Retirada de dinheiro de Caixinha

Pessoal, bom dia. Tenho um dúvida referente as caixinhas com resgate diário (ou seja pode ser sacada a qualquer momento sem estar trancada), suponhamos que entre janeiro a junho eu tenha R$ 1000 guardado em uma caixinha, se em 01 de julho eu depositar R$ 500 reais e realizar um saque de R$ 300 em 10 de julho, esse saque será dos R$ 1000 que já ficaram mais de 30 dias e não terão descontos ou será dos últimos R$ 500 que eu depositei?

Minha dúvida é se vale a pena guardar um dinheiro na caixinha que eu irei usar talvez em menos de 30 dias e se no caso as retiradas serão no estilo FIFO (primeiro a entrar primeiro a sair) ou LIFO (último a entrar primeiro a sair).

Obrigado.

4 curtidas

Bom dia.

O saque será realizado sempre do depósito mais antigo, no caso, dos 1.000,00. Mas haverá desconto sim, o IR será 22,5% do rendimento.l, levando em consideração o prazo aplicado.

5 curtidas

:thinking: Essa é a regra aplicada na NuConta. Nas caixinhas é diferente. Não achei escrito em lugar nenhum, e até por isso pode mudar a qualquer momento, mas o atendimento do Nu informa que o resgate das caixinhas prioriza o depósito que resulta na menor retenção de imposto, o que normalmente é o depósito mais recente (LIFO).

11 curtidas

O Nubank bem que poderia deixar que cada cliente definisse o que seria melhor para ele (FIFO ou LIFO) através de um parâmetro de configuração na conta.

Mas a menor retenção de imposto (no caso IR) seria se fosse FIFO (caso o valor estivesse parado há mais de 6 meses, pela tabela regressiva do IR), e não o mais recente (LIFO). Ou estou me confundindo?

7 curtidas

Essa é uma confusão comum quando se fala em menor retenção de imposto. De fato, a alíquota pode ser menor, mas a retenção de imposto provavelmente será maior em razão de ter acumulado mais rendimento. Vou colar abaixo a explicação que a dei a um outro colega da Comunidade via DM: :point_down:

7 curtidas

Caramba, faz total sentido isso! Grato pela conhecimento, não havia pensado nesse aspecto! =)

O Nubank poderia sempre realizar o débito utilizando um algoritmo que analisasse a forma mais vantajosa para o cliente nesse sentido.

6 curtidas

Boa… Essa de existir LIFO ou FIFO eu não sabia.

Entendi o cálculo da alíquota efetiva no exemplo.

No entanto, não é só isso, pode funcionar para RDB. Porém nas caixinhas, tem os fundos de renda fixa e/ou multimercado que incide neles;

  • IR sobre rendimento
  • Come-cotas (maio e novembro)
  • Taxa de adm no rendimento
  • Taxa de performance (se tiver)

Portanto, todo fundo de renda fixa e multimercado tem come cotas de 15% (acima de 180 dias) ou 22,5% (até 180 dias) - Se nada mudou com esse tanto de resolução nova.

Então a alíquota efetiva acaba que no final pode ser maior ou menor.


Ps: Tentei acessar o seu exemplo no post original, não foi, disse que está “privado”.

3 curtidas

Ou seja, o Nu busca o melhor para o seu cliente. :relieved:

2 curtidas