200% sobre o CDI será concedido até quando?

Me surgiu uma dúvida sobre o cashback do Ultravioleta com rentabilidade de 200% sobre o CDI: ele é um benefício “promocional” (que tem prazo definido para ser mantido) ou é uma condição “vitalícia”?

Digo isso pois no último caso (vitalício) só valeria a pena pensando no longo prazo (8 anos ou mais sem movimentar), para compensar o menor cashback (ou ganho de pontos) de outros cartões de crédito como o C6 Carbon (2,5 pontos por dólar, que convertidos com bônus de 100% para milhas Smiles teriam um retorno aproximado de 1,7% de cashback, mais a rentabilidade de 100% do CDI - imaginando um cenário onde se converta os pontos Átomos para Smiles com 100% de bonificação, venda das milhas Smiles, e aplicação do valor da venda em 100% do CDI). Essa diferença de cashback só seria compensada se os 200% do CDI de rendimento valesse por no mínimo mais 8 anos.

4 curtidas

O CDI é variável, então, creio que essa comparação jamais será possível.

21 curtidas

Eu sei, mas para tomar uma decisão de onde direcionar os gastos, fixei os valores e fiz uma simulação para ao menos tentar entender qual das duas opções poderia ser melhor.

1 curtida

Banco Central através de sua agenda do Copom sinaliza em breve redução da SELIC,

consequência - > altera o cálculo do cdi.
Razão - > achatamento da inflação segundo semestre

2 curtidas

A simulação é alterada a cada nova reunião do Copom

Sim, novamente, só estou tentando fazer uma simulação com os valores que temos hoje (sabendo que são dinâmicos) para tentar tomar uma melhor decisão de qual das duas opções seria mais vantajosa, e não fazer um cálculo preciso (pois é óbvio que seria impossível).

3 curtidas

O cálculo seu pode valer por 90 dias e não 8 anos.

Como o Brasil tem essa característica inflacionária reincidente desde os anos 80,almejar o CDI de 200%, leva enconta a tabela regressiva do imposto de renda. - 22% sobre o lucro, e a variação de acordo os cortes ou acréscimo dos pontos base da SELIC pelo Banco Central.

2 curtidas

A simulação basicamente seria considerar gasto mensal no cartão de crédito no valor de R$ 5.000,00. No Ultravioleta isso geraria R$ 50,00 de cashback por mês; no C6 Carbon geraria cerca de R$ 86,00 por mês (convertendo os pontos Átomos com bonificação Smiles e vendendo as milhas, com média de R$ 17,20 por milheiro).

Óbvio que a Selic é dinâmica (e dizem que começará a diminuir, mas de forma lenta) e seria impossível fazer uma simulação exata, mas dizer que simplesmente por causa disso não é possível fazer um exercício para decidir qual das duas opções seria a melhor é desnecessário e definitivamente não agrega em nada.

Minha pergunta foi com relação à rentabilidade de 200% do CDI que o cashback do Ultravioleta possui, pois se for algo “vitalício”, no longo prazo (8 anos ou mais) seria um ponto decisivo para essa escolha (pois os valores obtidos com as vendas das milhas Smiles teriam em média 100% de rentabilidade sobre o CDI).

2 curtidas

Em resumo: a pergunta principal do tópico é se os 200% de rentabilidade sobre o CDI que o cashback do Ultravioleta possui é algo vitalício ou promocional (que poderá simplesmente ser retirado/modificado pelo Nubank), pois isso para mim é crucial para determinar se é vantajoso ou não frente às outras opções da concorrência.

1 curtida

Ah, e não considerei outras vantagens do Nubank sobre esse gasto mensal, como a possibilidade de adiantar compras parceladas (e receber um % de volta) e o ganho em Nucoins (ainda sem valor monetário, mas que poderá fazer a diferença no futuro).

1 curtida

Oi Marcos, eu compreendo como a economia funciona, só estou tentando ter uma pista de qual das duas opções é mais vantajosa no longo prazo. Nem que seja simular com dados que temos (em ambos os cenários) e fazer uma “comparação burra” para tomar uma decisão, rs

1 curtida

WTH

15 curtidas

Agregando algo aqui. :slightly_smiling_face:

De acordo com as Regrinhas da casa:

15 curtidas

Essa é apenas uma das inúmeras incertezas na proposição inicial:

  • a pontuação do Carbon é vitalícia?
  • a taxa de câmbio é fixa?
  • a conversão bonificada para smiles é vitalícia?
  • o preço de venda dos pontos?

