Clonagem do Cartão

Hoje dia 21 /06/2020 tive o cartão clonado com várias compras. Mas gostaria de ter dicar de onde meu dados vazaram, e desconfio que seja de uma dessas assinaturas:

Amazon
Xbox/microssoft
Ame digital

Mais sujestões?

3 Curtidas

Estao usando muito o nome da sky. Essa tem sido recorrente!

Existem centenas de relatos na internet sobre golpe usando Ame Digital. :eyes:

2 Curtidas

Teve compra na Sky na minha clonagem. Mas acho que é uma forma deles lavarem o dinheiro, porque nunca assinei nada da sky

Eu diria que qualquer site que receba/armazene os dados do cartão é suspeito. Infelizmente a segurança total não existe. E além da questão de invasão, existe a possibilidade de gente lá dentro vazar/usar os dados.
Ocorrências comigo e pessoas próximas me convencem cada vez mais.

2 Curtidas

Concordo contigo, quando clonaran o meu eu desconfiei que pode ter sido de um site que eu paguei por um certificado pq foi a última vez que eu utilizei meu cartão na internet antes das compras fraudulentas

No meu teve compras no spotify, Google play, Sky, Vivarae, Ifood e Wish

Só vi alguém descobrir isso, investigando assim kk

Eu não uso o meu cartão físico em sites online, só compra em loja física, deixo o cartão virtual pra isso, se algum dia clonarem já tenho uma lista de quem desconfiar kk.

Para armazenar, transacionar existem regras muito rigidas sobre empresas autorizadas pelas bandeiras .
A operação só é permitida depois que todos os requisitos forem atendidos, periodicamente os protocolos são revistos para certificar se estão seguros.
Claro que não é 100%, mas evita muitos problemas.

São poucos os funcionários com acesso para consulta aos 16 digitos do cartao (Geralmente fraude e risco e algumas raras exceções). No atendimento ao cliente 1234 56xx xxxx 0987 ou os 4 ultimos digitos, o mesmo se aplica aos supervisores do atendimento.
Para liberar a consulta ao numero completo, é preciso justificativa e necessidade do funcionario ter acesso a esta informação.

Geralmente os vazamentos estão relacionados a alguma brecha de segurança na custodia dos dados, ou o cliente por descuido, inocencia ou negligencia deixou os dados expostos.
Outra possibilidade são softweres maliciosos no dispositivo do usuario coletando dados. Nestes casos todos os requisitos foram rigorasamente seguidos, mas os dados foram interceptados monitorando entradas de teclado.

2 Curtidas

Pode ser. Ocorre que eu não tenho como saber exatamente qual a qualidade destes provedores.
Mas, como disse, as ocorrências me mostram indícios e evidências.
Exemplos:

  • Compra no mercado livre e horas depois compra indevida no mesmo número (tinha ficado armazenado lá)
  • Compra de um curso de inglês (cartão fisico não Nubank) e dias depois o mesmo era usado em um Habib’s de Curitiba, cidade que nunca fui.
  • Reservas em hotéis para viagem e logo depois compras não reconhecidas em Evino, loja de informática, etc. Isso ocorreu em duas vezes, em viagens com espaçamento de muitos meses, sendo que em cada uma eu tinha um cartão diferente.

Então, eu acredito que existam protocolos severos, mas eles não dão conta (onde tem ser humano…). Assim sendo, eu acabo tentando ajudar a fortalecer estes protocolos, não facilitando e tomando minhas precauções. Uma delas é não deixar número armazenado.

1 Curtida

O negócio é fazer igual a Marinalva, chamar o Celso Russomano, mas aqui vai ter muito trabalho pra ele viu :joy::joy::joy::joy:

1 Curtida

Exatamente o que eu fiz. Mas Além dessas que eu falei, tem muitas outras … sao 4 anos com esse cartão

Hoje logo após cadastrar um cartão no Ame Digital e realizar uma compra no Submarino, foram feitas 3 compras totalizadas em 500 reais no meu cartão, ta mais que na cara que foi culpa do Ame, pesquisei e vi que não sou o único caso de vazamento de dados de cartão, já removi de lá, desinstalei o app e reportei as compras pro Nubank.