Rede de indicações e benefícios

Eu acho que poderia haver uma melhoria no sistema de indicações de amigos, com a implantação de uma rede de confiança e benefícios, onde seria usado o histórico do cliente. Ao fazer uma indicação de amigo, o seu histórico junto ao Nubank seria utilizado como critério de avaliação para liberação de benefícios do amigo indicado. Essa indicação ficaria ligada a você e com o decorrer do tempo, a pessoa indicada tendo um bom histórico junto ao Nubank, proporcionaria a você, que fez a indicação, novos benefícios. Isso permitiria a criação de um “cadastro positivo” próprio do Nubank com um sistema de pontuação onde poderiam ser ofertados de benefícios junto a terceiros, assim como os “mimos”, do Next.

Agora que o roxinho já está na boca do povo e conta com 30mi+, não seria tão efetiva uma medida como essa (que visa impulsionar as indicações)…

Você tem certeza que quer atuar como fiador das pessoas que indica? Eu não me responsabilizo nem pelas contas dos meus pais, imagine dos meus amigos…

Sem falar que isso pode se tornar um círculo vicioso, uma vez que um fraudador consiga aprovação, ele saia distribuindo indicações e entre na instituição com um “bom perfil”.

5 Likes

Eu ainda conheço bastante gente que não tem o cartão e o principal motivo é pelo limite que começa muito baixo.

Nesse caso é uma questão de ciclo de amizades. Eu sei quem eu poderia indicar e ainda assim, a ideia não é ser fiador, pois eu não assumiria conta de ninguém, apenas criaria uma credibilidade, pois acredito que assim como eu, as pessoas indicariam aquelas que elas confiam. Mas não entendi a parte do fraudador. Se ele consegue o crédito, mas não mantém um bom histórico junto a instituição, asindicações dele não teria peso algum.

Basta uma pessoa neutra fazer movimentações regulares e sair distribuindo indicações (houve um tempo em que os convites eram vendidos no Mercado Livre).

1 Like

Isso não é uma regra, varia de pessoa para pessoa.

Ledo engano, seria uma brecha para oportunistas.

1 Like

Também compartilho dessa opinião de que é complicado colocar um “peso” nas indicações.

Sabe-se lá o que os golpistas iriam fazer com essas indicações mais “fortes”.

1 Like

Ainda assim as indicações só fariam diferença se o histórico dessas pessoas fossem bons, vai contrário ele continuaria a ser uma pessoa neutra.

Se a indicação não me impactar negativamente usando meu histórico, acho que seria de boa.

Ela verifica a credibilidade de outras formas, seria muito arriscado ir apenas por esse termômetro de indicação.

Qual garantia/benefício isso traria à empresa? Proposta essa pautada apenas na confiança cega de outras pessoas? Uma coisa que eu digo por experiência própria é que as pessoas mudam e te decepcionam. E se nem você se responsabiliza por um eventual calote dos seus “amigos confiáveis” porque uma empresa com milhões de clientes faria isso?

Exatamente, ou usaria “laranjas” para conseguir um limite alto, mesmo não tendo condições para tal.

2 Likes