A Maternidade e seus Desafios

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Domingo foi o dia em que se comemorou o Dia das Mães e vim aqui compartilhar com vocês um pouco da minha visão de maternidade, na verdade vim falar um pouco das dificuldades em maternar.

A maternidade é algo incrível, mas também tem seus momentos de adversidades.

Já começa na gestação, são enjôos, insônia, azia, o peso da barriga, o inchaço, câimbras, entre outros. O lado bom? É você sentir seu bebê crescendo, sentir os chutinhos, mesmo que as vezes suas costelas sofram com isso, é sentir que você está gerando um ser que vai depender de ti!!!

Depois vem o parto, no meu caso foi uma cesariana, pois meu filho estava pélvico. Já fui julgada por outras mães que tiveram parto normal, ouvi questionamentos do tipo: Ah você nem sabe o que é parir, nem sentiu dor!!! Realmente eu não senti dor na hora do parto, mas e as 7 camadas de pele que foram cortadas? E a dor do pós operatório? E a cicatriz que ficará para sempre em mim como prova de que eu gerei uma vida? E a recuperação em que você fica vários dias preocupada até em espirrar ou tossir com medo por causa dos pontos? Isso não vale? Mãe é mãe independentemente do tipo de parto, aliás mãe é mãe independente se foi ela quem gerou ou não.

Depois do parto vem o puerpério, fase difícil em que o bebê ainda não se adaptou ao mundo aqui fora e acorda várias vezes a noite, então lá se vão várias horas de sono perdidas. A mamãe precisa amamentar e muitas mulheres não conseguem e se cobram, se sentem culpadas por ter que dar fórmula pro seu recém nascido, e já as mamães que amamentam ferem os seios no início ao ponto de sangrar. Além disso o cansaço físico e emocional tomam conta, por isso, é essencial ter uma rede de apoio, e no meu caso, minha mãe, minhas irmãs e meu marido me ajudaram muito.

2022-05-10_16_14_03

Passados alguns meses de cuidado e dedicação, vem a parte difícil para as mamães que trabalham, o período que acaba a licença a maternidade e é preciso deixar o bebê com alguém, no meu caso, a 9 anos atrás optei por pedir demissão, pois morava em Belo Horizonte e não conhecia ninguém de confiança pra deixá-lo. Voltei pra minha cidade e morei lá até passar em um concurso em outro estado.

Meu pequeno foi crescendo e nesse período encontrei vários desafios, como conciliar maternidade com trabalho e faculdade, preocupação com a criança que as vezes adoece, a cobrança que você própria se faz porque quer ser uma mãe perfeita, e aí vários questionamentos surgem como: Será que estou sendo boa mãe? Será que estou sabendo educar meu filho (a)?
Acredito que irei me questionar até quando ele for adulto hahahaha

strss

Mesmo diante de todas as dificuldades eu nunca me arrependi um dia sequer de me tornado mãe!!! Cada abraço, cada um “eu te amo muito mamãe”, cada carinho que eu recebo dele, só me dá a certeza que eu sou agraciada. É um amor incondicional, um amor que dói, um amor que transforma, um amor que de tão grande chega a dar medo!!!
Como eu disse lá no início é uma experiência incrível, por isso queria muito ter mais um filho e agora estou aqui passando pela segunda gestação, dessa vez de uma princesinha que se chamará Sofia Valentina.

Então é isso pessoal, parabéns para todas as mamães e pães da comunidade!!! Ah e se quiserem compartilhar um pouco da visão de vocês eu vou amar!!!

37 Likes

Vcs mulheres são realmente seres incríveis por passar por tudo isso e muito mais.

Parabens a todas as mães! :purple_heart:

18 Likes

Para nós, os filhos nunca crescem, enxargamos eles sempre como nossos eternos meninos ou meninas. Eu por exemplo não consigo me referir ao meu, como sendo o adulto de 21 anos que ele é, sempre me pego chamando de meu menino, meu garoto, meu pirraia. Ele não gosta quando deixo escapar isso em público, mas não tem jeito. Nossos filhos sempre serão nossas crianças.

Adorei Val, é um nome muito lindo e imponente!
:clap::clap::clap::+1:t3::+1:t3::+1:t3::tada::tada::tada:

20 Likes

Nossa que tópico maravilhoso, obrigado por compartilhar a sua vivência.

Ser mãe vai além de ser parto normal ou cesária, mãe é quem cuida da amor ao seu filho, o amor mais puro que existe no mundo.

Parabéns a todas as mamães, em especial a você @Valquiria , que Sofia Valentina venha com muita saúde. :clap:t5::pray:t5::heart_eyes::purple_heart:

16 Likes

Parabéns pra mamãe mais querida da NuCommunity @Valquiria :rose::rose::rose::rose:

Eu me orgulho muito da minha esposa por td que ela passou nas 2 gestações e depois tbm.
Também posso bater no peito e me sentir orgulhoso por ter participado muito de toda trajetória,
eu que dei o 1º banho na minha filha.

Mas é lógico que as mães tem todo crédito!
:heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart:

Belo tópico @Valquiria , que Deus proteja sua filha, continue protegendo seu filho e ilumine vc e seu marido pra cuidarem desses anjos!:pray::pray::pray:

Adorei o nome da sua filha! :heart::heart::heart::heart::heart::heart::heart:

:metal::metal::metal::metal:

19 Likes

Primeiramente parabéns @Valquiria pela mãe que você é, pelo seu filho, e pela Sofia Valentina que está por vir. Acredito que ser mãe é sem sombra de dúvidas a maior missão que alguém pode receber nessa vida.

