Viagem de carro: como calcular os custos?

Viagem de carro: como calcular os custos?

Veja como levantar todos os custos envolvidos para evitar surpresas nas férias e ter certeza de que pegar a estrada vale a pena.

Seu Dinheiro
por Redação Nubank


Fazer uma viagem de carro tem suas vantagens: você escolhe os horários de saída e chegada, determina as regras e o roteiro e não paga por bagagem extra. Mas será que vale a pena para o seu bolso?

Comece calculando os gastos com combustível

O principal gasto envolvido em uma viagem de carro é o combustível , por isso é essencial calcular o quanto este item irá pesar no seu orçamento.

A conta é bastante simples

O primeiro passo é descobrir quanto você irá consumir
– Veja quantos quilômetros de estrada será preciso rodar até seu destino ;
– Saiba quanto seu carro anda com um litro de combustível (ou quantos quilômetros por litro ele faz).

Lembre-se que o consumo na estrada é menor do que na cidade, então seu veículo conseguirá rodar mais com a mesma quantidade de etanol ou gasolina.

Segundo, caso seu carro seja flex, calcule se compensa mais abastecer com gasolina ou com etanol. Apesar de ser mais barato, o etanol rende em média 30% menos do que a gasolina.

Para calcular qual sai mais barato, divida o valor do litro do etanol pelo litro da gasolina. Se o resultado for menor do que 0,70, opte pelo etanol. Caso seja maior, vá de gasolina.

Com esses valores em mãos, calcule quantos litros você precisará para chegar até seu destino e quanto isso custará.

Inclua os pedágios na conta da viagem de carro

Outro custo que precisa ser considerado numa viagem de carro é o do pedágio .

O valor de cada um pode parecer baixo de forma isolada, mas a soma de todos os pedágios impacta bastante no orçamento.

Uma forma fácil de calcular esse valor é usar aplicativos como o Mapeia e o Qualp. Basta informar a origem e o destino de sua viagem que os apps calculam quanto você gastará de pedágio.

Neles, também é possível adicionar o valor do litro do combustível e o rendimento do seu veículo para calcular quanto você gastará.

Liste outros custos que terá pelo caminho – e tenha uma reserva de emergência para imprevistos

Depois de levantar os custos com combustível e pedágio, verifique outros gastos que você pode ter em sua viagem de carro.

  • Pretende fazer paradas para comer ao longo do caminho?
  • Precisa fazer alguma manutenção no veículo, como trocar o óleo ou os pneus? É essencial estar sempre com o carro em ordem, ainda mais para viajar longas distâncias.

Pense nesses e noutros gastos que podem aparecer e some aos custos do combustível e do pedágio. Se for viajar em grupo, divida esse total pelo número de pessoas que vão no carro, assim é possível saber o custo do transporte de cada passageiro.

Compare com outros meios de transporte

Com o valor por passageiro em mãos, compare o custo da viagem de carro com quanto sua família ou grupo de amigos gastaria para ir e voltar de ônibus ou de avião.

Apesar de parecer mais caro, pode valer a pena caso você vá viajar sozinho ou em apenas duas pessoas.

Com as contas feitas, avalie o custo-benefício de cada opção, escolha aquela que faz mais sentido e boa viagem!

10 Curtidas

De moto (:heart:) é mais econômico, porém mais arriscado. Pra uma viagem longa vale de tudo pra economizar e aproveitar.

4 Curtidas

Ótimas dicas

1 Curtida

Boas dicas!

Conheço o mapeia também. Mas também uso o próprio recurso do ConectCar!

1 Curtida

Temos que colocar tudo na ponta do lápis.
Valor da compra do veículo, manutenções, combustível, seguro, impostos, etc e verificar se realmente vale a pena e se temos essa necessidade.
Hoje, com os apps, muitas vezes não compensa ter um carro próprio.
Fora que o trânsito está muito exaustivo!

Eu só tenho carro porque sou cadeirante e ainda não é nada fácil achar carros de app que comportem minha cadeira de rodas. Os motoristas cancelam as viagens.

1 Curtida