Uma História de Gratidão

A gratidão é o único tesouro dos humildes.

William Shakespeare

Se você, caro leitor, tem qualquer coisa planejada para este dia, para este momento, não perca tempo lendo este texto. Ele foi feito por um momentaneamente desocupado NuLover para pessoas que estejam dedicando um tempo a agradecer. Caso sinta-se levemente pendido a deixar suas tarefas corriqueiras para depois, sinta-se à vontade para comentar e contar situações parecidas que tenha vivenciado, e demonstrar sua gratidão ao amigo roxinho.

Uma história de gratidão

Não raro me pego agradecendo ao NuBank pelas mais variadas coisas do cotidiano que seriam muito mais difíceis, complicadas, ou até impossíveis, não fosse sua missão de simplificar a vida financeira dos seus clientes (e por que não dizer “amigos”?). Pagar boletos, comprar créditos para celular, guardar dinheiro, investir, ter controle financeiro, não pagar taxas, tudo pelo celular, são exemplos de coisas impensáveis em 2010, e indispensáveis em 2020.

O que acontece é que neste último dia do infinito mês de janeiro me deparei com uma situação que há tempos não necessitava enfrentar: encarar um banco tradicional, físico.

Tudo começou quando minha namorada foi convocada para um cargo público. Havia realizado um concurso em 2018 e agora havia sido finalmente convocada. E, dentre o grande volume de documentos necessários para tomar posse no cargo, a exigência de possuir uma conta em um banco específico, o BB. Claro que eu não tenho uma conta neste banco, mas ela tinha pois o FIES que paga mensalmente exigiu tal conta anos atrás, quando ainda não conhecíamos o Nu.

Aparentemente nenhum problema até aqui. A conta era universitária, e em contrapartida às limitações não havia nenhum tipo de cobrança. Porém, em meio ao caminho para emissão de algumas certidões, surgiu-nos uma dúvida boba: “Será que esta conta pode ser usada sem problemas para receber o salário como uma conta corrente? Ou será que tem limite de valor? Será que não terá que mudar para uma conta salário futuramente?”. E, em meio a estes pensamentos, concordei, relutante, em ir perguntar na agência física, afinal estávamos apenas a algumas esquinas do lugar.

Por se tratar de uma cidade pequena, e o problema todo se resumir a simples dúvidas, não pensei que haveria qualquer problema em ir até lá e perguntar. Trágico engano.

O horário de atendimento era somente até as 3 da tarde, então teríamos que ir o quanto antes. E fomos. Chegando lá, resolvi esperar no carro. Ainda faltavam cerca de 10 minutos para as 2 da tarde. Vi do carro, de longe, quando ela adentrou a agência e um mórbido silêncio reinou. No celular, após alguns minutos, abri o aplicativo Kindle e continuei a leitura de um ótimo livro da Agatha Christie. Pensava “não vai demorar muito, é só resolver uma simples dúvida, e a agência deve estar vazia”.

O sol queimava meu braço, meus olhos já cansados da leitura desconfortável, percebi que já haviam se passado 20 minutos. Olhei, na esperança de vê-la voltando, e nada. Nenhuma alma viva perambulava pelo meu campo de visão, exceto duas senhoras que conversavam alegremente ali por perto, uma de cada lado da rua, totalmente desnecessárias. Eu, que costumo ser conhecido pela calma e paciência (paciência irritante, eu diria), já estava ficando impaciente. Mas prossegui com a leitura, agora já com os pés apoiados no volante do carro e com o corpo estirado para trás sobre o banco reclinado.

Finalmente a porta do carona se abriu e pude restabelecer minha postura inicial. Já havia se passado mais de meia hora. Cerca de 40 minutos de espera, para o tão aguardado desfecho: a resposta à dúvida tão simples de outrora.

Minha paciência beirou o fim ao perceber que todo aquele tempo de espera foi em vão. A resposta foi que ela receberia uma carta em breve, após receber seu primeiro salário, e aí então será só seguir o que a carta vai dizer. Questionei sobre maiores explanações, odeio não entender o que está acontecendo, mas foi o que aconteceu apenas. Permaneci sem entender nada. Minha namorada não entendeu nada. Duvido que o atendente do banco seja um real conhecedor da situação, ou de situações semelhantes, e, assim sendo, deve ter apenas despachado com desinteresse qualquer pessoa que fizesse perguntas bobas ou difíceis demais.

Muito provável que estou sendo injusto com o atendente, afinal a culpa não é dele. Já aproveito para esclarecer que se eu estivesse desempregado e me surgisse a oportunidade de trabalhar em um banco assim, muito provavelmente eu aceitaria, e aí não gostaria de receber as duras críticas diárias que o BB recebe. Independente de tudo isso, rumando finalizar meu pronunciamento, avalio que toda esta frustração narrada aqui me fez perceber o quanto devo ser grato ao NuBank.

