1 ano de Nubank

Gostaria de relatar aqui a minha experiência com o Nubank e dar o meu feedback quanto usuário há 1 ano, seja da Nuconta ou do cartão.

O Nubank foi o primeiro banco que me deu crédito e eu aceitei. Venho de uma família que tem preconceito com o cartão de crédito (devido a experiências ruins de outros familiares), então eu sempre encarei como um bicho de 7 cabeças. Mas eu estudei um pouco a Nubank e decidi aceitar, ainda com aquele medo.

Com o tempo eu fui utilizando e entendendo um pouco mais sobre o funcionamento do mercado financeiro e do mundo de investimentos e etc. Hoje, graças a oportunidade que a Nubank me deu, eu me sinto confortável em usar e também em sugerir outras pessoas para esse tipo de pagamento.

Então, para mim, essas foram as vantagens:

1°: Me abriu a curiosidade de pesquisar
2°: Me mostrou o quão abusivo são as taxas existentes
3°: Me deu facilidade no uso do cartão, o que me deixou confortável para usar e recomendar para outras pessoas.

Hoje, mesmo com pouco limite, sou grato a oportunidade que a Nubank me proporcionou, uma vez que graças a ela posso dizer que de um total inexperiente sobre mercado financeiro, sou agora um intermediário, porque fiz até cursos na Serasa, FGV, Bradesco, para entender mais sobre mercado financeiro e investimentos.

Tudo isso graças a uma oportunidade, que me gerou curiosidade e vontade de aprender mais e compreender sobre como ter uma educação financeira.

Ou seja, o Nubank não só facilita a nossa vida quanto ao uso do cartão e com menos burocracia, ele também, ao menos no meu caso, nos faz querer aprender mais sobre o básico de educação financeira.

Obrigado, Nubank! :purple_heart::wink:

Você também, após a Nubank, estudou ou pesquisou mais sobre finanças?

12 Curtidas

Sim!! Sempre tive um perfil muito poupador, mas sentia que minha reserva podia ter uma performance melhor que a poupança dos bancões. Depois de nunca encontrar a orientação que precisava dos meus gerentes (isso em mais de uma instituição), entrei para o Nubank e foi como se o mundo do mercado financeiro tivesse aberto as portas para mim.

Fui reticente com o cartão de crédito por muito tempo, eu era conhecida por pagar tudo no débito. Porém depois de uma progressão salarial e uma consequente melhora no limite, assinei o Rewards e fui concentrando os gastos no crédito para lucrar os pontos. Tudo sempre dentro da minha realidade financeira e minha possibilidade de pagamento.

Duas palavras: é libertador!

11 Curtidas

No meu caso não foi necessariamente com o Nubank, mas acho interessante compartilhar. Desde muito jovem tenho boas noções de finanças. Iniciei o meu relacionamento bancário em 2010 com uma Conta Corrente do BB e uma poupança do Itaú, tenho essas contas até hoje.

Em 2015 eu ainda pagava pela cesta de serviços do BB, naquele ano eles tinham reajustado a tarifa e isso me deixou bastante indignado, pois era um valor alto e com pouco retorno, sendo que eu não fazia uso intenso da conta. Aí fui pesquisar formas de me pagar pouco ou até mesmo me livrar das tarifas. A primeira coisa que encontrei foram os serviços essenciais, sendo que posteriormente acabei descobrindo o pacote Conta Digital BB (atualmente chamado Conta Eletrônica BB) que nada mais é que uma conta gratuita e ilimitada que era ofertada na época pelo banco, e hoje é descontinuada para contratações, numa época onde a maioria das pessoas ainda achavam normal pagar tarifas, eu acabei virando exceção.

Por causa da busca em alternativas de pagar menos tarifas bancárias, acabei caindo de paraquedas em vários outros assuntos de finanças, principalmente no que diz respeito à investimentos e cartões de crédito sem anuidade. Tanto que um dos meus primeiros investimentos após a minha “emancipação” da poupança (rsrs) foi o Tesouro Pré-Fixado através da Easynvest.

Comecei a me interessar cada vez mais por esses assuntos, e em Agosto daquele ano pude conhecer o Nubank. Fui num grupo sobre o sistema Android no Facebook, onde numa postagem off-topic uma pessoa passou oferecendo convites Nubank. Pesquisei e vi que era algo interessante, afinal a ideia de poder solicitar um cartão de crédito Mastercard Platinum sem anuidade e gerenciar em tempo real as compras no aplicativo era uma ideia bastante inovadora pra mim, e por fim acabei solicitando o convite.

Os meus próximos passos foram em 2016 onde conheci a maravilha do CDB rendendo a 100%CDI com o Banco Sofisa Direto e a primeira conta verdadeiramente digital que tive contato, o Banco Intermedium (atualmente Banco Inter). Em novembro de 2017 tive a oportunidade de ser um dos primeiros clientes a usar a NuConta, pra mim foi um grande privilégio essa oportunidade.

O Nubank não foi o principal fator, mas foi um “gancho” importante pra mim me interessar ainda mais pelas finanças, e despertou a minha vontade de aprender cada vez mais cobre como o sistema financeiro funciona. A partir daí passei a acompanhar com mais afinco o mercado dos cartões, contas digitais e investimentos.

7 Curtidas

Gostei bastante do depoimentos de vocês. @Vittoria_Cunha, de fato é gratificante poder entrar nesse mundo e ver as facilidades que ele nos dá.
Lendo seu depoimento, @marcos_yi, eu me lembrei de mim quando estava no E.M. sempre era alguém que vivia pesquisando sobre finanças, mas nunca tive um gatilho ou ponta pé inicial, no meu caso esse ponta pé inicial foi o Nubank.
Eu acredito, que com a aquisição da Easynvest, a Nubank passe a mudar o ponto de vista de milhares de brasileiros sobre o mundo financeiro e educação financeira.

3 Curtidas

Obrigado por compartilhar seu ponto de vista e sua história, fiquei muito feliz em poder ler sobre como foi seu início. :purple_heart:

2 Curtidas

Nunca fui bom em matemática, mas sempre gostei de economia! (estranho né?! hahaha)
A verdade é que muita coisa aprendi aqui mesmo na comunidade e o Nubank só me fez aumentar o senso de responsabilidade que tenho com as finanças.

AH! E lembrando que eu sofria do mesmo que a @Vittoria_Cunha

O Nubank me ajudou a acreditar novamente no uso do cartão!
(usei no passado em outros bancos… mas eram tantas taxas absurdas que não vi sentido em usar crédito, só débito e dinheiro)

O Nubank me fez reavaliar muita coisa! E simplificar outras!

É isso!

7 Curtidas

Bem legal o seu relato @Mateus_Cmr, obrigado por compartilhar! :clap:

Eu entrei no Nubank para substituir o meu Ourocard Platinum com a sua caríssima anuidade que eu usava desde 2008. Gostei tanto do cartão e da empresa que quando a conta foi lançada eu “mergulhei” no Nubank e passei praticamente toda a minha vida financeira para a empresa.

Sem arrependimentos até então! :wink:

8 Curtidas