Ser Mãe - Relato de uma Nubanker

Eu podia começar esse texto dizendo como o mundo é cor de rosa e lindo e como ser mãe de menina é maravilhoso.

Eu podia.

Eu podia dizer também, como minha vida mudou para melhor por acompanhar o crescimento da minha filha de perto, por fazer home office (o sonho de muitos, realidade de poucos), por almoçar com ela, trabalhar e dar uma pausa de 5 min para ir até a porta do quarto e ver se ela ainda está dormindo, se quer comer, ver tv, qualquer coisa.

Eu deveria.

Todas essas coisas que eu citei acima são erradas? Com certeza não.

Nada paga o prazer de poder fazer isso pela minha menina, POR MIM, todos os dias!

As coisas estão diferentes no mundo agora, é fato, mas essas pequenas coisas… Ah, essas pequenas coisas, que eu deveria gritar aos quatro cantos, mas guardo para mim em respeito aos demais. Essas coisas fazem a diferença pra mim.

E não, eu não guardo pra mim por egoísmo. É que quando você se torna mãe, muitas coisas nascem com você, além do filho, claro, rs.

Uma delas é a empatia, a compaixão por quem não vive a mesma realidade que a minha. Nasce outro sentimento também: O sentimento de que outras mãezinhas possam vivenciar o mesmo que hoje é um privilégio pra mim.

A gente nunca vai encontrar uma empresa, um lugar que seja 100%, porque elas são feitas de pessoas e as pessoas também não o são, mas podemos nos unir a locais que tenham o mesmo princípio, a mesma cultura, a mesma visão.

Eu me orgulho de fazer parte de uma empresa que fez um local para amamentação, depois de ver uma mãezinha amamentando sua filha sem muito espaço. Me emociono ao contar para as minhas chefes que a Laura está doente e escutar: “Dani, cuide dela, faça o que for preciso. Seguramos as pontas por aqui.” Me alegro, ao ver que outras mães que estavam em situações desfavoráveis, foram ouvidas, tiveram suas agendas alteradas, tudo em prol do maternar.

Eu não to aqui pra dizer que é fácil ser mãe, ser profissional, ser mil em uma.

Eu poderia, eu deveria, mas não tenho como fazer isso.

Na verdade, eu to aqui pra dizer como isso tudo é difícil. Como equilibrar todas essas funções na balança da vida é quase impossível!

Difícil, mas recompensador. Quase impossível, mas… Eu sou mãe. Me dá 5 minutinhos e 3 respirações profundas, rs.

Já dizia minha vó: Ser mãe, é padecer no paraíso!

O meu paraíso, o que eu guardo da forma menos egoísta possível, é esse: Escutar mãe umas 100x de uma reunião pra outra, ou um choro porque queria leite, ou porque quer assistir Frozen pela milésima vez.

Fazer meus relatórios e não perceber que uma cabeça cacheadinha apareceu na câmera, enquanto todos me dão oi e eu estou me sentindo popstar, sem perceber que na verdade a verdadeira estrela é ela, haha

É ver os meus colegas de trabalho me incluírem, trocando os fundos de tela pra fazê-la sorrir.

Se ela fica comigo 100% todo dia, o dia todo? Não. Nem mesmo sendo uma super heroína eu daria conta. Tenho a minha rede de apoio e sou muito grata. Uma sogra que ajuda muito e um marido que faz o seu papel de pai. E o Nubank, que de forma tão indireta, também se tornou parte dessa rede. Então, nesse dia das mães, eu queria agradecer a todos que me ajudam a tornar essa experiência de criar um ser humaninho mais leve. E deveria pedir desculpas também. Por cada reunião que eu atrasei, ou pelos microfones no mudo, pois estava (im)pacientemente esperando ela me contar uma coisa só dela. Pelos brinquedos que aparecem na minha mesa, ou as músicas infantis ao fundo, rs

Eu poderia, até deveria pedir desculpas.

Eu deveria.

Mas estou muito ocupada, colecionando momentos, guardando memórias. Como essa aí, no meu horário de almoço, há 5 minutos de uma reunião importante, lendo pra ela o mesmo livro com que aprendi a ler, aos 6.

Então, em todo caso, valeu Nubank, por me ajudar com isso.

Ah, aproveito o espaço pra avisar: eu vou atrasar 5 minutinhos para a próxima reunião. É que essa parte do livro é a nossa preferida! :heart:

(Laura, chocada ao perceber que o Rei Bigodeira não queria sair da banheira. 2021)

Feliz dia das mães!

47 Curtidas

Oie, gente! Que saudade de vocês!
Voltei mais uma vez, pra falar de um assunto que eu gosto e vivo: a maternidade!
Nessa semana das mães, quero deixar o meu relato pessoal e ler como funciona ai na casinha de vocês, viu?
Ah, pra quem quiser saber um pouquinho mais da minha rotina como mãe e nubanker, tem um texto que eu fiz ano passado, no início da pandemia.
O link é esse aqui, oh :heart:
Beijos e se cuidem!

