Como controlar o impulso de compra?

#1

Ter um cartão de crédito é maravilhoso, mas se vc não souber se controlar e sair comprando tudo que vê pela frente, esquecendo que tem que pagar lá na frente, aí vc se lasca. Eu já comprei muito mesmo por impulso, mas agora sempre me pergunto antes de comprar : eu preciso mesmo disso? Vai ser útil de verdade? Preciso agora ou pode esperar?
E vcs, como lidam com isso?

9 Likes
Posso nem curtir algo na comunidade mais :/
#2

Acho interessante com a Nubank esse ajuste de limite, sempre deixo ele no valor máximo do meu salário, assim, sei que mesmo que eu extrapolar os gatos, que muitas vezes é inevitável, não vou ter surpresas com a minha fatura.

:wink:

5 Likes
#3

Eu deixo sempre o limite ajustado para um valor baixo, para não parecer que posso ficar à vontade.

2 Likes
#4

Boa ideia, assim não gasto mais do que posso

2 Likes
#5

Uma boa maneira de controlar esses impulsos, é reduzir o limite no próprio app.
Mas aí você deve pensar: “se eu quiser mesmo comprar, basta eu ir no app e aumentar novamente”. Na teoria é isso que acontece, mas na prática ‘N’ fatores podem te ajudar.

Alguns exemplos de situações em que você foi comprar com o limite reajustado:

  • Cartão negado, servirá como um lembrete de economia, que fará com que você repense em sua compra;
  • Temporariamente desconectado da internet, parece ser difícil hoje em dia, mas é bem recorrente. Assim, impossibilitando que você faça o reajuste novamente;

Outra forma, é solicitar à equipe Nubank uma redução do limite.
Com tudo isso, é só curtir o cartão com responsabilidade :grinning:

4 Likes
#6

Exatamente a mesma ideia que eu faço, e até agora tudo certo. :slight_smile:

1 Like
#7

Bem pensado! Ajuda muito a manter o controle!

1 Like
#8

Eu compro bastante na Xbox Live, mas o que eu faço antes de comprar é saber o quanto eu ganho final do mês, o quanto eu tenho de despesas fixas e o quanto eu gasto normalmente com carro, comida e casa, tendo uma folga boa, eu compro, se eu não sentir uma boa folga, ficar indeciso, simplesmente não compro.

2 Likes
#9

Educação financeira! :money_mouth_face:

Eu era um gastador daqueles que não podia ver dinheiro na conta que tinha que gastar tudo até o último centavo!
Mas isso mudou drasticamente depois que comecei a estudar o mercado financeiro diariamente, e já faz um bom tempo que minha vida financeira mudou completamente graças a muitas horas de leitura, e vídeos no YouTube em canais como:

  • Thiago Nigro (O Primo Rico), Bruno Perini (Você Mais Rico), Nathalia Arcuri (Me Poupe!), Gustavo Cerbasi, Júlia Mendonça e EconoMirna.

E depois que você já entende bem o nível básico, começa a assistir canais mais voltados para investimentos em renda variável:

  • Fabio Faria (Canal do Holder), Lucas Pit Money, Bea Aguilar (Papo de Bolsa), Eduardo Cavalcanti, Vicente Guimarães, Tiago Reis, Suno Research, 500 Pratas, Bastter.

#ficaadica :wink:

8 Likes
Quais canais do Youtube recomendam para estudo de uma melhor vida financeira?
#10

Ter um cartão de crédito como o Roxinho é ótimo, pq podemos controlar os gastos em tempo real, além de estar de olho no limite.

Para evitar comprar por impulso, a melhor coisa é você ter uma meta financeira: você quer comprar um carro? Quer comprar um apartamento? Quer fazer a viagem dos sonhos?
Ponha uma meta.

Não precisa ser aquela meta gigantesca não. Pode criar umas “mini-metas” durante o caminho pro seu target. Vai guardando parte do seu salário assim que ele bater na sua Nuconta, invista e vai atingindo essas suas mini-metas :slight_smile:

6 Likes
#11

Educação Financeira é tudo!

Eu li um livro chamado Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker (caso tenha interesse, posso compartilhá-lo com você), onde aprendi a controlar melhor meu dinheiro e a separá-lo conforme necessidades.

