✔ 5 mitos sobre o Score, a pontuação usada para aprovar crédito

Consultas frequentes diminuem o score? E colocar CPF na nota? Saiba o que é verdade e o que é lenda. #AsteriscoNao

Para liberar um cartão, empréstimo ou financiamento, muitos estabelecimentos levam em conta o Score – uma pontuação entre 0 e 1000 que indica as chances do consumidor atrasar ou não o pagamento de uma conta.

De acordo com o Serasa, responsável por calcular o Score, quanto mais próxima a pontuação estiver de mil, melhor é o perfil financeiro da pessoa e, portanto, maior a probabilidade de ela ter um pedido de crédito aprovado.

Em contrapartida, quanto menor a pontuação, maior a probabilidade de uma conta ser paga em atraso e, portanto, dessa pessoa ter um pedido de crédito negado .

A lógica é simples, mas ainda gera muita confusão . Veja abaixo resposta para as dúvidas mais frequentes a respeito do Score:

1. Consultas frequentes ao CPF diminuem a pontuação do Score?

Não. Esse é um dos motivos que mais preocupam o consumidor. Porém, essa informação não procede. Não são apenas instituições financeiras que podem checar o Score. Toda empresa que contrata os serviços de consulta do Serasa pode ter acesso à ele.

2. Ter uma renda alta aumenta o Score?

Também não. Um bom salário não é sinônimo de uma boa pontuação no Serasa Score. O que realmente é levado em conta são os hábitos financeiros da pessoa. Pagar as contas sempre em dia e evitar dívidas são práticas que podem contribuir para o aumento.

3. Paguei minhas dívidas. Meu score irá subir?

Quem já teve o nome negativado, pode demorar um tempinho até ganhar a confiança do mercado novamente. Não é possível saber ao certo quando isso irá acontecer. Mas uma informação importante é que as dívidas prescrevem cinco anos após a data de vencimento. Depois desse prazo, o CPF do consumidor não pode continuar restrito. Isso significa que os débitos com mais de 5 anos não entram no cálculo do Score.

4. Colocar CPF na nota fiscal não aumenta a pontuação

Isso mesmo. Você não leu errado. Muita gente acredita que quanto mais vezes incluir o CPF na nota fiscal das compras realizadas, maiores as chances de aumentar a pontuação. Contudo, isso não é verdade. A inclusão do CPF na nota fiscal não está entre as informações usadas no cálculo do Serasa Score. Ou seja: colocar o CPF na nota na hora da compra, não afeta a pontuação.

5. Por que não consigo crédito se meu nome está limpo?

Essa é uma pergunta feita constantemente. O que ocorre é que, mesmo com o nome limpo, pode ser que haja um histórico de dívidas. Como assim? Isso significa que, em algum momento, contas já foram atrasadas e, por isso, o consumidor acabou sendo inserido na lista de inadimplentes do Serasa. Mesmo que todas as dívidas tenham sido pagas, as informações podem indicar que a pessoa ainda não é um “bom” perfil para ter crédito aprovado.

Vale lembrar também que o Score não é a única informação que as instituições levam em conta na hora de oferecer crédito. Às vezes não é possível encontrar dados suficientes a respeito do usuário. Sendo assim, mesmo com Score alto, nem sempre o crédito é aprovado.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui .

7 Curtidas

Bom tópico. Só eu acho isso de score muito Black Mirror? Hahaha. Eu tinha um relativamente baixo e consegui os cartões que queria. Não acho que é levado tanto em consideração assim.

Outro ponto: percebi que meus amigos que já possuíam algum cartão de crédito de qualquer outro banco, conseguiram ser aprovados no Nubank, os que não tinham nunca deu certo.

4 Curtidas

E qual a fonte dessas informações? Bem, não sei se impressão minha mas toda vez que eu peço aumento meu score cai.

Creio que seja do site do Serasa. Lá tem tudo isso e outras dúvidas respondidas.

Obg.
Ñ é tao relevante, mas é um dos requisitos q QUALQUER empresa analisa para te conceder crédito.

