Nubank diz que não trata os clientes como número

Apesar do atendimento humanizado. Agora, uma pergunta: como é feito a avaliação do seus clientes? por um sistema de olgaritimo. Logo, trata os clientes como número. Uma coisa é atendimento humanizado, que muitas vezes é por resposta automática pelo chat, outra é a pessoa precisar de crédito, como aumento de limite, e te avaliar como algoritimo. Acho que faz sentido. O que vocês acham?

5 Likes

Imagine a quantidade de clientes sendo avaliado por humanos para liberar limite, seria interminável, tem que ser automatizado, não conheço instituição que teria essa coragem de fazer manualmente.

Sobre o atendimento, pelo chat muitas perguntas são feitas que já tem resposta no FAQ, mas infelizmente boa parte não lê. Mas se precisa de um humano para atender só ligar no 0800.

15 Likes

Todo e qualquer serviço que envolver programação (como é o caso do Nubank, uma instituição financeira digital), vai tratar os clientes como números por mera questão de programação, seguindo a sua lógica.

A diferença reside justamente no que se faz com esses números, como quando ele envia um mimo, ou concede aumento de limite sem solicitação, ou emite nova tarjeta sem custo, ou quando o atendimento é humanizado (seja via chat ou telefone), ou quando abre oportunidades para minorias, ou quando atende aos feedbacks dos clientes.

Sempre seremos apenas números, até que alguém decida fazer algo diferente por eles :wink:

17 Likes

Todos somos números em quaisquer circunstâncias!

1 Like

Prefiro ser tratado pelo meu banco como um número do que como um membro da família, já pensou ele sabendo no que você gasta, e te julgando por isso. querendo se meter na sua vida, saber das namoradinhas, da faculdade…

Nunca tive problemas com o atendimento do Nubank, mesmo quando precisei de um extrato minucioso da conta, meu limite é bom, e consideravelmente maior do que gasto mensalmente.

O foco não é se somos números ou não, mas como são organizados esses números, para se transformarem em dados e oferecer a cada usuário- ou cada grupo de acordo com o algoritmo- uma experiência única.

4 Likes

Nunca ouvi falar disso.

A primeira resposta geralmente é automática, mas, basta enviar uma após essa mensagem e um atendente vai lhe atender.

E preferiria que eles te avaliassem como? Todos os bancos utilizam algum algoritmo. Imagine eles fazerem avaliações humanas para o aumento e etc… dos mais de 30 MILHÕES DE CLIENTES, certamente não iria ser nada bom, não é mesmo? Mal chegariam na metade.

1 Like

O Nubank recebe em media, algo em torno de 4 mil novos clientes por dia, sendo assim, eu só queria saber como seria e o tempo que levaria pra fazer a avaliação desses clientes, se não fosse de forma automática?
:thinking::thinking::thinking:

4 Likes

No BB a análise de crédito não é feita por algoritmo, por isso ela é mais demorada que outras instituições financeiras, digo isso porque minha esposa quando foi aprovada no cartão sempre ligava para o sac do BB e queria saber porque da demora pra aprovar ou não.

2 Likes

Acho que ele quis dizer algoritmo.

1 Like

Eu sei. Fui irônico.

1 Like

É claro que é.

Concordo! Infelizmente as bases de conceito dos perfis são feitas por IA e baseadas em dados colhidos do velho e ultrapassado conceito SERASA onde, uma vez tenha falhado em um compromisso, se torna atrelado a este para sempre. Não há a interferência humana tão propagada pela NU. Se assim o fosse, o possivel cliente seria contatado.

Acho que as pessoas confundem muito o conceito de “atendimento humanizado” com “caridade”. Não vejo porque um inadimplente deva ser tratado da mesma forma que um usuário bom pagador. A própria Constituição delimita que devemos tratar os iguais de forma igual e os desiguais de forma desigual na proporção de suas desigualdades.

Se uma pessoa falhou com seus compromissos, ela precisa provar uma mudança de comportamento para fazer jus à confiança de antes. É igual a um relacionamento, se você mentiu uma vez, não espere que seu parceiro acredite em você com a mesma convicção de antes.

12 Likes