Ainda sobre o PIX

A maioria das empresas ainda exigem que seus funcionários tenham conta em uma agência específica de um banco específico.
A explicação era a forma de programar o pagamento (o que eu nunca acreditei, acho que é para obter vantagens do banco). Sei que existe a possibilidade de portabilidade de salário, mas com a chegada do PIX, essa exigência pode ter fim?

Não sei em que a chegada do PIX interferiria nessa dinâmica. Poderia explicar melhor?

4 Curtidas

Como com o PIX a transferência entre bancos deixa ser restrita a TED e DOC, que poderia gerar custo, justificando a necessidade das contas (empresa e funcionário) no mesmo banco.
Não sei se haverá possibilidade de programar as transferências, mas se existir, não existiria mais a necessidade das contas no mesmo banco.

Não sei se consegui esclarecer melhor.

É justamente por isso mesmo. A conta jurídica possui vantagens naquele determinado banco e com isso, o banco faz algumas exigências como, por exemplo, liberar transferências gratuitas para a conta PJ se a empresa abrir contas salário para os funcionários naquele mesmo banco.

O banco oferece algum benefício para a empresa em troca de algum benefício de volta.

Acredito que não, pois esses benefícios podem estar relacionados a redução nas taxas de boletos, redução nas taxas de máquinas de cartão, etc. Não tem relação com o PIX.

2 Curtidas