Tudo sobre o RDB na NuConta

Tudo sobre o RDB na NuConta

A nova opção de investimento continua com o rendimento acima da poupança mas conta com cobertura FGC.


A NuConta é a conta digital do Nubank pensada para os dias de hojes: ela não tem tarifas de manutenção, oferece transferências gratuitas para qualquer outra conta e pode ser completamente controlada pelo aplicativo.

Além disso, a NuConta tem mais um detalhe importante: ela tem um rendimento de 100% do CDI. Assim, o seu dinheiro não fica parado e rende a uma taxa maior do que a poupança.

Quando foi lançada, a NuConta oferecia apenas uma forma de rendimento: em títulos do governo. Todo o dinheiro depositado nela era automaticamente aplicado pelo Nubank nesses títulos.

No entanto, a gente quer continuar dando cada vez mais opções aos nossos clientes – por isso, agora, a NuConta também oferece a opção de aplicação em RDB – os Recibos de Depósito Bancário do Nubank.

Na prática, a nova opção oferece o mesmo rendimento – mas todo o dinheiro colocado em RDB do Nubank tem a proteção do Fundo Garantidor de Créditos – o FGC, que garante até R$250 mil para os clientes.

Ficou confuso acompanhar tantas siglas?

Abaixo, a gente explica em detalhes cada uma delas e o impacto que têm na NuConta.

1.O que é RDB?

RDB, ou Recibo de Depósito Bancário, é o termo técnico para a nova opção de aplicação na NuConta.

Ele é um tipo de investimento de renda fixa de baixo risco. Assim como outros tipos de investimento de renda fixa, o rendimento do RDB também está atrelado ao CDI. Ou seja: ele rende uma porcentagem do CDI.

Ao contrário da conta de pagamentos tradicional, cujo dinheiro fica aplicado em títulos públicos, o valores aplicados em RDB do Nubank podem ser usados pela gente para outras finalidades – como, por exemplo, oferecer empréstimos.

Justamente por poder ser misturado ao nosso patrimônio, essa modalidade de depósito oferece a proteção do FGC – o Fundo Garantidor de Créditos.

2. E o que é o FGC?

O Fundo Garantidor de Créditos (FGC) é uma instituição que protege o dinheiro dos clientes caso aconteça algum problema com a instituição financeira.

O FGC é uma instituição sem fins lucrativos que funciona como um seguro para as instituições. Essa proteção não é cobradas dos clientes.

Na prática, caso alguma coisa aconteça com o Nubank, cada cliente recupera tudo o que tiver aplicado conosco em RDB até R$ 250 mil. Vale ressaltar que valores acima de R$ 250 mil não estão protegidos pelo FGC.

3. Qual é a vantagem do RDB?

Hoje, pouca coisa muda – mas nós sabemos que, para muitos clientes, a proteção do FGC é um reforço de que seu dinheiro está seguro com a gente. Para eles, passar a oferecer proteção do FGC é uma vantagem.

Mas vale reforçar que o dinheiro em títulos públicos também é considerada uma opção muito segura, dado que o dinheiro colocado é separado do patrimônio do Nubank.

Na prática, portanto, depositar o dinheiro em RDB continua garantindo as principais vantagens de sempre da NuConta:

4. O que acontece com o dinheiro depositado em RDB?

Todo o dinheiro depositado na NuConta aparece para os nossos clientes como saldo, no aplicativo (tanto depósitos na conta, em Títulos Públicos, como aplicações em RDB). É possível acompanhar o rendimento dessas aplicações.

Além disso, esse dinheiro fica livre para ser usado quando o cliente quiser.

Ou seja: todo o dinheiro continua visível, disponível e livre para o cliente usar quando quiser. A única diferença é a forma como o Nubank irá aplicar esse dinheiro para poder oferecer rendimento.

5. Como controlar esses dois tipos de depósito?

Como tudo em nossos produtos, essa parte é bem simples: o cliente poderá escolher se quer ou não aplicar na nova modalidade RDB. Uma vez feita essa escolha, todos os novos depósitos serão aplicados em RDB. Se o cliente não aceitar, todos os novos depósitos continuam em títulos públicos.

No dia-a-dia, o cliente continua vendo o saldo e os rendimentos de forma única.

E na hora de usar o dinheiro?

Continua valendo a mesma regra de antes: qualquer valor retirado da NuConta, seja para pagamentos, transferências ou saques, é feito para minimizar os impostos cobrados sobre os rendimentos.

Ou seja: sempre que você movimentar o dinheiro, a NuConta vai automaticamente selecionar a melhor opção para que você pague menos impostos.

Lembrando que o Imposto de Renda e o IOF são dois impostos obrigatórios e cobrados pelo governo. Eles incidem somente sobre o rendimento da NuConta – e não sobre o valor depositado. Quanto mais tempo o dinheiro fica sem ser movimentado, menos imposto é pago.

Fonte: Blog: Fala Nubank!

55 Curtidas

Agora o pessoal do “não tem FGC” pode parar de sofrer :rofl:

Só sinto falta de uma opção com uma liquidez menor e maior rendimento.

26 Curtidas

Gostei, bem interessante. vai possibilitar uma visibilidade maior para concessão de empréstimo; visto qeu ainda não tenho a função.:weary:

4 Curtidas

Agora isso aqui vai explodir! :scream::scream:

4 Curtidas

@luizsanttos97 vlw pelas informações, só deixa o tópico em favoritos :grin::+1:

4 Curtidas

Agora vi uma “vantagem” mesmo… Possibilita os empréstimos por parte do nubank… Agora sim vai dar bom

3 Curtidas

O RDB assim como o CDB estarão com apenas em 100% CDI ou o RDB vai ter uma porcentagem maior de rentabilidade?

3 Curtidas

@Andre.Luiz 100% do CDI.

4 Curtidas

Muito bom, pelo menos agora a turma do FGC vai ficar mais tranquila.

Tudo nos conformes, se surgirem novos tipos de investimentos intermediados pela Nubank, vai virar ainda mais febre.

6 Curtidas

Isso sim é um tópico que dá gosto e animo de ler.
APRENDAM !

6 Curtidas

Pensei que fosse a banda mexicana

6 Curtidas

Muito bom! :clap:t2:

2 Curtidas

Ótima notícia.

2 Curtidas

Mas a liquidez é diária. Agora o rendimento poderia ser maior que a outra a opção mesmo. Já que o risco é maior que a aplicação em títulos públicos, seria o risco do cliente atrasar ou não pagar o empréstimo.
Poderia colocar uns 105% CDI já estava bom né kk

9 Curtidas

Show :blush:

1 Curtida

Sim, eu quis dizer que seria interessante ter outra opção de investimento com um rendimento maior e com a liquidez menor. Pois já temos esses com liquidez diária :wink:

Me parece que na prática o risco do RDB é até maior mesmo, pois apesar de ter o FGC os títulos públicos não sofrem com a inadimplência do povo. 105% do CDI cairia bem :sweat_smile:

4 Curtidas

Real.
Mas ainda acho que eles vão continuar relutantes haha

4 Curtidas

Pra mim ainda não chegou :sob:

2 Curtidas

Não gostei da função porque você não pode de fato diversificar os investimentos. Por exemplo 50% em títulos públicos e 50% em RDB.

Uma vez configurado vai tudo pro mesmo tipo de título.

Reprovado! Esperava mais!

3 Curtidas

Pode ser questão de tempo :grin: vai que no dia 12 de junho tem algo relacionado a isso :pray:

1 Curtida