Como fazer bons investimentos na Black Friday 2019?

Dia 29 de novembro é a data programada para acontecer a Black Friday, com ofertas em lojas físicas e digitais. Os grandes descontos podem indicar uma boa oportunidade de economia, mas também podem maquiar falsos descontos. É importante seguir alguns cuidados para aproveitar os bons investimentos que podem ser feito no período.

A principal recomendação que os especialistas passa é de que o consumidor faça pesquisa de preços semanas antes da Black Friday para identificar comportamento abusivo nas ofertas.

Infelizmente, alguns lojistas promovem descontos falsos e por isso muitos consumidores usam o slogan “tudo pela metade do dobro”.

Uma pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) revela que 90% dos brasileiros devem usar a parcela do 13º salário para quitação de dívidas.

Diante deste dado, alguns cuidados são necessários quando for aproveitar as ofertas da Black Friday 2019.

Preciso mesmo do produto?

Uma regra de consumo consciente indica que o usuário precisa avaliar a necessidade daquele item em sua vida. Isso ajuda a eliminar compras desnecessárias e ajuda a ter uma educação financeira.

Existe desconto maior para pagamento por boleto?

A Black Friday abusa das campanhas limitadas. Isso faz com que muitos lojistas aprovem apenas compras realizadas por cartões de crédito durante a ação promocional. Contudo, existem lojas que dão descontos ainda maiores para pagamento no boleto bancário.

Essa condição pode ser entre 5% e 10% de desconto, o que torna ainda mais vantagem este tipo de pagamento para quem mantém dinheiro investido na poupança, o que rende bem menos do que isso.

Comprar online e retirar em loja física

Por causa de problemas logísticos, hoje é possível comprar online nas principais redes varejistas do país e retirar em uma unidade física sem necessidade do pagamento do frete. Ou seja, uma economia ainda maior para o consumidor que tem facilidade de aproveitar essa condição.

Parcelamento no cartão de crédito

Outra possibilidade de ampliar o desconto da Black Friday é no parcelamento via cartão de crédito. Embora algumas pessoas não se atentem, a possibilidade de pagamento a vista só pode ser feita caso exista um benefício para isso, um desconto que seja maior que os rendimentos em aplicações financeiras como poupança ou CDB, por exemplo.

Caso contrário, a melhor tática a fazer é parcelar aquele pagamento em diversas possibilidades e aplicar o saldo em uma conta bancária, colhendo os dividendos que ele renderá ao longo do parcelamento.

Aproveite os cupons de desconto

Outra tendência que tomou conta das lojas online recentemente é o universo dos cupons de desconto. Eles servem para compras em farmácia, mercados, moda, eletrônicos, passagens aéreas e muitos outros produtos e serviços.

É muito comum encontrar produtos com preços especiais que podem ter descontos ainda maiores com o uso de um cupom de descontos.

Essa é uma forma de obter uma vantagem ainda maior e fazer o seu dinheiro render mais na Black Friday.

Consumo consciente

Tenha cuidado com a sensação de bom negócio ao encontrar descontos imperdíveis online ou mesmo em lojas físicas.

Não comprometa sua vida financeira por causa de aventuras que fogem do seu padrão econômico e que possa comprometer a sua estabilidade.

Reputação online

Caso a loja que apresenta uma condição imperdível seja desconhecida, avalie a reputação dela em sites como o Reclame Aqui. Este tipo de ferramenta ajuda o consumidor a não entrar em furadas e ter problemas no futuro.

É importante que o consumidor passe a colocar essas dicas em prática para aproveitar melhor as condições da Black Friday e fazer o seu dinheiro render muito mais.

5 Likes

@Mayksouza , bem vindo a comunidade , você deu boas dicas, obrigado!