Redução da taxa em compras internacionais

O Nubank cobra uma taxa de 4% em relação ao dolar PTAX, fora o padrão 6,38% de IOF, já o banco Inter cobra apenas 1% sobre o dolar PTAX.
Simulando uma compra hoje de $3.000 usando ambos cartões de credito, o valor final da compra seria assim :

Nubank R$ 12.859
Inter R$ 12.476

Uma diferença de R$383 devido apenas a taxa aplicada ao dolar PTAX,
Gosto muito do Nubank e uso o programa de pontos Rewards mas com essa diferença o cartão do Inter acaba sendo mais atraente para pessoas que fazem muitas compras internacionais que é o meu caso.

Espero que a empresa no futuro consiga reduzir essa taxa para ao menos 2%, se tornando assim mais competitiva perante a concorrente.

20 Likes

Gostei do tópico e das diferenças citadas Rafael,ficou bem esclarecida e necessária.

Seria ótimo , mais o governo é sacana e cobra junto por tudo isso

1 Like

Uau… não sabia! Obrigada pela informação! Vou procurar saber mais sobre o Inter, viajo pra fora 1x por ano e sempre acabo usando o crédito

3 Likes

O governo cobra o IOF (6,38%), essa taxa de 4% é de spread e é o Nubank que cobra.

2 Likes

Gostei do tópico, espero que o Nubank reduza essa taxa. Eu tenho o inter e desconhecia o valor da taxa deles :slight_smile:

1 Like

As taxas do governo ,deixa-me mais pobre hehehehe

Essa taxa de 4% é sobre o valor da mercadoria? É sobre o valor em moeda estrangeira? Grato.

Não sabia dessa taxa do Inter, bem interessante. Esse fórum serve para discutirmos coisas desse tipo, abrir os olhos da Nubank para a concorrência e aperfeiçoar seus produtos. Com certeza será visto pela equipe.

4 Likes

O spread é sobre o valor da mercadoria em dolar.

3 Likes

Concordo plenamente! Mas com a mudança do Nu cobrando a cotação do dia da compra e não mais a cotação do dia do fechamento da fatura. Não melhorou as compras internacionais? Ainda compensa e comprar com o Inter? Vou trás para tentar ativar o crédito do meu Inter

1 Like

Tomara! :pray:t3::pray:t3::pray:t3::pray:t3::pray:t3::pray:t3::pray:t3::purple_heart:

Taxas sempre vão existir… No entanto, quanto menos houverem, melhor para nós.

Melhorou para a pessoa saber exatamente o valor que esta sendo cobrado, mas continua sendo de 4% portanto acima da concorrente Inter que fica apenas em 1%.

Acredito que se você costuma viajar ou comprar coisas na internet em dolar compense mais usar o Inter.

3 Likes

O Inter não aprova o crédito para mim. :pensive:

Também espero que eles consigam baixar esse valor do spread para 1%+IOF ou pelo menos 2%+IOF.

Vou tentar pegar um cartao do Inter justamente por causa da taxa deles de 1% + IOF, o problema é que no Inter eu primeiro preciso abrir uma conta, para dai ver se eles me aprovam o cartão de crédito (o qual é a única coisa que estou querendo do Banco Inter).

Quanto ao dolar no fechamento da fatura ou da data de compra (processamento), para saber se é vantajoso ou não, tudo depende se o dolar vai subir ou descer.

A parte boa é a “ansiedade”, no Nubank voce estará pouco exposto a variação do dolar, se o dolar ta caro ou barato pouco importa, mas voce sabe o valor dele, e é isso que voce vai pagar, sabendo seu valor. Mesmo que o valor caia depois, e voce fique triste, voce já sabia o valor do dolar no momento da compra.

Deixar para converter o dolar no fechamento da fatura, voce ainda estará exposto a variacao cambial até lá, pode tanto cair (bom), subir (ruim), nem um nem outro (ok), ou até subir muito (péssimo), ou cair demais também (muito bom), independentemente do caso, voce nao sabe o que vai acontecer o que torna ruim de qualquer jeito. haha

Também passei pela mesma surpresa hoje de manhã. O problema não é o spread de 4%, mas sim o fato de eles não deixarem claro que na realização de transação internacional, OBRIGATORIAMENTE você pagará o Spread de 4%.

Explico: ao longo de pelo menos uns 15 anos, fiz diversas compras na Amazon USA ou por Paypal. Esses sites normalmente apresentam um valor em BRL (R$), mas te dão a opção de pagar em USD ($). Diversas vezes, quando o dólar tava numa alta considerável, com perspectiva de queda até o fechamento da fatura (ou pelo menos eu apostava isso), preferia escolher a opção em USD. Pois bem, esse foi exatamente o caso da compra que fiz ontem no valor de $136,95. O site da Amazon me ofereceu um valor em BRL de R$586 (com Spread deles), mas optei por finalizar a compra em USD (contando que essa alta histórica do dólar vai dar uma freada e baixar até o fechamento da fatura).

Qual não foi minha surpresa hoje de manhã quando acordei e vi o lançamento de um valor de R$637! Aí é que fui descobrir que pura e simplesmente o cartão do Nubank não permite a opção de realizar a compra em USD (como eu escolhi junto ao fornecedor) e esperar até o fechamento da fatura para apuração do valor (assumindo o risco das flutuações). Simplesmente eles vão lá, pegam o valor do PAXT, aplicam os 4% de spread e lançam o valor em R$.

No site eles dizem que é “para garantir a cotação ao cliente”, como estivessem defendendo um interesse. Queria saber onde ficou meu interesse pagando quase R$50 a mais. Mais fácil ter ficado com o Spread da Amazon. A pretexto de “defender os interesses do cliente”, enfiam um spread de 4% goela abaixo, tratando o cliente como criança e não dando a opção de escolher o que é melhor para ele. Já não basta o governo empurrando 6,38%, ainda temos que engolir mais 4%.

Agradeço para quem esclareceu que o Inter cobra somente 1%. Estou transferindo tudo pra lá. Passei do Banco do Brasil para o Nubank porque me sentia explorado, mas nunca tive um problema como esse. Pior é passar a manhã inteira tentando explicar aos atendentes do Nubank por e-mail (sim, atendenteS, porque nunca é a mesma pessoa que te responde) o absurdo que é isso. Eles achando que eu tô questionando a taxa em si, como se não soubesse o que é spread bancário (sério, me deram a mesma resposta 3 vezes), enquanto eu tentava explicar que eles não podem tratar o cliente como criança, empurrando sem opção tal taxa. Com um funcionário ainda tentando me “jogar” o contrato na cara, como se tal fato (não o spread, mas a inexistência da possibilidade de escolher em USD como todo em qualquer cartão) constasse lá. Lamentável.

2 Likes

Normalmente SOBE… 99% do tempo! :face_with_hand_over_mouth:

Exatamente, infelizmente o Nubank ainda perde para seus concorrentes nesse quesito. Compras internacionais somente utilizo o cartão do Banco Inter.

1 Like

Um spread de 1% até vai lá. Mas 4%!? Pra “ter valido”, no meu caso, o dólar vai ter que ir de R$4,21 para R$4,38! E mais importante: que no caso de transações/site onde se permite a escolha pelo valor em USD, que deixem o cliente escolher a opção que considera mais interessante. Não preciso de banco me obrigando a pagar spread enquanto posso optar em “ficar a mercê” da flutuação cambial.