R$ 800,00 tudo no cartão. Se decidir fazer isso, no primeiro mês você poderá colocar os R$ 1000,00 todo na Nuconta (isso se não gastar com outra coisa :S) e esse dinheiro que iria pra pagar conta ficará rendendo. No final do primeiro mês você terá R$ 1000,00 na Nuconta, por ter tomado essa decisão. Caso não tivesse tomado seriam, apenas, R$ 200,00.

No mês seguinte, quando a fatura fechar e você receber + R$ 1000,00, você poderá utilizar R$ 800,00 desses R$ 1000,00 para pagar a fatura anterior, e, com isso, liberar limite para que você possa consumir mais R$ 800,00. Nesse segundo mês, você já terá R$ 1200,00 na Nuconta. Novamente, caso não tivesse seguido isso, teria, apenas, R$ 400,00 no final do segundo mês, e não R$ 1200,00.

Quanto mais próxima da data de fechamento da fatura a conta está, mais compensa fazer isso.

Você deve estar se perguntando: mais tenho algumas contas de consumo que estão dentro desses R$ 800,00 e essas não posso por na fatura. Ai te dou outro “Pulo do Gato”. Se decidir cadastrar seu cartão no Mercado Pago, poderá pagar até R$ 1000,00 de boleto sem juros e taxas (enquanto isso durar, vale apena).

“ahh Lucas, não quero fazer isso tem alguma outra estratégia”. Tem…“trocar dívidas” com familiares.

Duas estratégias muito similares.

Primeira, resolve os problemas dos boletos, você entrega seus boletos pra alguém e promete compras, e paga, no mesmo valor no mercado/restaurante/padaria qualquer estabelecimento que aceite cartão. Exemplo: fulano, pague essa conta de luz pra mim e vou no mercado pra você. Você passa no cartão e as “dívidas” foram “trocadas”, pois são no mesmo valor (ou quase).

Segunda, não resolve os problemas dos boletos, mas da pra conseguir alguma rentabilidade, você se oferece para comprar coisas que possam ser compradas no cartão, mercado/restaurante/padaria…e assim vai…a pessoa te dá o dinheiro e você passa o cartão,se der pra parcelar em sei lá quantas vezes, sem juros, você parcela e antecipa.

OBS… 1: a cobrança de juros, para realizar essas trocas de dívida é considerado crime. Exemplo: oferecer dinheiro pra alguem pelo seu limite com juros de 100% (ai é loucura mesmo). Como não há cobrança na operação, mas sim trocas não tem problema.

OBS 2: tem muito profissional autônomo ai que faz esse tipo de operação justamente por não ter maquininha, então o cara aceita receber em comida, por exemplo. Passa o cartão pra ele no mercado, em troca do serviço e fica tudo certo. Já contratei um pintor aqui pra casa desse jeito, ficou bom.

3 Curtidas

Essa antecipação nas parcelas ajudam demais!

@Rafael_Garcia estou falando que se a pessoa não tiver coma grana hoje. Pode se dar mal antecipando o total das parcelas. Tem gente que faz isso.

1 Curtida

Ah sim! Agora eu entendi…