Eu acompanhei a gestação da minha esposa de perto, procurei estar sempre presente, passando segurança e afeto, pra ela e pra nossa filha que estava por vir. Na época conciliei minhas férias com a data que minha filha veio ao mundo, para que ao menos no primeiro mês eu estivesse 100% disponível para as duas. A primeira fralda fui eu quem trocou, o primeiro banho fui eu quem dei, a primeira troca de roupinha fui eu quem fiz. Mas tenho plena consciência que o trabalho duro e importante foi todo da minha esposa, ela quem amamentou, ela quem deu aquele aconchego que só a mãe sabe dar, ela quem acordava no meio da noite quando eu voltei a trabalhar para trocar a fralda, ela quem se sacrificou profissionalmente pela criação da nossa filha. Enfim, as heroínas são sempre vocês mulheres, nós homens temos a obrigação de apenas ser um fiel escudeiro.

Acho que o mais complicado de tudo, é gerar por nove meses, amamentar, ser uma mãe exemplar e ter que ouvir que a criança é a cara do pai :rofl: :rofl: :rofl: :rofl: :rofl:. Fazer o que né? :man_shrugging:t5: :man_shrugging:t5: :man_shrugging:t5:

18 Likes

Com certeza @pedroh.nunes as mulheres tem uma força e garra inacreditáveis :clap::clap::clap:

15 Likes

Achei de muito bom gosto o nome, Val!

Um bebê traz esperança e amor para uma casa. Ele é a prova de que a vida pode se renovar e sempre trazer coisas boas para a gente, apesar de tudo! Que os filhos de todas as mães da Nucommunity cresçam com muita força e saúde!

14 Likes

É bem assim @Mr.Xis, parece que pra nós eles sempre vão ser nossos pequenos hahahahah

Obrigada :pray:

É isso @guilhermereistg, mãe é sinônimo de amor, de cuidado e de carinho

Obrigada :pray:

14 Likes

Ah @Itamar muito obrigada :pray:

Pode se orgulhar mesmo, pois tenha certeza que vc foi um suporte imprescindível pra sua mulher, vc é um paizão :heart_eyes::heart_eyes::heart_eyes:

14 Likes

Tamo junto Val! :wink::kissing_heart::relaxed:

13 Likes

Um Relato de uma Mulher Super Guerreira!

15 Likes

Mas é super importante esse apoio @RogerioM, as mamães precisam disso. Parabéns por ser esse paizão maravilhoso pra sua filha :clap::clap::clap::clap::clap:
Infelizmente muitos pais não olham por esse lado e acham que só as mamães tem essa obrigação de cuidar dos filhos, principalmente quando recém nascidos e isso acaba deixando a mulher mais sobrecarregada. Amei ouvir seu relato!!!

Isso é sacanagem :joy::joy::joy::joy:

15 Likes

Toda mãe merece todo orgulho, respeito, consideração e amo , minha mãe é um grande exemplo de superação, vc é uma grande guerreira e merece todo amor e carinho do filho, independente de ser parto normal ou cesário vc é uma mãe digna de ser chamada mãe

15 Likes

Meu pequeno fez 7 meses agora. Filho é a melhor coisa do mundo, é cansativo e tem vários perrengues sim, mas cada sorrisinho deles faz a gente esquecer de tudo. Eu e minha esposa queremos ter mais um bebê daqui uns 2, 3 anos. Parabéns a todas as mamães, vcs são fod@s!!!

15 Likes

Com certeza @Alexandre_Niess, um bebê traz um sentimento de alegria, esperança e de amor

Obrigada @FelipeMoraes :heart_eyes:

Obrigada @Edvan_Cds :heart_eyes:

16 Likes

Cada sorriso faz esquecer cada perrengue né @tceccatto? A sensação mais maravilhosa do mundo ouvir as risadas dos pequenos :heart_eyes::heart_eyes::heart_eyes:

17 Likes

@Valquiria, o seu relato me confortou muito. Mãe faz o inimaginável pelo filho, não calcula, não pensa muito, não se deixa vencer, não se entrega. É só doação, serviço e entrega. Sem romantizar o que é genuíno e latente, porque mãe sabe que a medida do amor é amar sem medidas.

Gratidão enorme por compartilhar, humanizar e se conectar aqui com a gente.

13 Likes

Eita @Valquiria, que sensação boa eu lendo seu tópico com bastante calma, e acompanhando o caminho que você foi traçando. Parabéns.

Admiro todas as mulheres que carregam durante 9 meses seus lindos bebês. Que depois dedicam tanto tempo, carinho, atencao aos filhos, etc.

Que venha Sofia Valentina.

Só para descontrair: aqui eu parei um pouco e pensei " mulher é guerreira, forte, corajosa", por que nos homens nao aguentava nem um terco da dor de uma gravidez. Ainda bem que Deus deu esse privilegio para as mulheres. :rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::rofl:

13 Likes

Ahhh, que texto lindo e inspirador @Valquiria! Eu me sentir muito emocionado ao ler seu tópico. Muito, muito obrigado por compartilhar com a gente! Eu costumo falar que a maternidade é, sem dúvida, uma das experiências mais humanas que temos. Sim! A incrível relação mãe-pai-filho é a coisa mais humana que eu consigo enxergar! As pessoas são completamente transformadas após ter um filho! Na experiência da maternidade, o humano e divino se encontram! :pray:t3:

Faltou falar da escolha do nome, foi lindo! :heart_eyes:

Imagino o quão dolorosa foi a decisão e quantas incertezas ela trouxe consigo! Mas, incrível de ver que não ficou desamparada… conseguiu se reestruturar! A família é muito importante nesses momentos!

Eu tenho uma vontade enorme de ser pai, e ler relatos como o seu, me faz querer ainda mais viver a experiência da paternidade! :smiling_face_with_three_hearts:

12 Likes