Posso dividir conta com minha esposa?

Olá pessoal, bom dia!

Então, eu e minha esposa estamos com uma ideia de pegar 70% do nosso salário, colocar numa conta “conjunta” e guardarmos individualmente os nossos 30%.

O problema é: Vi que o Nubank e todos os outros bancos digitais não possuem conta conjunta, o que nos obrigaria a abrir conta em um banco tradicional para criar uma.

A ideia então seria utilizar a minha atual conta do Nubank como “conta conjunta”. De forma que enviássemos 70% do nosso salário para essa conta e utilizássemos o dinheiro juntos.

Entretanto, fiquei em dúvida se isso não acarretaria problemas no futuro (principalmente com o imposto de renda), visto que a conta está no meu CPF e eu estaria recebendo um valor maior do que o meu salário todo mês.

O que vocês sugerem?
Abraços!

Situação complicada, pq pode cair na malha.

4 Likes

Não seria melhor então abrir uma conta conjunta no banco tradicional?

5 Likes

Então, pensei em fazer isso, mas gosto muito das comodidades do nubank de ajustar limite do cartão de crédito e débito, o rewards e tal, mas está parecendo ser a única opção mesmo :pensive:

Infelizmente :disappointed_relieved:

1 Like

Se é tão importante assim fazer isso mesmo, abra a conta conjunta e fique cada um com sua conta nubank/digital tbm

3 Likes

Isso além de poder gerar um problema perante a Receita pode gerar um problema dentro da própria instituição, já que o contrato de uso da Conta Nubank é claro ao afirmar que essa é de uso pessoal e intransferível (cláusula 1.1).

Recomendo seguir a orientação dos colegas de abrir uma conta conjunta num banco tradicional, ou mesmo que vocês juntem esses 70% em suas respectivas contas do Nubank. Os 30% podem ficar guardados no porquinho enquanto os 70% ficam disponíveis na conta para as despesas do dia a dia (ou o contrário).

6 Likes

Bem-vindo, @Leonardo_Tavares1!

Eu acho essa ideia equivicada sob qualquer aspecto.
Não é por acaso que você não encontra essa opção em bancos digitais.
Conta conjunta é uma herança patriarcal do sistema financeiro tradicional e deve desaparecer com o tempo.

4 Likes

Fala, tudo bem?
Cara, eu não consigo compreender como uma conta conjunta é uma “herança patriarcal do sistema financeiro”. Poderia me explicar melhor essa sua visão?

Para mim não faz nenhum sentido, visto que já estamos em comunhão de bens, e essa conta é apenas uma forma de nos organizarmos melhor com dinheiro para pagar contas da casa/guardar para investir e dinheiro pessoal para gastar com o que quiser.
Eu realmente não consigo ver a parte ruim nisso, mas estou de verdade aberto para entender o seu lado.

Finanças requerem objetividade. Talvez seja interessante se a soma das rendas permitir um upgrade de segmento e mais benefícios na instituição.

6 Likes