Planejamento Financeiro: se organizar não é tão difícil!

Olá, caros frequentadores dessa comunidade!
Hoje vim conversar com vocês um pouco sobre um assunto muito importante mais que muitas pessoas ainda não têm domínio. Com isso minha intenção com esse tópico é que seja pontapé inicial para você comece a se organizar financeiramente, e caso já se organize, peço que leia mesmo assim, pois pode ter alguma dica que você ainda não conhecia.

Dezembro chegou, um dos meses mais empolgantes do ano. Mas por quê? Ora bolas, temos o Natal e o 13º salário, e é justamente sobre esse segundo quesito que gostaria começar a falar sobre o tão temido planejamento financeiro. O décimo terceiro salário é calculado sobre o salário integral do trabalhador a partir da seguinte fórmula:

O trabalhador deixa de ter direito a 1/12 avos relativos ao mês de trabalho quando tiver mais de 15 faltas não justificadas no mês. Tudo isso significa dinheiro extra no final do mês. Mas o que fazer com ele?

:arrow_right: Aqui vão algumas dicas:

Nessa época do ano é difícil priorizar determinado gasto em detrimento de outro. Ainda que você tenha suas próprias dívidas, ninguém quer deixar de presentear seus amigos e família no final do ano, mesmo que não se possa reunir para celebrar, certo? Entretanto, entender os seus gastos é importante para manter um planejamento equilibrado.

Antes de planejar com quais compras irá gastar o 13º salário, reflita sobre a necessidade de alguns gastos e com isso, você vai acabar lembrando de uma coisa com mais necessidade que outra, e vai estar no final comprando algo que realmente necessita e não estará sendo consumista.

  • Reserve dinheiro para eventualidades

Não use todo o seu 13º salário com compras ou gastos, a não ser que não tenha outra saída, como pagar uma dívida, por exemplo. Guardar uma parte desse dinheiro extra pode ser ótimo para fazer um investimento, e pode servir para um pontapé para que você comece a poupar para uma reserva de emergência, caso você ainda não tenha começado, ou para um desejo/compra de mais alto valor para o futuro.

  • Se houver dívidas a quitar, use o 13º salário

Por mais que isso possa ser difícil, o 13º salário talvez seja justamente o alívio financeiro que você aguardava para quitar suas dívidas. Isso é muito comum quando nos endividamos durante o ano (principalmente através de financiamentos e parcelamento de faturas de cartão). É melhor quitar logo essas pendências do que lidar com juros de cartão e de cheque especial, que são bastante elevados, até porque investir o 13º dificilmente dará uma rentabilidade maior do que os juros que estão multiplicando sua dívida. Além de fugir desses juros, você já começa o ano mais folgado já que é justamente no início que temos que lidar com IPVA, IPTU e tudo mais.

  • Faça um orçamento mensal

Fazer um orçamento mensal básico pode ser mais simples do que você imagina. Com uma planilha no Excel, que vou deixar o link de uma pronta e feita pela própria equipe da Microsoft, aqui. Você consegue inserir detalhadamente cada valor que vai entrar e subtrair do total dos seus gastos e subtrair também o tanto que você se propõe guardar/economizar. Com isso, a medida que o mês for passando e você for atualizando a planilha, você vai estar sabendo exatamente o quanto você ainda pode gastar, ou se já passou dos limites.

Caso você queira algo mais automático em relação a planilha, temos o Mobills que ajuda a fazer o planejamento financeiro, mas nele nem tudo é automático, ou seja, você tem que configurar várias coisas manualmente. Uma vez feito, fazer algumas pequenas alterações com o passar do tempo, vai ser super fácil e prático.

  • As principais características do Mobills são:
Você consegue adicionar seus cartões de crédito para que o app os gerencie para você

Você terá a opção de adicionar seus cartões e também adicionar suas contas bancárias e conforme for fazendo lançamentos neles, o app vai fazendo o controle dessas compras/despesas. No cartão de crédito, por exemplo, você consegue lançar uma compra parcelada, colocar o valor total da compra e marcar uma caixinha dizendo “essa compra é parcelada”, aí ele pergunta em quantas vezes ela foi parcelada e para qual cartão você quer lançar aí ele faz a divisão das parcelas baseado no valor total da aquisição e vai colocar isso nos meses para frente. Também é possível criar um lançamento que foi feito em um mês anterior, por exemplo, a gente está em dezembro, você pode comprar algo em novembro dizer que essa tal compra foi dividida em 3 vezes aí ele já distribui as parcelas de cada mês automaticamente.

Você consegue programar a entrada de renda nas suas contas

Também no aplicativo, você consegue cadastrar quanto você recebe de salário ou qualquer outra forma de renda e aí ele consegue prever quanto você vai ter nos dias X, Y e Z então, por exemplo, no meu caso que recebo só o meu salário, eu consigo cadastrar quanto eu recebo por mês e quando, para que o aplicativo já credite esse valor na conta automaticamente nesse dia. Aí nesse caso ele também já desconta desse valor que entra o valor da fatura que eu ainda tenho que pagar e fornece o saldo parcial que eu vou ter.