Eu sei que qualquer dúvida que eu porventura vier a ter em relação à minha vida financeira, ao meu dinheiro, ao NuBank, à minha conta ou ao aplicativo, será rapidamente sanada com uma simples pesquisa no próprio aplicativo, no chat, no blog, ou até mesmo aqui na NuCommunity. E por isto sou grato.

Eu sei também, não sou um tolo, que o NuBank não faz o que faz de graça, não é tão amável sem esperar nada em troca, sim, eu sei. Deixemos as boas ações ao Cristianismo. Porém, ainda assim, me sinto obrigado a agradecer por toda a facilidade e todas as alegrias que o NuBank já me proporcionou.

Este caso é apenas uma situação entre centenas, senão milhares, de outras situações, que muitas vezes chegam até a passar despercebidas por mim, mas que, por todas elas, mais uma vez, agradeço. Pelas coisas boas que me proporciona, coisas ruins que outros bancos me fazem experimentar e perceber o quanto devo ser grato… Obrigado NuBank.

10 Likes

Aproveitei meu tempo livre e li seu post, então seremos gratos sim porque temos um banco claro e objetivo e sem atendentes que sequer nos tratam com respeito e franqueza!!
Por isso amamos o Nu não somente por ser ser o Melhor, mãe também por nos proporcionar as melhores experiências em nossa vida financeira que é uma área bem complicada de ser atuar, falar ou questionar né :purple_heart:
Parabéns Nubank #nulove

6 Likes

Nossa @o_designado, são 14 parágrafos cheios de muito amor, histórias e agradecimentos! Que bacana, obrigado por compartilhar com a gente tudo isto!

Muito obrigado Nubank… :smiling_face_with_three_hearts::purple_heart:

5 Likes

Olá Ronaldo!
Eu lembro que alguns anos tentei abrir uma conta universitária no BB e para minha surpresa tinha taxa sim kk, caí fora.

Olha, quando eu tenho uma dúvida no BB eu entro em contato com eles pelo Twitter, muitas vezes não é necessário ir na agência, já tive uma dúvida mais complexa que pelo SAC do Telefone não conseguiam me responder e ao abrir um chamado na Ouvidoria do BB, responderam rapidamente, sem eu precisar pisar na agência.

Provavelmente a autarquia que a sua esposa vai trabalhar abrirá uma Conta Salário para ela no BB, não sendo mais necessário a de universitária, e aí só fazer a portabilidade para qualquer outra conta que ela quiser, inclusive para a Nuconta.

Eu abri um conta fácil do BB, pelo aplicativo, igual como foi no Nubank, sem precisar ir na agência, não tem taxa de manutenção, mas também não tenho direito a quase nada relacionado a TED e etc, me serve para quando vou para o interior e preciso sacar.

3 Likes

Esse mês faço 1 ano de Nubank.
A única função que me faltava era o empréstimo… e na quinta feira eles disponibilizaram…
Sendo que ainda já consegui 3 limites nesse primeiro ano…
Comecei com 600,00 em fevereiro
Depois eu pedi mais 200,00 em maio pq meu gastos aumentaram…
Em agosto eles aumentaram mais 700,00.
E em novembro aumentaram 750,00…
Resumindo hj estou com 2.250,00 de limites.
Possuo todos os produtos, tudo adquirido em 1 ano de Nubank…
Só tenho a agradecer pela confiança…
:grin::pray::pray::pray:
Ah só mais uma coisa…
Me passem pro Platinum…, Já pedi no chat, mais gostaria muito desse mimo…
:astonished::pray:

3 Likes

@o_designado, fiz uma conta universitária no BB e mesmo depois de ter terminado a faculdade a uns 2 anos atrás não pago taxa nenhuma, fiz o processo seletivo do IBGE e eles depositavam na mesma conta só que na salário e tb passei em um concurso público e a prefeitura de onde eu trabalho deposita na minha conta salário, pode falar com sua namorada que não terá nenhum problema. Eu acredito que até hj a minha seja universitária, já que não recebi nada deles falando que iriam transformar a.minha conta.

3 Likes

Olha só, que interessante! Chega a ser uma coincidência você ter passado pela mesma situação.

Mas que bom, espero que seja assim também, que não precise mudar nada em relação à conta e que isso não acarrete nenhuma cobrança futura.

Agradeço pelo esclarecimento @Valquíria, tenha um bom domingo!

1 Like

Que sorte a sua não sei como está sendo o critério para a liberação do empréstimo pessoal faz 3 anos que sou cliente Nubank e sempre pago minhas faturas em dia recebo salário e nada mais tô na fé q esse ano sai :crossed_fingers:e tenho certeza q Jajá vc vai ser Platinum :purple_heart:

De nada @o_designado

Obrigado pela torcida