Nem sempre isto é válido, no caso de seus amigos, eles tiveram sorte de terem informações importantes para q a Nubank conseguisse montar 1 tipo de perfil q eles concedem crédito, e liberaram o cartão.
Até pq eu nunca tinha usado nenhum outro banco e jamais tive cartão de crédito. Baixei o app da Nubank, ñ usei “indicação”, eles mesmo me enviaram 1 código no e-mail, e logo em seguida fiz o Digio tb, por ter sido aprovado com 1 limite abaixo da minha renda na epoca (850,00) e novamente aprovado sem nenhuma dificuldade.

Ps: Eu movimentava meu CPF, mas ñ tinha cartões de crédito nem conta em bancos.

A fonte está bem aq: FONTE :no_entry_sign:
Ps: O próprio blog pessoal do Nubank, eu apenas achei interessante o tópico lá, e como pouca gente conhece aquele blog, resolvi repostar aq.
Créditos @Nubank .

É impressão sua, isto ñ tem relação com as consultas das empresas ao seu score, pq se ñ tu nem teria pontos lá mais. HAHAHAHA

Errado.

Peguei do próprio blog do Nubank. :slightly_smiling_face:

Up. ‘-’

@ anon74661599
Tipo eu já falei com minha vizinha que rala no Serasa, e ela disse que tudo que envolve CPF + Compras, é contabilizado inclusive CPF na notal. - Mas sei lá.
Tipo não to tirando o crédito do seu post não. O Sr(a) pode ser economista e eu to vuando, mas foi o que aprendi com ela.

Até fiz uma receitinha p/ aumentar o Score que tem dado certo.
tbm não sei se ta 100% correto não

Dicas do que eu faço:

1) Pagar as faturas adiantado pelo menos 3 antes do vencimento
Se uma fatura vence dia 20 eu pago ela dia 17 ou antes.
Motivo: Em casas lotéricas os boletos levam até 3 dias p/ compensar e tal, e fazer a burocracia, e dependendo do caso atrasam até mais.

2) Nunca atrasar nenhuma fatura de nada.
Nem que peça para um parente, vizinho etc, pagar mas nunca atrase.

3) Não exagerar nas vezes que estoura o limite do cartão.
Procuro sempre usar até 30% do limite do cartão.

Mas por que ? - se você está sempre no “talo do limite”.
Seja com 1 cartão ou com vários. Você tem uma grande chance de em algum momento deixar de pagar alguma fatura.
É aonde eles “freiam ou reduzem seu score (poder de compra)”,
já que está demonstrando ser uma pessoa de “risco”, entende.

4) Não ficar fazendo solicitações de muitos cartões de crédito diferentes
5) Não ficar pedindo limite desesperado
6) Comprar até uma balinha e chiclete no créditos, seja pessoalmente ou virtualmente.

7) Deixar pessoas de sua super-confiança usarem seu cartão, para ter mais movimentações de compras no crédito.

8) Fazer o cadastro positivo em empresas sérias.

É isso que eu sempre faço, para ter um Score sempre alto
Agora se as operadoras usam ou não alguma coisa do que eu faço.
Ai já não sei.
Mas tem dado certo p/ mim.

9) Colocar todas as contas e faturas no seu nome

Porque? - Porque as empresas de crédito olham a movimentação do seu CPF na praça, ai quanto mais você tem seu CPF circulando bem, mais aumenta o Score.
Então:
Coloca no seu nome as contas de água, luz, gás do papai, mamãe, vovó, etc.
p/ fazer esse CPF circular - beleza.

Tenho um primo que trabalha para um banco e me informou que alguns deles tem suas próprias ferramentas de avaliação, fora o Score, ele pode ser umas forma de avaliar o perfil da pessoa, mas a partir do momento em que vc tiver um histórico com aquele banco o score deixa de contar tanto - levando em conta sua relação com aquele banco especificamente, válido para os bancos que adoram outras métricas além do score.