Troco pedido de desculpas, por ação, um programa de trainnes

Troco pedido de desculpas, por ação. Que tal um programa de trainnes para contratar negros, mulheres e LGBTTs? Bem ao estilo Bayer, Magalu entre outras empresas.

Não é a primeira fala infeliz, no que tange a população LGBTTs também foi infeliz. Nada diferente na entrevista “O Brasil condena o sucesso”

Fundadora do Nubank pede desculpas por dizer ser difícil contratar negros

4 Likes

Aguardo retorno

2 Likes

É uma boa sugestão, @ricardo.martins e acredito que o Nubank irá fazer o recomendado, nenhum tipo de preconceito ou intolerância pode se passar despercebido.

EDIT: Ah e nesse tópico aqui, :point_down: estamos concentrando todos os nossos feedback sobre esse assunto, dá uma olhadinha lá:

9 Likes

Contudo parece q para população LGBT o crédito é mais leve.
Mas como eu disse , desculpas não muda nada. As ações sim, falta um programa de inclusão de lideranças diversas. Não adianta dizer que a empresa é plural , se em seu comando não tem a diversidade da sociedade representada.

2 Likes

Eu nao sou a favor a nenhum grupo ou movimento , se nao envolver o ser humano em geral fica dificil pois nao é pq pessoa A é isso ou pessoa B tem aquilo e etc , acho que teria que focar o ser humano como um todo e nao diferenciar por raça etnia religiao ou sexualidade

1 Like

Você somente leu a entrevista ou assistiu ela toda @ricardo.martins?

Vi parte da entrevista e li a matéria. Tem alguma coisa diferente?

1 Like

Então Mario , não tem diferenças então? As pessoas não são todas de maneira diferentes apesar de sermos todos humanos? A melhor saída é ignorar que os preconceitos existem?

1 Like

Claro que tem. Assiste ela inteira antes, você pode mudar de opinião, e entender o que a Cris realmente quis dizer. :wink:

7 Likes

Farei isso, obrigado pela empatia e atenção.

Forte abraço tenha um lindo dia e um bom final de semana.

6 Likes

Algumas ações voltadas para a diversidade já existem e são patrocinadas pela Nubank muito antes de toda essa polêmica. Convém dar uma olhada, são projetos muito interessantes e que proporcionam a capacitação de modo geral, permitindo que essas pessoas atuem em qualquer empresa que queiram, não só a própria Nubank :slight_smile:

Existem também no âmbito do Nubank um grupo de compartilhamento de experiências voltado para pessoas negras, os Nublacks. Vou colocar o link aqui para você conhecer mais, está bem?

Ações como essas são muito importantes para virar a chave do sistema e criar um mercado de trabalho cada vez mais diverso e plural, tudo acompanhado das devidas competências técnicas. Eu acredito muito no reforço positivo, então apoiar ações como essa é importante para que elas se multipliquem não só a nível interno, mas de modo que outras empresas se inspirem nesse modelo e façam o mesmo :heart_decoration:

8 Likes

Obrigado pelas informações são ações importantes. Contudo, falta o programa voltado para inclusão de líderes. Não é só a Magalu q tem a Bayer tbm.

1 Like

Melhor forma é nao diferenciar e tratar todos iguais