Segue um trecho que achei bem interessante:

AÇÕES DA MENTE MILIONÁRIA

  1. Abra a Conta da Liberdade Financeira. Deposite nela 10% de todos os seus rendimentos (descontados os impostos). Esse dinheiro jamais deve ser gasto, apenas investido para produzir rendimentos passivos para a sua aposentadoria.

  2. Crie na sua casa o Pote da Liberdade Financeira e guarde uma quantia qualquer ali todos os dias. Podem ser R$ 5 ou R$ 10, um único real, um centavo que seja ou todo o seu dinheiro trocado. Isso deixará a sua atenção diariamente concentrada na sua liberdade financeira. E, como você sabe, onde a atenção se fixa os resultados aparecem.

  3. Abra a Conta da Diversão ou tenha em casa o Pote da Diversão, no qual você depositará 10% de todos os seus rendimentos. Além da Conta da Diversão e da Conta da Liberdade Financeira, abra quatro outras contas e deposite nelas as seguintes porcentagens dos seus rendimentos:

  • 10% na Conta de Poupança para Despesas de Longo Prazo;
  • 10% na Conta da Instrução Financeira;
  • 50% na Conta das Necessidades Básicas;
  • 10% na Conta das Doações.
  1. Independentemente de quanto dinheiro você possui, comece a administrá-lo agora. Não deixe para amanhã. Mesmo que só tenha R$ 1, administre-o. Pegue 10 centavos e deposite no Pote ou na Conta da Liberdade Financeira. Separe outros 10 centavos e deposite no Pote ou na Conta da Diversão.

Essa simples ação enviará ao universo uma mensagem dizendo que você está pronto para receber mais dinheiro. É claro que, se puder administrar mais, vá em frente.

(Lembrando que é uma sugestão de destinação)

6 Likes
#12

Ótimo, parece um ótimo livro e eu amooo ler, se puder compartilhar comigo eu aceito, não sei se pode passar contato por aqui

#13

Segue link, no Google Drive, do livro em questão: https://drive.google.com/open?id=0B8hOYNyBFWuJTFBqcWNtbXlWZGJTMndkR192TUhXQk40Z2U0

2 Likes
#14

Tenho que aprender isso rs :sweat:

1 Like
#15

Aprender o quê? Posso te ajudar. :slightly_smiling_face:

1 Like
#16

Não sair gastando com tudo rsrs :neutral_face::confused:

#17

Ah sim!
Eu aconselho a leitura do livro. Mudou muito a minha maneira de encarar as coisas.
O segredo é se planejar, @Dani0102. A vida te trará imprevistos (situações bem inesperadas), se você estiver apertada, tudo ficará mais complicado, mas se tiver algum controle sobre suas finanças, pode perceber que não passará por tantos estresses e conseguirá, inclusive, economizar um bom dinheiro (não pagará juros por precisar parcelar fatura, contrair empréstimos desnecessariamente).

:wink:

2 Likes
#18

Tem razão, hj eu vejo a importância de ter uma reserva de emergência.
Meu pai está em coma no hospital e precisamos montar uma estrutura para ele em casa para receber alta e não temos dinheiro nenhum. Passando um sufoco danado!

#19

Bom dia, @Raiane_Souza.

Lamento muito ler isso, mas Deus e a força da família são maiores e superam qualquer dificuldade.

Aconteceu o mesmo comigo em julho/2018. Meu pai, que mora em Ituiutaba/MG, teve uma meningite bacteriana séria e teve de ser internado na UTI. Como moro em Salvador/BA, tive que ir às pressas ficar com minha família nesse momento tão carregado de emoções. E isso me desestabilizou financeiramente também. Eu não tinha reserva, tanto que o cartão @Nubank me ajudou muito neste período, embora tivesse que recorrer a parcelamentos, posteriormente. Infelizmente tive que gastar mais do que o previsto.

Se eu tivesse tido outra conduta, com certeza, não teria passado por tantos apuros e isso me deixou uma lição.

A minha maior felicidade foi ver minha família junta (pai, mãe e irmã) na minha cerimônia de formatura na reitoria da UFBA. Meu pai foi quem entregou o canudo.

Espero, de coração, que tudo fique bem e seu pai volte logo para casa. A vida nos prega cada peça, mas é isso o que nos torna melhores e mais fortes.

Abraço.

3 Likes
#20

@FernandoVilela obg por compartilhar sua experiência. Eu confio que tudo vai se resolver. Temos um Deus maravilhoso em quem podemos confiar. Jeová vai me ajudar a passar por isso da melhor forma possível.

3 Likes