Trabalho sobre o pix

Olá, pessoal.
Estou escrevendo sobre o Pix e estou com umas dúvidas:

  • Quando não tiver saldo na conta e realizar um pix o que irá acontecer:
  1. Dirá que não tem saldo na conta e por essa razão não foi possível realizar a transação;

  2. Entrará em cheque especial e não mostra aviso.

  3. Entrará em cheque especial e mostrará um aviso.

  • Sobre as questões de segurança:
  1. Se por exemplo, eu for sequestrado e de alguma forma eu for forçado a fazer um Pix de forma que eu tenha que repassar todo o meu salário para o bandido(s). Teria uma forma de proteção?
    Eu tinha lido em informações do BCB que transições atípicas e em horário noturno poderiam ser bloqueadas, mas como acontece essa verificação: se eu fizesse uma transferência de todo o meu salário eu penso que poderia ser bloqueado, mas, e se eu fizesse pequenas transferências para a mesma pessoas ou pessoas diferentes aconteceria o bloqueio da mesma forma?
  1. A transferência não vai ocorrer. :wink:
4 Likes

Hum, estava vendo em vários vídeos de pessoas dizendo serem especialistas. E todos afirmavam que entraria em cheque especial, da mesma forma que acontece com as outras formas de pagamento: quando não se tem saldo, você entra automaticamente em cheque especial.
E, isso é assim só no Nubank ou os outros bancos podem escolher a forma como vai tratar esse assunto?

No nubank não tem como entrar em cheque especial, já que pra fazer qualquer operação precisa tá com dinheiro na conta, e se não tiver, não é feito nada…

Aí vai depender do banco, não?

Q tara é essa q todo mundo tem nesse exemplo? (Todos os lugares q falam sobre “segurança” (ou falta de) do pix dão esse exemplo, bandido quer dinheiro, independente se é pix, Ted, boleto, saque…)
Acredito que seria a mesma no caso das outras transferências, mas aí acredito q cada instituição deva ter seu procedimento

6 Likes

Não tinha pensado nessa possibilidade, mas se for avaliar os outros bancos então tem a possibilidade de entrar automaticamente em cheque especial. Passei por essa experiência ao pagar uma conta antecipadamente e me esquecer que deixei a mesma conta no debito automático e por não ter saldo em conta entrei em cheque especial.

É que sou curioso mesmo, aí como estou escrevendo sobre o assusto e essa é uma parte das pautas que resolvi falar então acho importante obter o máximo de informações.
Sobre a tara do exemplo seria porque a transferência acontece de forma imediata, as outra formas de pagamento seriam compensadas em uma hora ou no dia seguinte.

Geralmente quando se fala de sequestro relâmpago, o bandido leva a pessoa pra fazer saque, até pq já pega o dinheiro logo e foge, então acho q seja mais rápido e prático, não sei pq o bandido faria pix, já q precisa de CPF, telefone ou email e mesmo q a conta seja de laranja, daria pra rastrear… Então ele não soltaria a pessoa até fazer o saque do dinheiro de qualquer forma, já q daria tempo pra pessoa entrar em contato com o banco e falar q foi vítima de sequestro…
Sei lá, só acho q esse é exemplo é meio esquisito, quando certeza q a maioria dos problemas serão por golpes (tipo venda de produtos e tals)

4 Likes

Se você tiver limite (cheque especial) na conta e cobrir o valor do Pix, esse será realizado e sua conta ficará negativa. Se não tiver limite a transferência não será realizada e, dependendo do banco, ele pode sugerir que você agende a transferência.

Se for uma transferência atípica feita no meio da noite, provavelmente a mesma pode ser bloqueada. Mas caso não seja, dá pra relatar o caso ao banco e conseguir o ressarcimento. Alguns bancos colocaram limites no Pix, e dependendo do valor que você tiver na conta o ladrão não vai conseguir tirar tudo. Eu mesmo fui “barrado” ao tentar fazer um Pix no sábado. Tive que mandar um pouco no sábado e o resto no domingo.

Essas perguntas que você fez dependem mais do banco que você está usando do que qualquer outra coisa.

5 Likes

Tentei contato com direto com o BCB, mas a resposta que tive foi aquelas que robozinho: leia o manual, leia esse link com mais de 100 páginas.
Esperava que o atendimento fosse mais decente e pelo menos me indicassem em que parte daquelas centenas de páginas poderia obter resposta.
Mas como já estava lendo as leis e referências do BCB simplesmente ignorei a resposta deles.

Então tentei aqui na comunidade, pra tentar formular uma ideia melhor sobre o assunto.

1 Like

Seguro é a melhor opção pra quem tem receio disso, o Nubank entrou nesse mercado agora, e quem sabe pode oferecer no futuro algo parecido.

1 Like

Entendo. Às vezes acabamos sofrendo para conseguir algumas simples informações. :slightly_frowning_face:

O mais engraçado foi que depois ter receber um e-mail com essa resposta, recebi também um e-mail com formulário de satisfação. :laughing:

No nubank não será realizado já que é necessário ter dinheiro em conta para efetuar pagamentos, transferências, etc.

Agora em bancos onde tenha limite de cheque especial, o limite deve cobrir. No Itaú, quando faço algum pagamento ou transferência que o valor supera o valor disponível em conta, ele entra no cheque especial e envia uma mensagem informando. Não sei se todos os bancos mostram o aviso, mas acredito que sim.

Se vc for sequestrado, pode-se utilizar o pix, ted, saque, pagamento de boleto, passar o cartao em uma maquininha, pode-se fazer dezenas de coisas. Não é porque é o pix que será diferente. Se o sequestrador nao conseguir o dinheiro de um jeito, ele conseguirá de outro.

2 Likes

Um dia deixei uma conta em débito automático no banco do Brasil. Não sei por qual razão paguei ela antecipadamente. Como já tinha pago a conta e tinha um monte de coisa na faculdade, nem tinha me ligado de tirar a conta do débito automático.
No dia seguinte tinha entrado em crédito especial e não recebi nenhum aviso.
Só descobri porque entrei no app pra conferir se não tinha feito uma burrada.

Na verdade o BB não manda mensagem nenhuma, a ser que seja uma propaganda.

Não sei qual o limite no Nubank, mas no Banco do Brasil o limite do Pix corresponde a 50% do meu limite de transferência por Doc e TED. Já em dias não úteis e das 20:00 às 6:00 os valores são limitados a R$ 1.000. Então isso dificulta a transferência de altos valores por Pix.

1 Like

Me bateu uma outra dúvida enquanto estava lendo os manuais, circulares, leis, etc.
Ele fica se referindo a PSP. O que seria o PSP?

PSP seria o Provedor de Serviço de Pagamento. O qual oferecem serviços para pagamentos digitais por uma variedade de métodos de pagamento, incluindo cartão de crédito e de débito, boleto bancário e transferências através de criptomoedas, Paypal e Pix.

Ou poderia ser também os app dos bancos e de contas de pagamento?