É possível programar a saída de dinheiro (cobranças)

Assim como a renda, que você consegue programar datas de entrada, você consegue programar a cobrança de dívidas também, por exemplo, você mora em uma casa alugada, o valor do aluguel é um valor que não fica alterando e é algo cobrado todo mês, aí o aplicativo já subtrai esse valor do saldo parcial que terei.

É possível categorizar os seus gastos

Você também consegue categorizar os seus gastos, assim como funcionava com o cartão do Nubank que você conseguia fazer o tracking de quanto você gastou em determinada categoria, se você deve reduzir os gastos de uma, etc. Dentro dessas categorias, você consegue também criar subcategorias, por exemplo, uma categoria principal para estudo, é possível dividi-la entre livros, cursos, pós-graduação. Também tem a opção de visualizar um dashboard como está as suas despesas que o próprio app faz para você.

É possível cadastrar transações financeiras

Você também pode configurar transações financeiras, por exemplo, você tem uma conta da sua empresa na qual você recebe o seu salário, mas você usa uma outra conta como principal, então você consegue configurar manualmente que uma conta salário sua, do Bradesco, por exemplo, vai receber seu salário e vai transferi-lo para o Nubank. Também é possível configurar contas como se fossem uma reserva de emergência porque, na verdade, o que o aplicativo faz é criar uma conta que tenha dinheiro, e basicamente não faz diferença para ele saber o que é aquilo ali e dentro dessa conta, por exemplo, no exemplo da reserva de emergência, você consegue configurar ali também o quanto daquele dinheiro está destinado para determinada coisa.

Porém, a versão do aplicativo que oferece todas essas opções é pago e deixo o link aqui para vocês verem o preço atual.

Caso você já esteja com o 13.º contado e não quer pagar para se organizar com o Mobills, temos também outro aplicativo chamado Olívia. O funcionamento é praticamente o mesmo e ele é gratuito. A Olívia, por ser uma IA, consegue não só te informar dados sobre os seus gastos como o Mobills, mas ela consegue entendê-los. Um exemplo, foi a descoberta de um vazamento de água na casa de um usuário apenas analisando o aumento no preço da sua conta de água. Além dessa interpretação dos dados, ela te passa as informações mais em forma de uma conversação casual e não apenas pela visualização de gráficos, assim como o Mobills.

E aí, algo novo para você? Aproveitou as dicas? Tem outras? Comente aqui!

Agradecimento especial ao @Julian_Lopes, a @Vittoria_Cunha, a @lorenatelles e o @Mr.Xis pela ajuda com o conteúdo e revisão.

21 Curtidas

Screenshot_20201213-170306_1
Shofiboll!

13 Curtidas

Excelentes as dicas! Tem um bom planejamento financeiro, montar uma reserva de emergência, definir quais são suas metas de curto, médio e longo prazo, tudo isso é necessário para uma vida saudável e equilibrada sem que seja necessário abrir mão dos nossos prazeres diários.

Outra forma de se planejar financeiramente, principalmente para aqueles que ainda usam dinheiro vivo e não gostam de registrar esse tipo de dado em aplicativos é a Técnica dos Envelopes, a Nathalia Arcuri tem um vídeo explicando como fazer uso dela:

Sem falar que, quando estamos um pouco apertados de dinheiro, sempre é possível trocar aquele presente físico e material por algo abstrato e cheio de significado. Se você é bom de desenhos, faz um quadro pra uma pessoa querida. Tem habilidade com o violão, faz uma mini serenata pro seu amor. Passa muito tempo ausente por conta do trabalho, leva a família para fazer um piquenique no parque ou passa um dia na praia com eles.

A gente sempre relaciona o Natal a troca de presentes, mas mais importante que isso é estar juntos e aproveitar um tempo de qualidade com aqueles que amamos <3

13 Curtidas

Gostei muito das dicas! Sempre faço meu planejamento financeiro, e com o meu roxinho fica tudo mais fácil

2 Curtidas

Ótimo tópico @Alexandre13, essas dicas valem ouro! :clap:

O negócio é se organizar e começar a planejar a vida financeira o quanto antes. Com essas atitudes só temos a ganhar! :smiley:

10 Curtidas

Parabéns pelo tópico @Alexandre13, ficou excelente. Inclusive deveria ser pinado pra aparecer entre os primeiros da categoria Vida Financeira aqui da comunidade.

giphy

7 Curtidas

Pra quem procura mais opções de apps pra organização, o @Andrestefani fez um breve resumo do Organizze em outro tópico:

3 Curtidas

Também acho!!

Excelente tópico, com informações valiosas. Parabéns @Alexandre13, por trazer esse tema, que é muito importante e poucos ainda dão importância em se planejar financeiramente, para colher os frutos no futuro.

5 Curtidas