Nova Campanha no Nu: Pode Acreditar

Oi, pessoal! :smile:

Deixa eu falar pra vocês: hoje lançamos nossa nova campanha! :tada:

Ela é sobre aqueles momentos de virada de chave nas nossas vidas. Aquela hora em que a gente para e pensa “quer saber? Eu acho que sou bom nisso”. Ou “Taí, eu acho que consigo”. O momento que fez a gente acreditar.

Vocês têm alguma história assim? Algum momento que foi decisivo pra você correr atrás do seu sonho?

Eu vou contar um pouco da minha: quando eu era mais jovem fazia curso de inglês. Eu nunca vou esquecer o momento que eu ouvi o refrão de uma música em inglês e entendi tudo o que a pessoa tava cantando. Esse momento foi muito especial pra mim e foi quando me deu mais gás ainda pra aprender inglês.

O Emicida conta um pouco aqui no nosso vídeo de campanha, aqui :point_down:t5: Emicida em: o futuro vem com um passo de cada vez. Pode acreditar | Nubank - YouTube

E vocês? Contem aqui embaixo!

57 Likes

Muito boa a proposta da nova campanha.

A minha história de superação aconteceu há alguns meses e muitos de vocês acompanharam de perto.

Éramos só eu minha mãe e ela faleceu. Perdi o chão e achei que não ia conseguir continuar sozinho. Mas dei uma virada de chave, vendi casa, comprei um apartamento num lugar que sempre quis morar e hj estou bem e pronto pra ser feliz. :purple_heart:

31 Likes

Nu vai vender esse CD pra gente não ?
Nem ACREDITEI!
Hahahhahaha Legal a propaganda! Mas esperava mais!

14 Likes

Passei anos querendo falar com as pessoas sobre Finanças Pessoais. Engavetei muitos projetos de blog, negócios, etc.

Com meu filho crescendo não teve jeito, comecei a gravar vídeos no YouTube no final de 2020, mais pensando mesmo em deixar tudo registrado para ele. E a turma foi gostando…

As vezes penso que deveria ter começado antes, as vezes acho que tudo tem seu tempo. Só sei que vale a pena insistir. PODE ACREDITAR.

À propósito, recentemente tive um vídeo passando dos 100k de views, e adivinha o assunto? :smiley:

21 Likes

Parabéns pela perseverança @pedroh.nunes

Torcendo muito por você :pray:t2::raised_hands:.

17 Likes

Parabéns pela nova campanha :clap::clap::tada::tada::tada:

Simplesmente sensacional, pode acreditar :purple_heart:.

Com o Nubank a vida fica mais fácil, leve e boa de viver. É o Nubank transformando vidas.

  • Levanta e anda
20 Likes

Levanta e anda, a música casou certinho com a campanha…

20 Likes

Parabéns pela campanha, eu me supero todos os dias e tenho amigos aqui na comunidade que me ajudam a superar

23 Likes

No meu antigo trabalho eu entrei na Parte Financeira, mas com o Tempo comecei a entender todos os processos apresentados, para minha sorte o sistema mudou e tive que ser um dos Key Users do Projeto, com isso, dentro do sistema aprendi a colocar em prática tudo o que acontecia dentro da Empresa.

A partir disso, comecei a dar suporte interno na Empresa, como sou formado em Contabilidade e Administração, nunca pensaria em entrar para a parte de ADS. Mas um pontinho me chamou atenção e resolvi entrar nos estudos, já que muitos chgaram e falaram: Você tem jeito para o suporte!

Hoje trabalho a mais de um ano na área, e confesso que se não tivesse visto essa oportunidade, visto que era era ‘‘bom nisso’’, não estaria hoje me sentindo bem profissionalmente.

Meu resumo hoje, mas sou feliz:
image

24 Likes

Ótima campanha “Pode acreditar”!

Creio que quase todos tem um momento decisivo na vida.
Eu quando era adolescente, trabalhava e praticamente não tive nada na vida (projetos, sonhos). Mas certo dia quando cheguei em casa cansado do trabalho, meditei no meu futuro e pensei: Não posso ficar desse jeito, tenho que fazer um planejamento e assim fiz. Ai foi so alegria. Entao Levante e Anda.

“Não deixe que as pessoas te façam desistir daquilo que você mais quer na vida. Acredite. Lute. Conquiste. E acima de tudo, seja feliz”!

