Não usem o cartão de crédito do Nubank no exterior

Arrependimento de ter usado o meu cartão de crédito Nubank na Argentina, e olha que 01 peso vale menos de 7 centavos de real. Exemplo do uso no DutyFree valor em US$ 151,00 para pagar em reais R$ 4,45 = R$ 700,00. No Nubank R$ 745,34 portanto com IOF mais spread (4%), equivale a um dólar de R$ 4,94 (frente a cotação oficial de R$ 3,98). A propaganda de conhecer o valor em reais no momento da compra é enganosa, pois apresentou um valor de R$ 731,00 no dia e 03 dias depois mudou para R$ 745,34. Isso após a eleição que US$ 1 valia mas de 64 pesos Argentinos.:cry::cry::cry::nauseated_face::nauseated_face::face_vomiting::monkey_face::monkey:

8 Curtidas

@Weberson_Claudiano essa informação vai contra o que é passado a você na conversão, sugiro entrar em contato com o Nubank, para esclarecer. Assim, você terá uma resposta mais objetiva, e se for um erro, ressarcido.

2 Curtidas

Não entendi. Esses R$ 745,34 estão com o IOF inclusos?

!@FelipeMoraes Screenshot_20191104-090030|281x500
Eu achei que não estava de acordo, consultei e a resposta foi que era isso mesmo. No momento da compra uma informação e depois outra, ou seja, não serve de referência, vai sempre ser uma surpresa. Deixei de pagar 700,00, achando que ia pagar 731,00, que na verdade era 745,00. Valeu Felipe.

1 Curtida

Sim! O valor final perfaz uma diferença de mais de 23% Em relação a cotação oficial (spread 4% e IOF 6,38%).

1 Curtida

Seria, mais tinha feito uma compra anterior que calculando com a informação compensava, foi surpresa quando passou e o valor veio diferente do calculo. Como estava com pressa não cancelei, aceitei a diferença de 31 reais, que depois virou 45. Ou seja surpresa na conversão.

Bom respondendo alguns de seus questionamentos, referente a o valor do Dolar que você se referiu de R$ 3,98 ele é o dolar comercial o usado em nesses casos usado Dolar Turismo que tem uma cotação mais alta. E quanto a alteração do valor ser um na hora e depois alterar tive este problema também com uma compra em Euro, porém o que foi me informado que quando você faz a compra ele converte na hora pelo valor do dia anterior, porque o dia atual esta em aberto a cotação, quando o dia encerra ele atualiza a cotação do dia que você usou o que pode baixar ou aumentar o valor( o primeiro valor é só para você ja ter uma noção aproximada do valor)

2 Curtidas

Esse foi o ponto que observei e fiz comparativo com o banco Inter, ele usa dólar comercial, outra é que o peso Argentino desvalorizou mais no dia seguinte. E a noção de valor com diferença de 2% para a atualidade é muito grande. Metade do spread considerado.

O Banco Inter não utiliza dólar comercial. Utiliza o dólar PTAX + 1%. E utilza-se a cotação do momento do fechamento da fatura.
https://ajuda.bancointer.com.br/pt-BR/articles/1520202-qual-e-a-conversao-do-dolar-nas-transacoes-internacionais

A PTAX é diferente das cotações do dólar comercial e do dólar turismo.

E sim, o Nubank cobra spread de 4%. PTAX + 4%.

Compras em moeda estrangeira com cartão de crédito é sempre um risco. Você nunca sabe quanto vai realmente pagar, mesmo fixando a cotação no momento da compra como o Nubank, pois você pode ter fixado em um valor acima do que pagaria na fatura.

3 Curtidas

Nossa que pena, mais creio que logo a NU irá ter mais essa nova melhoria, aí sim ela vai ser mais que perfeita.

1 Curtida

Essa taxa de câmbio aí se refere a compra e venda de dolares. Como qualquer banco comercial ou casa de câmbio o Inter vende e compra dolares utilizando o dólar comercial como base. Agora, para se usar o cartão de crédito no exterior a conversão é PTAX + 1% de spread.

3 Curtidas

Correto.
Ali nem diz que é a cotação usada em cartão de crédito.

Mesmo que fosse, dizer que o PTAX é o dólar comercial não é totalmente errado.

1 Curtida

Qual seria a melhor opção para ir para o exterior e usar cartão?

Lembro que existia um cartão feito por uma empresa que você colocava dólar no cartão e era cobrado o IOF de papel moeda de 0,38% e não o de cartão de crédito, era um cartão pré-pago de dólar. Depois que esse parou de ser comercializado a única opção que tenho visto é usar o dólar em papel moeda mesmo porém acho muito perigoso.

1 Curtida

Felipe ainda tem o cartão pré pago, só que com 6,38 % de IOF, mas não tem spread e uma vez colocado os créditos fica protegido das variações em relação ao câmbio. Quanto cartão de crédito já tinha visto reclamações que o do Nu não era uma boa.

Eu tenho um cartão pré pago VTM do meu bancão e é muito parecido com comprar no Nubank, tem o dólar com spread + o IOF de 6,38.

Não queria me proteger em relação a variação a ideia é mais pagar o mínimo de impostos mesmo. A princípio a melhor opção é o dinheiro em espécie mesmo.

1 Curtida

Em 2013, o governo acabou com o IOF de 0,38% (o mesmo que era cobrado para compra de papel moeda) para o cartão pré-pago e taxou no mesmo patamar do cartão de crédito 6,38%.

O melhor economicamente é levar papel-moeda nas viagens. Mas aí você perde no quesito segurança.

O cartão pre-pago e o cartão de crédito vão se diferenciar na taxa de câmbio. Enquanto um você consegue fixar a taxa no momento da compra, o outro a taxa será apenas no momento do pagamento (ou no dia do pagamento, no caso do Nubank).
Não dá pra saber qual é o melhor. Seria preciso antecipar o futuro. Você pode comprar no pré-pago achando que está num bom preço e o câmbio cair ainda mais no dia da sua viagem. Você também pode se dar bem, comprando no crédito e, quando for pagar a fatura, o real ter se valorizado e pagar um valor menor.

Minha recomendação pessoal: mescle as 3 formas de pagamento. Leve papel-moeda, cartão pré-pago e use cartão de crédito quando for conveniente.

1 Curtida