Tudo isso, inclusive a regra do cashback do UV, é incerto. Não vale o esforço de fazer esse exercício achando que vai encontrar um resultado preciso pra embasar uma decisão visando longo prazo…

17 curtidas

A galera gosta de vim falar que o UV não vale a pena que o carbon é melhor.
Só esquece que cada pessoa sabe o que é melhor pra ela,

UV rendendo a 200% do CDI é mil vezes melhor do qualquer coisa do C6 para o meu uso.
Seja ele por causa do cashback, por causa do rendimento ou por causa da praticidade do cartão…

Se não é melhor no seu caso tudo bem, seja feliz com o seu outro cartão.

E não vale a pena ficar fazendo conta de “e se”…

porque no ‘e se’ vai longe e não chega a lugar nenhum

e se o banco c6 falir afinal o balanço dele não ta bom.
e se eles trocaram de sistemação de pontuação ?
e se deixar de pontuar x e passar a pontuar y ( como aconteceu com o famoso PDA )

Escolhe um cartão que te agrada, que te atenda e seja feliz.

19 curtidas

É o tipo de esforço mental que busca usar “critérios objetivos” (que não são exatamente objetivos, por conta de todas as variáveis envolvidas, como mencionado) para validar uma escolha estritamente pessoal e, muitas vezes, pré-definida pelo emissor.

Como diz o sábio Mestre Yoda:

19 curtidas

Oi Edu, tudo bem ? Vou tentar dar meus 2 cents de contribuição aqui:

Então, você já sabe que o CDI é um indexador variável ex-post como dito pelo @LuckPass.

Mas, você pode fazer um exercício ex-ante construindo seu estimador para o CDI futuro:

  1. Pegar a projeção futura da Selic para cada um dos vértices da curva no Relatório Focus do BCB ou;
  2. Pegar os dados de Futuros de DI e calcular o juro implícito para o período que vc quer (8 anos pelo q afirmou) ou;
  3. Pegar a base de dados do BCB, montar uma equação e criar um estimador paramétrico futuro ou;
  4. Pegar esta mesma base de dados e fazer uma Simulação de Monte Carlo e criar um estimador não-paramétrico.

Pronto ! Não se esqueça que na avaliação ex-ante o avaliador tem que se arriscar com expectativas.
Espero ter contribuído de alguma forma mas, de todo modo na minha humilde opinião, em todos os casos o molho sairá muito mas caro que o frango como dito pela @Vittoria_Cunha e @FernandoLacerda.
Boa sorte…

12 curtidas

Não, essa porcentagem de concessão de cashback não possui validade, mas ela pode ser modificada pelo Nubank a qualquer momento.

Logo, não dá pra prever até quando vai ser assim e tampouco como vai estar o CDI ao longo dos anos. Legal o seu cálculo, mas ele não tem qualquer conexão com a realidade pois as variáveis são impossíveis de prever.

Contrate o produto que mais atenda as suas necessidades e pronto.

13 curtidas

Resumindo…ele não é promocional e nem vitalício. As regras podem mudar a qualquer momento!

Eu não acho que mudará tão cedo, tendo em vista que o foco do Nubank agora é a alta renda. Acredito que eles sabem que o diferencial do ultravioleta é o rendimento de 200% do CDI, sem falar que a taxa de juros não deve demorar para baixar !

Quanto a comparação com cartões que pontuam 2,2/2,5…

Se eu não me engano, se você possuir 2,500 reais acumulados rendendo 200% do CDI, o valor do rendimento + o valor de 1% de cashback será o mesmo que utilizar os cartões com as pontuações acima !

Ps: *cálculo feito por mim ( zero confiança) :joy:
*possui inúmeras variáveis

6 curtidas

Contribuindo aqui. Eu acompanho o mercado de milhas e venho percebendo uma certa saturação desse mercado. Muitos youtubers criando conteúdos a respeito, promoções a todo momento para assinatura de clubes pelas empresas aéreas (aparentemente precisam de caixa), Livelo e Esfera, os valores do milheiro vem caindo assim como o prazo para pagamento pelos intermediários (maxmilhas e hotmilhas) vem aumentando. Além disso aconteceu esse problema da Hurb e existe esse risco da 123milhas (que é da hotmilhas) que faz algo parecido. Eu cheguei a conclusão que cartão com pontuação boa vale a pena para quem viaja muito, como esse não é o meu caso eu migrei para o UV quando foi oferecido pra mim. Melhor ter $ garantido em cashback sem perder tempo acompanhando mercado de milhas e focar em outra coisa que possa dar mais retorno.
Como o cashback tem liquidez minha ideia é ir reduzindo a reserva de emergência a medida que o cashback ir aumentando.

17 curtidas