Open Banking

Oi, pessoal! Como vocês estão? :smile:
Sou Mariana, faço parte do time de Políticas Públicas do Nubank e, contando um pouquinho da minha história, tenho sido uma das responsáveis por desenvolver as discussões de open banking e pagamentos instantâneos dentro do Nubank. Legal, né!?
Encontrei este espacinho aqui na NuCommunity para nós conversarmos um pouco sobre Open Banking e acredito que será uma troca bem legal. Topam esse bate papo?
Pensei em falarmos um pouco do que é Open Banking e o que ele pode mudar na vida das pessoas.

Open banking é o conceito de que os clientes das instituições financeiras podem levar as suas informações e seu histórico para outra instituição de uma forma simples e segura. E isso é muito importante. A gente sabe que os bancos se baseiam nos dados financeiros dos clientes para fazer análise de crédito, oferecer serviços mais adequados para as necessidades de cada cliente, etc… Quando alguém percebe que não está satisfeito com o serviço ou os preços cobrados pelo seu banco e decide mudar de instituição - e vir pro Nubank, por exemplo -, hoje essa pessoa tem que deixar para trás todo esse histórico de informações e começar do zero um novo relacionamento.

O open banking vai permitir que esse cliente pegue todo o seu histórico e leve para a instituição que ele acredite que vá fazer melhor uso daqueles dados e oferecer um melhor serviço. Mas não é só isso. Com o open banking, diversos novos serviços poderão ser construídos por conta dessa facilidade de troca de informações - tudo com segurança e a pedido do cliente, é claro.

O Banco Central deu o primeiro passo para trazer o open banking para o Brasil. Agora, vai ficar a cargo do mercado se organizar para definir como isso vai ser colocado em prática. Esse é, portanto, um momento decisivo para o sucesso do open banking. Nos próximos meses, serão tomadas decisões que vão impactar o nível de inovação, competição, usabilidade e até mesmo segurança desse ecossistema. É por isso que a gente mobilizou nossos engenheiros para pensar em quais as definições de tecnologia que deveriam ser adotadas para garantir um ecossistema que seja seguro, aberto, eficiente, preparado para o futuro e que beneficie o consumidor final.
Por aqui, quero aproveitar esse espaço para começar esse papo sobre open banking com vocês. Então fiquem à vontade para perguntar coisas mais simples ou mais técnicas.

Pessoal, para terminar, quero deixar um convite para todos vocês. Na terça-feira, dia 7 de julho, às 11:00, faremos uma webinar falando mais detalhadamente sobre essa nossa visão para o open banking e teremos a participação de Jonas Abreu, Engenheiro Chefe do Nubank, e de Bruno Diniz, Diretor da FDATA na América do Sul. Fiquem à vontade de participar.

Aah, e, para complementar mais ainda, indico essas leituras do nosso blog:




38 Curtidas

Bacana essa discussão. Precisamos nos informar muito bem e cobrar das instituições um bom e adequado uso para nossos dados.

7 Curtidas

Esse sistema permitiria a concessão de um limite de crédito mais facilmente logo que o cliente fosse abrir uma conta no Nubank (?)

1 Curtida

Ótimo seu tópico muito saber que podemos levar as nossas informações financeiras de uma instituição para outra , e espero que o nubank implemente o quanto antes o serviço do pix , ao seu sistema

1 Curtida

Achei interessante e muito pertinente esse novo sistema. Principalmente, para quem tem diversos cartões e em algumas instituições esse valor é até três a quatro vezes menor.

Migrando esses dados, pode favorecer um aumento de limite e liberação de serviços que antes eram negados mesmo tendo boas práticas de ótimo pagador.

1 Curtida

Com isso, talvez o Cadastro Positivo venha a funcionar de forma mais adequada, já que a Serasa, BoaVista e bancos não se conversam por birra!
Todo mundo desorganizado, mas cobrando para nos fornecer nossas próprias informações :joy:
Vamos ver quem vai fazer o primeiro lobby ou exigência que as informações dos clientes não deva ser fornecida e mantida de maneira automática para a pessoa, exigindo mensalidades para que isso ocorra devido ao ‘custo’ de manter a informação :cold_face:

4 Curtidas

Excelente ponto de vista, @Mellodica. :clap::clap:

Olá @maricunhamelo, eu acho que seria interessante vocês convidarem a equipe da Olivia e do GuiaBolso para esse debate, já utilizamos através deles a integração com os dados do Nubank.

1 Curtida

isso è maravilhoso imagina qual bom isso se torna pra ambas as partes e de todo modo todos ganham

1 Curtida

Olá @maricunhamelo saúde e paz :pray:t3:

Q boa notícia :clap:t3::clap:t3::clap:t3: como se para participar :point_down:t3:

Por onde vai ser :question: E como entrar :interrobang:

Abraço Nu

1 Curtida

Oi, @anon20770914! A nossa expectativa é que o open banking facilite esse processo. Com mais informações dos clientes, as instituições vão poder fazer uma análise mais completa e isso pode influenciar o limite.

2 Curtidas

Oi, @MarioSergioSilva! O webinar vai ser no canal do YouTube Nubank On Stage. É só chegar lá :wink:

1 Curtida

Oi, Mariana, tudo bem?!

Me chamo Lydia e sou gerente de contas da Inteligov - Plataforma de monitoramento legislativo e regulatório.

Primeiramente, parabéns pelo excelente trabalho do Nubank. É incrível ver a qualidade com que o time de vocês desenvolvem as funcionalidades e como vocês tem se posicionado como marca.

Sobre o Open Banking, é fantástico imaginar as possibilidades que trará para nós (tanto clientes, quanto startups e empresas na área de finanças). Acredito que o movimento de abertura dos dados coloca o correntista no centro e estou super ansiosa para ver isso acontecendo no Brasil. Tenho a impressão, olhando para como as coisas ocorreram no UK, que será necessário começar a discussão pela LGPD para chegarmos, depois. no Open Banking. O que você acha?

Estou super animada para assistir o Nubank on Stage e entender como o Nubank está se planejando para enfrentar esses desafios regulatórios.

10 Curtidas

Verdade, precisamos muito de uma discussão sobre a LGPD primeiro, o Boavista compartilha informações de potenciais clientes ao Nubank e até hoje isso nunca foi bem esclarecido por nenhum Nubanker, até que ponto uma empresa pode ter acesso a informações a quem ela não fornece serviços.

image

4 Curtidas

Com o openBanking as plataformas como boa vista e Serasa perderão lugar no mercado. Os bancos trocarão informações entre eles.

Isso é ótimo, tanto pela comodidade que vai levar aos clientes, tanto pela NuBank estar apoiando isso, o que não surpreende em nada, já que esse banco roxo só me surpreende a cada dia viu.

Todas as intituições com mais de 500 mil cliente serão obrigadas a ter o PIX em 20/11/2020.
Alguns testes serão feitos antes, desde o dia 16/06/2020 o PIX vem sendo testado por alguns bancos, mas isso não garante accesso antecipado ao recurso.

Já em relação as informações compartilhadas no open banking, tanto positivas quanto negativas podem ser compartilhadas. Se voce não tiver um bom historico, os outros bancos vão saber disso.
Apesar de o SCR já fornecer algumas informações sobre sua vida financeira, não é tão detalhado quanto a proposta do Open Banking

3 Curtidas

Tenho certeza

Conversamos com o Guga Stocco, um dos pioneiros na ideia de Open Banking no Brasil! Vale dar uma olhada para entender mais o conceito!