18 Likes

Ficou massa a campanha :clap:

Vários. Mas o mais importante foi de tomar a decisão de voltar à minha terra natal, depois de anos morando e trabalhando em capitais grandes.

Se foi a melhor decisão? Com toda certeza! Tenho convicção que irei realizar projetos e sonhos inacabados.:v:t5:

21 Likes

Que campanha top. :fire::purple_heart:🫰🏾

Com certeza, na adolescência tive uma vibe na cabeça, se eu aposentar mais cedo, viver a vida nos meus termos, será que isso seria possível? Na época assistia todos os filme de Mercado Financeiro, certo dia assistir um vídeo de uma fada Nathalia Arcuri, foi ali meu primeiro insight, dali em diante decide muda e a cada ciclo do meu processo que se passa olho para trás e vejo que valeu a pena, e a cada sonho que venho realizar sei que tem seu momento. :fire:🫰🏾:purple_heart:

17 Likes

Meu sonho não são muito grandes e não tenho um planejamento enorme e com prazos muito definidos para realizá-los só pretendo e parece que as coisas estão no rumo certo para completar a lista.

Sou de uma cidade do interior de uma família modesta que nunca passou dificuldade grande na vida mas que nunca parou de trabalhar um momento para ter essa situação.
Então quando era adolescente tracei algumas coisas que queria fazer, tipo uma lista de coisas a se fazer antes de morrer.
Nesta lista vão desde coisas simples mas que nunca tivemos a oportunidade de fazer a coisas que são muito difíceis, elas estão também divididas em coisas que são obrigatórias de serem realizadas até umas que se não conseguir não tem problema.
E o momento que vi que precisava correr mais atrás foi quando conheci uma galera aqui na nucommunity um pessoal para frente uns com historias simples como a minha outros bem mais vividos pelo mundo a fora, e mesmo sem saber esse pessoal me motivou muito a mudar minha rotina de vida, alguns pensamentos e até a maneira de ver o mundo e certamente foi uma virada de chave em muitos planos.

E um dos meus sonhos foi graças aqui que realizei ( para muitos pode ser uma coisa nada haver) mas para mim era um desejo em minha listinha que ainda ia demorar alguns anos para realizar e foi adiantado que era poder viajar de avião.

22 Likes

Eu só iria dar parabéns pela Campanha belíssima no propósito, na foto, na direção de arte, conteúdo e aquele arrepiozinho que dá quando mente e coração se tocam, mas não me aguento de felicidade.

É muito bom termos representatividade em todos setores da nossa vida e ações que transformem a vida das pessoas que não são e nem se sentem representadas.

Leandro Roque de Oliveira
Em 2005, ganha o apelido de Emicida, fusão da sigla MC com a palavra homicida, pois os colegas consideram que Leandro “assassina” seus concorrentes nas batalhas de freestyle . O apelido se transforma em nome artístico que também funciona como sigla:

E.M.I.C.I.D.A (Enquanto Minha Imaginação Compor Insanidades Domino a Arte)

Continua… AmarElo

17 Likes

Recentemente passei por um desses momentos. Foi quando eu fiz a matrícula na faculdade que estou agora.

Eu achei muito legal essa campanha do Nubank vs. Emicida. Duas culturas (do Meu e do Emicida) que se complementam de forma ímpar. Mal posso esperar pra ver ela por aí.

15 Likes

Que campanha incrível, minha virada de chave foi depois de passar 4 anos sem trabalho pois toda entrevista que fazia nao era escolhido por conta da minha deficiência visual ( tinha vergonha e as vezes isso me atrapalhava muito) mais depois de muitas conversas com meus tios resolvi ir atrás dos meus direitos então perdi a vergonha e me assumir PCD eis que portas se abriram onde hoje tenho 5 anos e 6meses na atual empresa que trabalho (devo muito a analista de rh chamada Aline que acreditou e ainda acredita até hoje no meu potencial). Trabalhando tirei meu primeiro cartão de crédito que foi o roxinho e então sonhos da minha adolescência foram se realizando viajar de avião, comprar coisas pessoais, conhecer um amigo/irmão de 5 anos de jogo online pessoalmente, e o mais recente foi realizado com pessoas especiais daqui da NuCommunity que foi conhecer um pouco São Paulo.
Enfim tem muitos sonhos por ai que só precisam de um “PODE ACREDITAR” para se realizar!
Feliz de poder dividir um pouco da minha história com vocês.
Parabéns Nu voaaaa :purple_heart::rocket:

18 Likes

Sempre tive o sonho de fazer um intercâmbio, então desde o meu primeiro estagio, juntava dinheiro…

Problema só q sempre acontecia algum imprevisto e acabava usando o valor guardado pra cobrir e nunca q conseguia juntar o valor q precisava… mas continuava pesquisando sobre e tals

Nao lembro como aconteceu a virada de chave, mas teve um dia q so me veio o estalo assim “realmente nunca q vou conseguir o dinheiro total pra isso, mas vou pesquisar por ai lugares mais baratos, q da pra parcelar, etc… vamos adaptar esse sonho ai q ele vai ser realizado sim e é agora” :sweat_smile:

6 meses depois tava indo fazer um curso em Toronto, fiquei so uns 40 dias, pq foi o q a poupança, o salario, e as ferias do trabalho permitiram, mas foi uma experiência incrível

Voltei ainda pagando parcelas, mas é aquela loucura do cartão q nunca me arrependi :sweat_smile::rofl:

16 Likes

Eu sempre gostei de computadores e celulares e desde criança quis fazer/cursar algo relacionado sobre o assunto.
O que me possibilitou esse feito foi fazer a inscrição pro processo seletivo da faculdade que estudo hoje. Eu lembro que no Instagram quando me mandaram um post da faculdade anunciando vagas abertas e decidi me inscrever. Passei e hoje estou vivendo um sonho.

11 Likes

Queria ganhar uma grana pra mim comprar um celular para fazer enen

1 Like

Ihhh, gerou textão! :grimacing:

No réveillon de 2005/2006, eu tava bem insatisfeita com o fato de estar há quase 4 anos formada em Comunicação Social e trabalhando no comércio, ganhando um salário mínimo, pensando que não queria passar mais um ano da mesma forma.

Eis que no dia 02 de janeiro, uma tia me liga e “toca na ferida”, me pergunta: “Por que você não vai pra Roraima, tentar emprego na sua área?”. Inicialmente, achei aquela proposta uma loucura! Muito distante! Minha tia completou: ,“Tem Déo (minha outra tia) que mora lá, a gente te dá a passagem e se você achar que não dá, gente compra a passagem de volta. Vai perder o quê? Emprego no comércio, você arranja outro, se voltar”.

Dois meses depois, eu desembarcava na capital Boa Vista. Me apaixonei de cara, quando minha tia me levou pra casa pela Av. Ene Garcês, passando pelo Complexo Ayrton Senna e a Praça das Águas! Senti que seria muito feliz ali.


Em julho, comecei a trabalhar como recepcionista de hotel, em agosto, fui morar sozinha. No mesmo mês, comecei a trabalhar como repórter de um jornal impresso local. Em dezembro, passei na seleção para Assessora de Comunicação do SENAI, de onde só saí 3 anos e meio depois quando passei em um concurso federal, em 2010.
Nesse meio tempo, comprei meu apartamento.

Morei em Roraima de 2006 a 2012 e durante aqueles anos incríveis, muitas coisas maravilhosas aconteceram. Fiz amigos pra toda a vida, comecei a derrubar muitas crenças limitantes, amadureci muito, fiz muitas trilhas, tomei muito banho de igarapé, rio, cachoeira, participei de muitos luaus, viajei diversas vezes para a Venezuela (El Pauji, Puerto Ordaz, Isla de Marguerita, Monte Roraima), viajei um mês pela Argentina, conheci muitos mochileir@s e ali foi plantada a semente para fazer o meu mochilão.


Primeiramente, em 2014, já trabalhando em Sergipe, onde moro hoje, fiz um “mochilinho” por um mês por 6 países da Europa. E entre 2015 e 2018, tirei uma licença sem vencimentos do serviço público e fiz um mochilão pelas cinco regiões do Brasil, de carona, na maior parte dos deslocamentos.

Faltando 4 meses para voltar pro trabalho, conheci a minha mochila gêmea @Wierman que estava voltando de um mochilão pela Europa e estamos juntos há quase cinco anos.


Estejamos sempre com os olhos e os ouvidos do coração abertos, Deus sempre encontra uma forma de falar conosco, de nos apontar o melhor pra nós, nos resta ouvir com amor, ter coragem, atitude e disposição.

15 Likes