NuConta agora oferece investimento em RDB e proteção FGC

NuConta agora oferece investimento em RDB e proteção FGC

Nova opção de investimento na conta digital do Nubank vem acompanhada da proteção do Fundo Garantidor de Crédito.


A NuConta surgiu para simplificar o dia a dia das pessoas: ela é uma conta digital, sem tarifas de manutenção, na qual o dinheiro rende todos os dias a uma taxa maior do que a poupança.

Hoje, mais de 4 milhões de pessoas já usam a conta do Nubank – e foi pensando em oferecer cada vez mais opções a esses clientes que, nos últimos meses, trabalhamos para incluir um novo tipo de investimento na NuConta: o RDB.

A partir de hoje, novos depósitos na NuConta poderão ser feitos em aplicações em Recibos de Depósito Bancário (RDB) do Nubank – um tipo de investimento seguro, em renda fixa, e que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Calma… O que exatamente isso quer dizer?

Essa é uma novidade que envolve muitas siglas – por isso, vamos dar um pouco mais de contexto.

Desde que a NuConta foi lançada, muitos clientes perguntavam sobre a proteção do FGC – o Fundo Garantidor de Crédito. Na prática, esse é um fundo que garante aos clientes a devolução de valores depositados caso a instituição financeira tenha algum problema. O FGC cobre depósitos de até R$250 mil.

Até hoje, a NuConta não tinha cobertura FGC porque o dinheiro depositado era aplicado em títulos públicos. Ou seja: todo o dinheiro depositado na NuConta era aplicado em títulos do governo e oferecia um rendimento de 100% do CDI.

Agora, além disso, vamos oferecer a possibilidade de que os novos depósitos feitos na NuConta sejam em aplicações em Recibos de Depósito Bancário (RDB) do Nubank – um investimento de renda fixa de baixo risco e que possui a proteção do FGC.

Ou seja: a partir de hoje, os clientes terão a opção de escolher colocar o dinheiro em títulos públicos ou em RDB.

Na prática, o que mudou?

De forma simplificada, a NuConta agora oferece mais uma opção para os seus clientes:

  • Antes, todo dinheiro depositado na NuConta era aplicado em títulos públicos- uma modalidade de investimento que não requer proteção do FGC. O rendimento é de 100% do CDI e há cobrança de Imposto de Renda e IOF sobre os rendimentos de forma regressiva. O dinheiro também fica livre para que o cliente o movimente quando quiser.
  • Agora, os clientes podem escolher colocar novos depósitos na antiga modalidade ou na nova modalidade em RDB – um investimento de renda fixo de baixo risco e que possui a proteção do FGC. O RDB também rende 100% do CDI e a cobrança de Imposto de Renda e IOF ocorre da mesma forma: sobre os rendimentos, de forma regressiva. O dinheiro continua livre: você pode movimentá-lo à vontade.
  • Hoje, o rendimento das duas opções é igual.

O que acontece com o dinheiro já depositado na NuConta?

Os valores já depositados na NuConta continuam aplicados em títulos públicos. Nós recomendamos que apenas novos depósitos sejam colocados em RDB para evitar cobrança de impostos.

O Imposto de Renda e o IOF são cobrados quando há movimentação dos rendimentos. Passar o depósito de uma modalidade para a outra implicaria na cobrança dos impostos. Quanto mais tempo seu dinheiro estiver parado, menor a cobrança.

Como hoje tanto o modelo tradicional como o RDB oferecem o mesmo rendimento (100% do CDI), não vale a pena mudar o dinheiro já colocado.

Lembrando que essa novidade é optativa e não fazemos nada sem o consentimento dos nossos clientes: você precisa aceitar que seus novos depósitos sejam em aplicações em RDB. Além disso, a qualquer momento, você pode revisitar a decisão e optar por desativar as aplicações em RDB.

Ficou com alguma dúvida sobre o que é título público, RDB e exatamente como tudo isso vai funcionar na NuConta? Confira nossa página especial, completa, com todas as principais dúvidas sobre essa novidade.

Fonte:

Blog: Fala Nubank!

16 Likes

Apesar de eu já me sentir seguro com o meu dinheiro aplicado em títulos públicos na NuConta, essa novidade é excelente!

Principalmente para aquele pessoal que ficava chorando proteção do FGC, como se títulos públicos fossem inseguros :thinking:

Só sinto falta de uma opção com uma liquidez menor e maior rendimento.

5 Likes

Eu também super confio na NuConta, mas, nada que um FGC não dê mais garantia, não é mesmo? kkk

1 Like

@Vilcker_Henry bem vindo, agora sim a Nuconta esta melhor. Vlw pelas informações.

1 Like

Seja bem-vindo @Vilcker_Henry!

Ou você opta pela segurança dos títulos públicos ou do FGC na NuConta, os dois não dá!

Mas te garanto que ambos são seguros e você pode dormir tranquilo :wink:

Obrigado pessoal💜.

Vamos de confiança na NuConta então kk :stuck_out_tongue::sunglasses:

Eu não via muito problema nisso (não ter a garantia do FHC) mas que bom que tem essa opção agora. Tomara que venham novas opções com melhores rendimentos agora.

1 Like

Legal mas vou deixar o meu onde está mesmo pra não pagar IR nem IOF

1 Like

Eu não sei se foi só eu mas um vídeo explicativo ficaria ótimo com essa nova funcionalidade do Nuconta, pois eu não sei onde fica a opção se deposito em RDB ou CDB

Se quiserem, tem outro tópicos tratando do assunto, caso queiram ver se tem mais alguma informação que não tenha aqui etc

1 Like

Se você optar por mudar para o RDB, somente os novos depósitos serão afetados :wink:

Galera, minha opinião sobre o FGC e a Nuconta. Títulos públicos em geral não são cobertos pelo FGC, visto que eles possuem o risco do governo.
Se você investe no Tesouro Selic via Nuconta, você não perde o seu dinheiro caso o banco quebre, pois esse dinheiro está em títulos públicos.
Não sei exatamente como funcionaria o processo de resgate do dinheiro em caso de falência do Nubank, mas acredito que não haja perda total. Se alguém puder esclarecer esse ponto, eu agradeço.

1 Like

O problema dos títulos públicos é que eles não estão registrados em nosso nome, mas sim em nome da Nu Pagamentos ou Nu Financeira.

A Nu só retorna os juros pra nossa conta de acordo com o valor que a gente tem depositado, mas lá nos registros desses títulos, não tem nada em nosso nome.

1 Like

Ok… Mas se eu tiver deposito antigo, CDI, e novo, RDB, na hora que eu for gastar posso escolher?

O resgate é feito automaticamente do depósito mais vantajoso. E isso, na maioria das vezes, é feito do depósito mais novo. Seja ele do CDI ou do RDB :wink:

1 Like