ARTIGO: A arte de economizar (Parte 2)

A um tempo atrás publiquei dois artigos aqui na comunidade dando algumas dicas de como economizar dinheiro com algumas medidas simples:

ARTIGO: A arte de economizar (Parte 1)
PLANILHA: Analisando faturas de energia elétrica

O que me motivou a escrever estes artigos é que a maioria das pessoas gasta uma quantia de dinheiro significativa em energia elétrica e muitas vezes, de forma desnecessária. Para ilustrar esta realidade, vou contar um pouco do meu próprio caso pessoal…
Aqui em casa, moram apenas 3 pessoas. Sendo que, até maio de 2024, eu gastava em média cerca de R$ 300,00 na conta de luz e sempre considerei este valor bem alto levando em conta o tamanho da minha família e da pouca utilização dos eletrodomésticos.
Depois de eliminar algumas suspeitas envolvendo a rede elétrica do meu condomínio, fiação e eletrodomésticos utilizados, descobri que minha geladeira era a grande vilã de todo este consumo.
Até então eu utilizava uma geladeira com consumo médio de 58,1 kWh (descrito no manual). Nada muito distante da maioria das geladeiras utilizadas no mercado. O problema é que a gente esquece, que quanto mais o tempo passa, mais se reduz a eficiência energética dos equipamentos e com isso, ele acaba gastando mais e funcionando menos. Como eu já suspeitava dela, resolvi medir o consumo real do refrigerador e bingo! Acabei descobrindo que o consumo médio estava ultrapassando 85 kWh!
Como já era um refrigerador com mais de 10 anos de uso, resolvi comprar outro e optei por um que tinha a tecnologia Inverter, similar a tecnologia utilizada em climatizadores de ar de última geração. O grande diferencial desta tecnologia está na economia de consumo de energia que pode chegar a mais de 50% dependendo do modelo do equipamento.
No meu caso, meu novo refrigerador agora consome apenas 35,1 kWh. Uma redução de consumo de no mínimo 39,24%.
Resumindo:

  • Vendi meu refrigerador antigo por R$ 1.500,00;
  • Comprei o novo refrigerador por R$ 3.500,00, parcelado em 10x;
  • Meu investimento real foi de R$ 2.000,00 (descontado o lucro da venda);
  • Minha conta de luz caiu de R$ 300,00 para 200,00. Uma economia mensal de 33%.
  • Traduzindo essa “aquisição” para “investimento”, em aproximadamente 20 meses terei retorno sobre meu investimento e gastarei menos nas contas de luz futuras.

E você, qual foi a última vez que você conseguir economizar tomando estas medidas?

19 curtidas

Excelente post, @Danielbighelini.

Vou ler todos para aprender mais com vc.

Valeuuuuu :clap::clap::zap::smiley:

9 curtidas

Muito boa a dica @Danielbighelini

A minha está com 10 anos também. Acho que vou ter que medir o consumo dela também.

12 curtidas

Caraca, @Danielbighelini. Quem diria que um refrigerador antigo poderia estar causando esse aumento considerável no consumo de energia. Parabéns por ter identificado e valeu por compartilhar! :handshake:

11 curtidas

Um método bastante eficaz de reduzir os custos de energia elétrica é utilizar sistemas de energia inteligente.

Infelizmente para economizar é necessário um investimento inicial que pode não ser viável para alguns vez que implica na aquisição de serviços (engenheiro eletricista) e produtos smart, que ao final se mostram mais onerosos.

Utilizo um sistema que permite antecipar gastos futuros de energia e corrigir eventuais falhas, se for o caso.

Como citei, a questão dos custos de equipamentos é o principal fator que pode ser impeditivo; como comparação, consulte os preços de ar condicionado (tecnologia inverter) com integração a Alexa ou Google Assistente e os que não possuem essa integração.

9 curtidas

@Danielbighelini
Parabéns, muito legal colocar aqui sua experiência.

Sempre tive uma “filosofia” de: faltou me dinheiro? Tenho que “fazer” mais; sempre deu certo, não devo nada pra ninguém :joy: e minhas contas sempre dão e sobram.

Porém, gostaria de conseguir me agilizar e ter a sapiência de ter esses “feeling”.
No geral, não tenho do que reclamar, mas com certeza me sobraria ainda mais dinheiro.

Aguardo outro ensinamento seu. Abraço.

8 curtidas

Boa amigo, moro sozinho. Minha conta de luz raramente passa de R$100,00 por mês. Sou bem econômico em tudo e guardo muito. Minha mãe não curte rs. Mas eu não gosto de gastar.

5 curtidas

A tecnologia inverter é uma grande aliada na redução do consumo, devia ser imposta por força de lei a todos os fabricantes de eletrodomésticos com compressores.

4 curtidas