Educar uma pessoa financeiramente

Vocês já tentaram educar alguém financeiramente, como foi a experiência?

Eu até tentei, mas falhou completamente, por mais que eu explique sobre os juros do cheque especial, que coisas pequenas geram um gasto grande no final do mês, já tentei dar tabela pra preencher com esses gastos, foi completamente ignorada, realmente é difícil, talvez eu tenha tentado da maneira errada, ou talvez só não dê pra ajudar quem não quer ser ajudado.

Se tiverem dicas, ou alguma estratégia boa, talvez tente de novo.

7 Curtidas

Acho que a ideia é começar desde cedo com as crianças , se for adulto tem que ter paciência e persistência , concordo com você que tem pessoas que não querem ser ajudadas.
Vi no jornal recentemente que no ano que vem (se não me engano) educação financeira entrara na grade escolar obrigatória

8 Curtidas

Eu estou me educando

2 Curtidas

Bom Dia Gabriel. Como vai tudo bem!?
Sou Educador Financeiro, e lhe digo que não é uma tarefa fácil; principalmente se for tentar ensinar para alguém que, AINDA, não quer, realmente, aprender.
Muitas pessoas falam que querem ter Educação Financeira, aprender a investir, gastar melhor e inúmeras outras coisas, mas poucas são as pessoas que realmente querem pagar o preço para tal.
O primeiro ponto que vejo aqui, e fundamental, é que a pessoa em questão queira realmente sair da sua Zona de Conforto e partir pra ação. Enquanto ela não quiser, infelizmente não adianta você tentar tirá-la do buraco.
É normal isto, e passei por este problema por muito tempo.
Tente influenciar a pessoa aos poucos. Mostre pra ela as vantagens que ela terá mudando de vida. Mostre o resultado que você está tendo para que ela possa se sentir motivada a sair da zona de conforto. Terá mais resultado! ;D
Se precisar de algo, conte comigo. Grande abraço!

5 Curtidas

Não eduquei mas fui educada :sweat_smile:

Fo(u)i um trabalho árduo para minha filha!

Ela teve que me “obrigar” a zerar o cheque especial e tirá-lo quase que completamente da conta (só fiquei com o mínimo estipulado pelo próprio banco). Teve que me pegar pelo braço e me fazer renegociar, com juros(taxas) menores os empréstimos que já tinha. Teve que me mostrar igual à criança que eu já tenho roupas demais e que eu não preciso de mais nenhuma, pelo menos por um bom tempo. Teve que me mostrar os benefícios da tecnologia, que pela idade e algumas dificuldades, não conseguia utilizar.

Eu relutei muito no início! Mas hoje, agradeço, pois é muito melhor viver assim.

8 Curtidas

Isso acaba sendo uma tentação @neivaadeambrosio
A gente acaba gastando mais do que devia

3 Curtidas

Comentei outro tópico, aqui. :rofl:
Mas já arrumei.

2 Curtidas

Era descontrole e desperdício mesmo :rofl:

2 Curtidas

Bem legal isso de ensinarem as crianças desde cedo, realmente e muito difícil tentar ajudar um adulto que não quer, mas muitas vezes precisa continuar tentando, principalmente quando isso afeta a família toda.

Que legal um dia, quero ingressar no mercado de educação financeira também, mas ainda preciso estudar muito, vou tentar novamente em vez de encher muita informação de uma vez, fracionar e ir guiando com pequenas ações, se der certo eu posto aqui.

Fico feliz que tenha conseguido sair dessa, pelo menos você acabou ouvindo sua filha, agora meu pai é bem difícil eu falo uma coisa ele ignora completamente, de certa forma ele conseguiu zerar as dividas que pesavam mais, mas ainda assim tem gastos desnecessários e fica pagando juros no cheque especial sempre com argumentos como “se tá lá e pra usar” , se tento trazer ele pra um banco digital diz " vão me hacker, passa direto na tv, essas tecnologias confio não" mesmo mostrando que a segurança é a mesma de um banco normal. É realmente complicado mas é aquele ditado “água mole pedra dura tanto bate até que fura”

No nosso caso, essas “bem pesadas”, se não cabem no orçamento, sugiro renegociá-las. Pagar juros de cheque especial é uma bola de neve!
Minha filha geralmente me mostrava o que eu poderia fazer com aquele dinheiro “morto” todos os meses.
Tem que fazer uma limpa (negociar contas de telefone e internet, ver descontos desnecessários na folha de pagamento, cancelar serviços que não usa, etc) nesses gastos e ver porque não estão cabendo no orçamento ou, dar um jeito de ganhar mais dinheiro…

1 Curtida

No caso das mais pesadas já tem mais de 5 anos então fica mais fácil negociar, já que o banco vai preferir receber algo a não receber nada, então a ideia e juntar o dinheiro e deixar rendendo até ter o suficiente para pagar a dívida a vista, mas se a pessoa não começar pelos “gastinhos” não tem oque fazer.

2 Curtidas

@Wagner_Rallo_Ferreir Queria muito ter estudado educação financeira na escola, tenho certeza que teria feito muita diferença hoje.
Tive que aprender na raça agora adulta rsrs :no_mouth:

4 Curtidas

Acho que essa vontade tem que vir da pessoa. Esse ano um dos meus objetivos era me educar financeiramente e tenho conseguido isso com meu próprio esforço, buscando informações na internet, em livros e com pessoas que conseguiram fazer isso. Tenho compartilhado minhas experiências com amigos e familiares e vi que muitos estão se movendo para mudar a situação em que se encontram… percebi que “dar o exemplo” é bem útil pois as pessoas podem acompanhar seu crescimento e isso as incentiva a querer crescer também.

2 Curtidas

Bom dia

2 Curtidas

É complicadíssimo! Eu mesmo busquei minha própria vontade com muito pesar, mas consegui graças à todo o conhecimento disponível na internet. Depois dessa conquista desejei muito ter aprendido isso mais cedo, ao menos a partir do ensino médio, seria uma boa!

Depois tentei auxiliar os amigos próximos que estavam em uma “maré de contas” por gasto abusivo, mas não fui tão efetivo, mesmo utilizando boas práticas como por exemplo gestão de gastos usando um app financeiro.

Mas continuo batendo na tecla, na expectativa de ganhar na perseverança mesmo :sweat_smile: sem ser um chato, claro!

3 Curtidas

Seja muito bem vindo @Gilberto_Goncalves

1 Curtida

eu estou tentando se auto-educar financeiramente :joy::joy::joy::man_facepalming:t4:
mas um dia eu chego lá

2 Curtidas