Facilitador de viagens ( NuTravel)

O Nubank poderia ter uma opção exclusiva para viagens. As vezes vc acha uma passagem aérea num preço top mas n tem a grana p curtir a temporada… mas se os gastos da viagens tivessem a opção se serem somados e parcelado com certeza o rolê seria mto mais descontraído, afinal ngm gosta d viajar com o dinheiro contado.
Agora imagine, vc está fazendo uma eurotrip, vc habilita seu cartão pelo aplicativo no modo “viagem” e td seu gasto com alimentação ou compras são somados dentro do período q vc determinou como " viagem" e no final desse período o aplicativo te desse a opção de vc parcelar as despesas da sua trip. Pooowww Nubank realiza esse sonho aí p nós q gosta de viajar mas não tem grana kkkkk.

4 Likes

Olá @DnRibeiro seja bem-vindo a Nucommunity

1 Like

Olá!!! Obrigada!

Vou mudar a categoria do seu tópico para “Idéias”, acho que fica mais adequado. Achei sua idéia bem interessante. :slight_smile:

Se caso você queira mudar o título para um mais elaborado, talvez, pode mudar. Tá bom? :purple_heart:

3 Likes

Ok!!! Eu sou nova por aqui, então ainda to me familiarizando.

1 Like

De boas, seja muito bem vinda. :grin::purple_heart:

3 Likes

Obrigada!

Não seria aumento do limite temporário? Acho que já tem iso no app, mas não envelopado como “viagem” ou “aviso de viagem”. O que tem sobre viagem e funciona bem, já testei são as notificações quando sai do Brasil, para avisar que o cartão pode ser usado e tals.

1 Like

Não seria isso… imagine q vc fiquei semana viajando, aí vc vai em restaurantes, bares, compra umas lembrancinhas tudo no credito e no final essa sua semana viajando somatizou uns 4 mil reais que viriam na fatura do mês seguinte. Aí vc informa ao aplicativo q esses gastos são das suas “férias” e ele parcela essas despesas para vc. Já q vc não consegue parcelar em 3 ou 4 vezes uma conta d um restaurante. O aplicativo iria compilar essas despesas do período avisado previamente.
Pq hj vc consegue parcelar a passagem aérea e a hospedagem, mas o q vc gasta com comida e bebida vc não consegue parcelar.

3 Likes

Entendi. Genial! Hoje a gente não pode parcelar experiência gastronômica. Mas tão caro quanto um produto qualquer que permite parcelamento. Se pudesse ligar e desligar esse modo viagem, os valores usados nesse período fora do território nacional poderiam ser parcelados no fim da viagem.

2 Likes

Olá @Aaron_David seja bem-vindo a Nucommunity

1 Like

Mas não seria a mesma coisa q parcelar a fatura? Não entendi mto bem a diferença…

4 Likes

É que esse lance de compra parcelada é moda nossa, Estados Unidos e Europa ou você compra a vista ou não compra. E o parcelamento da fatura entra no rotativo, acho que ele está querendo fugir da taxa de juros.

6 Likes

A única moda q eu sigo :rofl: se nao tem parcela não tem como comprar nee

Acho q lá fora perceberam q tbm tem gente q não pode pagar tudo a vista, pq tem um site q compro coisas q esses dias implementou um sistema de parcelas lá (na verdade é um serviço de outra empresa, tipo quando a gente escolhe pagar pelo PagSeguro), mas admito q não parei pra ver como q funciona

4 Likes

É diferente, pq qnd vc parcela sua fatura vc parcela toda a fatura, sem contar que quando vc parcela a fatura seu score cai e não é isso que a gnt quer.

1 Like

Obrigado, @Mario_Cisneros .

Eu acho que não compensa muito, porque usar o cartão de crédito no exterior implica no pagamento de IOF, bem como podemos estar sujeitos a uma taxa de câmbio desfavorável.

Exemplo: estou me programando para viajar em Dezembro. Ao longo do ano vou aos pouco adquirindo euro/dólar de acordo com a minha capacidade e variação de taxas. Consigo juntar um bom valor a uma taxa de conversão baixa. Quando chega o mês da viagem, essas moedas disparam de preço. O que você comprou em papel moeda está resguardado (você teve um ganho no seu poder de compra), mas se usar o cartão de crédito, está sujeito ao câmbio do dia mais impostos.

É uma prática totalmente desfavorável, cartão de crédito no exterior serve para emergências, não para gastos corriqueiros. A forma mais econômica de viajar para o exterior é se programar com antecedência e poupar o máximo que puder.

A ideia de parcelar compras específicas de uma viagem iria gerar um endividamento à longo prazo :sweat_smile:

5 Likes

Talvez para viagens internacionais pode ser que não seja tão vantajoso, mas poderia ser aplicado para viagens nacionais.
E a vantagem de utilizar tb fica a critério de cada um, pois emprestimo no ponto de vista financeiro não é vantajoso para o cliente mas msm assim o nubank possui essa modalidade. A utilização fica a critério do cliente arcando com as consequências.

Nesse caso se aplicaria o que a @lorenatelles falou, basta parcelar as compras durante a viagem :woman_shrugging:t2:

Certo, mas o empréstimo serve essencialmente quando você precisa comprar um/alguns produtos de alto valor e os juros do empréstimo estão mais baixos que de um financiamento ou em situações de endividamento pessoal.

Se uma pessoa fizer um empréstimo para fazer uma viagem à lazer é um péssimo uso do seu dinheiro, você vai se endividar para custear um prazer temporário e em alguns casos vai pagar o equivalente a uma viagem e meia.

Isso é verdade, mas existe um porém: quantas pessoas tem acesso à educação financeira? Quantas pessoas são capazes de calcular o tipo de investimento e a taxa de juros mais adequada para aquela finalidade? Quantas pessoas sabem o custo da sua hora 100 (o tempo de trabalho necessário para conseguir 100 reais)?

Tudo isso tem que ser avaliado antes do lançamento de um produto financeiro. Não adianta nada o Nubank oferecer um serviço, a pessoa usar e se endividar, não pagar pelo serviço usado. O usuário fica negativado e tem a conta cancelada enquanto a Nubank engole o prejuízo financeiro, ou seja, nessa equação todos saem infelizes :confused:

2 Likes

Cartão sem limite nas viagens e quando o cliente voltar, paga o que gastou parcelado?
Isso não vai prestar…

1 Like