Quais seus critérios ao escolher onde abrir sua conta?

Já pararam para pensar sobre a importância de uma escolha consciente sobre onde abrir uma conta?
Aposto que parte das pessoas nunca fez qualquer avaliação a respeito na hora de abrir uma conta… Pois é…
Já pararm pra pensar que esta é uma decisão muioto importante?
É para esta empresa, que você está depositando, literalmente, a responsabilidade e o poder de fazer a gestão das suas finanças. É ela quem tem o domínio do seu dinheiro e, por isso, é importante que você não só conheça o suficiente sobre a história dela e a estabilidade, mas que pesquise e entenda qual é a missão dela, quais os valores, como ela se porta diante aos negócios e pessoas, e, acima de tudo, se a identidade, os princípios e conceitos apresentados por ela estão em harmonia com os seus.
Na hora de escolher uma roupa para comprar, certamente você pensa se ela combina com o que você quer transmitir ao usá-la… Pense em como é importante que quem tem o controle do seu dinheiro precisa transmitir e compartilhar dos mesmos princípios que você! :wink:

18 Likes

Desse jeito @RoGrieco. Temos que analisar bem mesmo.

:clap::clap::clap::clap:

6 Likes

Muita hora nessa calma! :eyes:
A responsibilidade de gerir seu patrimônio será sempre sua, a não ser que de fato você delegue essa função para a instituição.
Em finanças, é importante manter a subjetividade de lado e ser pragmático e objetivo.

2 Likes

Tem certeza?
E quanto aos tantos bancos que um dia quebraram e muitos dos seus clientes perderam grande parte do que concentravam nestes?
E quando houve o bloqueio de todas as contas bancárias do país e as pessoas não podiam fazer movimentações financeiras do seu próprio dinheiro?
Ou quando por alhum motivo você possui uma dívida com este banco e entra na conta que ainda não foi encerrada devido a esse débito um depósito, que você contava para alguma necessidade essencial, mas o banco bloqueia para descontar do seu débito sem uma prévia autorizzação sua?
Posso citar inúmeros episódios que comprovam que as instituições financeiras nas quais confiamos a “guarda” do nosso dinheiro, , inevitavelmente, detêm poderio e influência atuante junto à esta gestão do nosso capital.

Uma bela ponte em relação ao tema do Tópico!

Eu sempre vejo a parte tarifária, mas confesso que sempre dou uma olhada no Reclame Aqui ultimamente.

9 Likes

Confesso que recentemente fiz um movimento contrário ao que temos visto acontecer por aí ultimamente: saí de um banco digital e fui para um bancão.

A decisão foi tomada em função da questão do atendimento. Eu simplesmente não aceito e não confio numa instituição digital que oferece zero atendimento. São digitais e ainda deixam o cliente falando sozinho?

Nesse ponto, está correto. Não podemos deixar muito dinheiro em bancos muito pequenos. Os grandes serão salvos pelo governo se forem quebrar pq deixar quebrar, seria um prejuízo maior para a economia.

Não acho que outro presidente vai ser louco de fazer isso, posso estar errado, mas seria um tiro no pé (igual foi da última vez).

Aqui eu discordo pq a responsabilidade das dívidas são todas dos clientes. Se vc deve é óbvio que o banco vai cobrar, e se vc sabe que o banco vai cobrar, não deveria depositar nada na conta.

2 Likes

Quando abri minha conta no Nubank não tinha muitas pretensões, era basicamente a única virtual, zero tarifa, sem letras miúdas.
Hoje penso um pouco nos benefícios que tal conta me proporciona, e se tem algum atrativo para me tornar cliente, como códigos de indicação, programa de benefícios, mimos, etc.
Apesar de o nubank não “dar nada em troca”, continuo indicando a amigos e familiares, pela liberdade, atendimento, e pelo quanto acredito que a instituição vá melhorar, ah, e também porque sou sócio, claro.

8 Likes