19 Curtidas

Que relato lindo , eu tenho uma panhe , pai e mãe uma super guerreira que nos criou com muita luta vencendo tudo pra ver os filhos crescerem

16 Curtidas

Me emocionei toda com esse texto! Lindo relato, @danielaq! Obrigada por compartilhar com a gente! A Laura tem muita sorte de ter uma mãe forte e tão especial quanto você. :purple_heart: :purple_heart:

12 Curtidas

Relato maravilhoso de se ler, com certeza sua filha será incrível com toda este seu encanto para com ela. :purple_heart:

10 Curtidas

Que mensagem linda. Estou sem palavras! :clap:t4::clap:t4::clap:t4::clap:t4::sneezing_face:

10 Curtidas

Já li relatos maravilhosos aqui na comunidade, mas o seu @danielaq é de longe o mais incrível que tive o prazer de ler. Obrigado de verdade por compartilhar com a gente um pouco dessa missão tão gratificante e ao mesmo tempo difícil que é ser mãe. :blue_heart:

15 Curtidas

Que relato maravilhoso! Compartilho do seu sentimento, comigo acontece muitas das coisas que você relatou aqui :heart:. É um privilégio poder trabalhar assim, tão pertinho das minhas filhas :smiling_face_with_three_hearts: :purple_heart:.

10 Curtidas

Meus amores todinhos nessa foto!

Texto lindo, que deixa o coração quentinho, a gente que acompanha mais de perto pode ver que não é fácil fazer tudo que as mães fazem, mas também vemos que vocês estão sempre dando o seu melhor, sempre se superando, sempre sendo super mães :white_heart:

7 Curtidas

Nossa, @danielaq que maravilhoso! Lindo!!

3 Curtidas

Meu Deus, que texto foi esse? :scream:

Maravilhoso e emocionante o seu relato @danielaq! Como pai de um garotinho bem ativo, me identifiquei com várias partes do seu texto!

Muitíssimo obrigado por compartilhar um pouco da sua vida conosco! Fez o meu dia melhor! :purple_heart:

Ah, e continuando a história do seu outro tópico sobre maternidade, eu finalmente consegui montar o meu escritório e agora tenho um cantinho bem mais tranquilo pro home office! :sweat_smile: :raised_hands:

9 Curtidas

Que lindo relato @danielaq e uma bela inspiração para todos que compartilham ou se identificam com sua história!

5 Curtidas

Ser mãe é maravilhoso sempre foi meu sonho é Deus me fez realizar apesar que achava que era tudo conto de fadas kkkkkk tô aprendendo muito ainda

3 Curtidas

Oi gente! Estou super grata por todas as palavras de carinho que recebi e AMANDO ler o relato de cada um de vocês <3
@endydealmeida eu quero fotos do escritório, heeein?!
Mostrei a foto do seu filhinho pra Laura (eu acho o seu nome no pé dele uma sacada genial! hahaha) e ela ficou perguntando quando eles iam brincar, rsrs
É o sonho do meu marido que a nossa filha goste de toy story :joy:
@Edvan_Cds , @AlessyPadilha , @victoralves , @RogerioM , @gi.vieira , @TaahCandido , @Luiz_S , @Caio_ae e @anon34468662 , MUITO OBRIGADA!
O coração chega fica quentinho com tanto carinho :smiling_face_with_three_hearts:

9 Curtidas

Opa, pode deixar que em breve eu posto algumas! :grinning_face_with_smiling_eyes:

Ahhh, que linda! :purple_heart:

Ainda estamos “iniciando” ele nesse mundo de Toy Story por aqui! Também sou louco pra que ele curta! :rofl:

4 Curtidas

Me emocionei com seu relato @danielaq, é exatamente assim, com os olhinhos impacientes, nos chamando a todo momento pra contar alguma coisa que precisa de toda nossa atenção ou querendo algo.
Me tornei mãe a 8 anos atrás e posso garantir que nesses 29 anos de minha existência, os mais felizes foi a partir do dia que descobri que em meu ventre estava sendo gerado meu pequeno. Aquela sensação indescritível de escutar um “Eu te amo mamãe” ou “Você é a melhor mãe do mundo”.
Aprendi também com a maternidade a dar mais valor a meus pais, a entender que quando eles diziam não, era para o meu bem.

8 Curtidas

Nossa que lindo. A realidade nua e crua.

3 Curtidas

Verdade :heart_eyes::heart_eyes::heart_eyes::heart_eyes:

2 Curtidas

Que relato incrível @danielaq , entendo perfeitamente tudo, e admiro muito essa questão da maternidade eu como pai. Em casa eu minha esposa dividimos muito nossas tarefas para tentar aliviar o máximo a rotina de cada um, que é puxada, mas tem dias que a nossa filha só quer ela, tem que ser a mãe, mesmo a pai estando ali tranquilo e com tempo para atender e assim e mesmo com todo cansaço do dia ela vai lá e atende a filha com maior amor do mundo, olha sendo sincero eu naqueles dias pesados do serviço não sei se conseguiria virar a chave tão rápido. Feliz dia das Mães por que são merecedoras de todas homenagens possíveis.

5 Curtidas

Um relato incrível feito por uma pessoa maravilhosa! Nos esforçamos diariamente para sermos perfeitos, mas perceber que não ser perfeito tá tudo bem e ter uma rede de apoio para tornar tudo mais fácil é incrível. Fico muito feliz que você tenha uma jornada tão bonita com a sua família, @danielaq <3

3 Curtidas