5 hábitos com o cartão de crédito que atrapalham

5 hábitos com o cartão de crédito que atrapalham a vida financeira

Atrasar a fatura e pagar apenas o mínimo são dois dos piores erros. Veja o que mais evitar.

Seu Dinheiro
por Redação Nubank


Em um cenário ideal, um cartão de crédito é uma ferramenta fantástica: permite organizar os gastos, gera pontos em programas de benefícios e, hoje em dia, é aceito por praticamente qualquer estabelecimento.

O problema? Para a maioria das pessoas, o cenário não é ideal. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou que 62,4% das famílias brasileiras estavam endividadas em março de 2019– entre elas, o cartão de crédito representava 78% das dívidas.

Diversos motivos explicam essa porcentagem tão alta de endividados (a gente explica alguns deles aqui), mas alguns maus hábitos podem ser decisivos para fazer parte dessa estatística. Interrompê-los nem sempre é uma tarefa fácil, mas começar aos poucos é o primeiro passo em direção a uma vida financeira mais saudável.

Hábitos ruins com cartão de crédito

  1. Não ler a fatura
  2. Atrasar o pagamento
  3. Pagar apenas o mínimo e parcelar sempre
  4. Usar o cartão sem estratégia
  5. Não aprender com os erros

Abaixo, veja mais detalhes sobre cada um deles e porquê eles atrapalham as suas finanças.

1. Não ler a fatura do cartão de crédito

Saiba o que você está comprando. Não espere a fatura vencer para pagá-la, mas crie o costume de, ao longo do mês, ler cada item e garantir que sabe de onde ele veio. Essa é uma maneira de monitorar possíveis fraudes e erros, mas também de manter o controle sobre seus gastos e ver se está abusando em algum supérfluo.

2. Atrasar o pagamento com frequência

Pode ser que, vez ou outra, você não consiga pagar sua fatura no dia. Se for um caso isolado ou uma emergência, organize-se para realizar o pagamento o quanto antes – lembre-se que, além dos juros do rotativo, há também a multa por atraso (você pode ver as taxas do Nubank de maneira bem clara aqui).

Se perder a data de vencimento da fatura tiver virado um hábito, busque entender o que está acontecendo: faça um alarme mensal se for esquecimento, mude a data de vencimento se não estiver compatível com suas possibilidades de pagar, tente entender como priorizar essa conta. Os juros são muito altos para aparecerem todos os meses.

3. Pagar apenas o mínimo e/ou parcelar a fatura com frequência

Pagar apenas o mínimo e parcelar a fatura tambérm são eventualidades que podem acontecer – o problema é transformá-los em hábitos. Se não tiver possibilidade de cobrir o valor total, o ideal é pagar o máximo possível para que os juros sejam aplicados a uma quantia menor. E manter uma organização desta dívida é essencial para não acabar gerando uma bola de neve a perder de vista.

4. Usar o cartão de crédito sem estratégia

O cartão de crédito não deve ser um empurrador de despesas. Quem faz seus gastos com a ideia de que é melhor não sentir o peso agora costuma esquecer terá que lidar com esse “empréstimo” no futuro. Sem planejamento, é muito fácil cair nas ciladas dos itens acima. O cartão de crédito deve, portanto, ser usado com planejamento: saiba quais tipos de gastos precisará fazer nele para não ter grandes surpresas no fim do mês.

5. Não aprender com os erros

Imprevistos acontecem, sejam eles emergências pontuais ou desorganização. O essencial, novamente, é que isso não se torne a rotina. Se você contraiu uma dívida no cartão de crédito, negocie, entenda como chegou nesta situação e desenvolva estratégias para não cair nela de novo. A saúde financeira, afinal é construída no dia a dia.

15 Curtidas

Atrasar fatura e pagar o mínimo :pensive:, isso complica a vida de qualquer um.

6 Curtidas

Verdade!! Muita gente acha que cartão de crédito é o vilão, mas o problema é não saber usar

12 Curtidas

Boa @Nanna :clap::clap::clap::clap:

3 Curtidas

Pagar o mínimo do cartão e a pior viagem…
É cilada Bino …

2 Curtidas

Pagar o Mínimo JAMAIS!

6 Curtidas

Acho que a melhor dica é sobre ler a fatura. Não só por questões de fraude, mas também pra tomar consciência dos gastos. Saber como e com o que está gastando. É um ótimo exercício pra se reeducar financeiramente e gastar o necessário.

4 Curtidas

Todos os itens citados são importantes, embora não entrar no crédito rotativo é fundamental para manter a saúde financeira

5 Curtidas

Exato! Caso contrário prepara-se para entrar numa bola de neve. Crédito é ótimo, porém devemos usar com responsabilidade.

Excelentes dicas @RenanSouza! :wink:

2 Curtidas

Deus me free!
Só não curto pq tô block :woman_facepalming:t2:

2 Curtidas

@Theyva_Catojo Tb estou Block :sweat_smile:

2 Curtidas

Tristeza isso haha

2 Curtidas

Já ia da like mais não posso kkkk

3 Curtidas

Já que não to block pega essas curtidas então :purple_heart: :purple_heart: :purple_heart: :purple_heart: :purple_heart: hahahah

2 Curtidas

@Theyva_Catojo ficar na comunidade sem ter like é a mesma coisa que estar desarmada no tiroteio :woman_facepalming:t3: tbm estou devendo mto like

9 Curtidas

:joy::joy::joy::joy:
:purple_heart::purple_heart::purple_heart::purple_heart:

2 Curtidas

Esqueci e fui dar like nisso :woman_facepalming:t2: oh ceus!

2 Curtidas

:joy::joy::joy::joy::joy:

2 Curtidas

Vlw Man, jaja eu te devolvo :joy:

3 Curtidas

hahahahaha da like nesse tmb :rofl:

1 Curtida