Resgatar Cashback Ultravioleta ou não?

Como alguns sabem, criei um tópico explicando minha situação atualmente, claramente endividamento, ai eu pensei, tenho mais de 1400 em cashback no ultravioleta, que resgatando uma parte eu consegueria ficar no verde.

Sei que é dificil acumular o cashback, mas eu pensei dessa forma:

Eu resgato, um pouco ou tudo, fico no verde, o “verde” seria: Pagar contas do mês e sobrar dinheiro.

E depois, recomeço com o cashback novamente, mas dessa vez sem planos de resgatar, isso seria só para desatolar um pouco nesse período, mas ao mesmo tempo que resgatando vai me ajudar, eu fico com receio.

Por um lado é difícil juntar esse cashback, e por outro, não é impossível conseguir novamente, pensei em resgatar e me estabilizar totalmente, e depois conseguir juntar até mais cashback de forma segura, sem me preocupar com as contas.

Aberto para discuções :slight_smile:

6 curtidas

Acho que pra uma questão de emergência como a que você trouxe, não pensaria duas vezes em resgatar, em nenhum outro cenário resgataria, porque gosto de acumular, mas se tratando de dívida, saúde ou alguma outra emergência e o valor ajudaria a me deixar tranquilo, resgataria sim, mas isso pro meu caso

20 curtidas

Na minha opinião @LenonConstantino, pagar as contas é sempre prioridade. Mas vai de cada um. :handshake::smile:

15 curtidas

O CashBack do UV rende 200% do CDI. No mercado são raríssimos os investimentos em renda fixa que pagam isso. No momento desconheço qualquer um que renda além do Nubank no UV

Então, se não for pelo motivo de urgência, é isso depois de usar a reserva de urgência, minha intenção não é retirar. Sempre acumular.

16 curtidas

Tenho mesmo pensamento que o pessoal já pontuou. Tratando de uma urgência, com certeza o resgato sim. Entre me fazer dormir a noite um pouco mais tranquilo a quitar uma dívida ou entre outros cenários e ter o Cashback, optaria pelo resgate. Depois pensaria em recuperar aos poucos, mas se fosse comigo faria isso.

19 curtidas

A regra é clara:
Primeiro solucionar as pendências financeiras, após e com o tempo, recomeçar a guardar o que sobrar.

20 curtidas

Prefiro quitar as dívidas e recomeçar novamente com controle financeiro!

18 curtidas

Isso é um conselho Bíblico, sabia!? Parabéns!

13 curtidas

@mladeira @ThiagoMoura @FabioAssis2

Então, eu penso em mexer nisso apenas em caso de urgência, algo grave aconteça por exemplo, mas eu também fico pensando que isso acabaria com meus “problemas”.

Como citei anteriormente, é difícil acumular isso, mas também me aliviaria, e eu acumularia normalmente depois.

Como agora eu assumi as contas da casa, eu posso focar tudo no crédito também, mesmo que tenha um jurinhos, mas como atualmente só tenho as contas da casa, um empréstimo com meu pai no Nubank, acordos para limpar o nome e o Cartão do Nubank, então creio que isso aliviaria também;

Eu vou pensar com muita calma, talvez eu espere o meu pagamento cair para ver se falta algo ou não.

@Oliwa Sua frase resumiu oq eu tava tentando digitar nessa postagem toda enquanto escrevia kkkk

Então eu acho que vou esperar o “pagode” cair, e pagar tudo o que eu tenho, ai se necessário, ao invés de resgatar tudo, eu resgato o que faltar, só nesse segundo pagamento das férias eu vou estar mais apurado, pq teve uma taxa na conta de luz e isso vai pesar, e eu queria acertar já, do que atrasar e dps virar uma bola de neve na conta de luz.

14 curtidas

Exatamente, conseguir o valor de volta uma hora vai recuperar, mas ter uma dívida que poderá virar uma bola de neve com o tempo aí é um problema, somente nesses cenários de urgência que resgataria sem problema. Fora isso, prefiro manter o Cashback sem mexer.

19 curtidas

Resgata e paga suas contas e fica em paz, com certeza!

Boa sorte na escolha!

15 curtidas

Sei que essa é uma decisão pessoal mas eu não pensaria duas vezes. Os juros das dívidas são maiores que o rendimento do cashback. Eu resgataria, pagaria tudo, ficaria tranquilo e começaria a acumular o cashback de novo, controlando as receitas e despesas tudo na ponta do lápis.

15 curtidas

@LuizGSF Então, eu penso em 2 coisas:

1: Dificil juntar o cashback, n vou mexer :v
2: Usar o cashback, me estabilizar e recomeçar.

@Jessica_Natalia Obrigado pelo comentário positivo, também estou pensando em fazer isso.

@MaxC Exatamente, embora eu não queira, eu sei que vai me ajudar, e como vc disse também, o cashback eu consigo novamente, nem que eu leve 2 anos igual levei para juntar esses +R$1400 ou mais tempo se for necessário.

10 curtidas

Fico feliz que houve essa conexão de pensamento! Kkk

O importante, é que você está sendo humilde/inteligente/sábio em buscar ajuda para sair dessa situação! Parabéns!

Estou torcendo para que você resolva tudo isso e seja muito feliz com as suas finanças! :purple_heart:

12 curtidas

@Oliwa Acho que isso me resume, infelizmente n aparece o vídeo kkkk

Obviamente, que é meme, eu não estou nessa situação do audio, e principalmente com o Nubank kkkk

BAIXA ESSE ARQUIVO, QUE VAI DAR PRA VER O VÍDEO KKKK

9 curtidas

Eu vi agora :rofl:

Obrigado por compartilhar! :smile:

Você vai sair dessa e cantar a sua vitória, meu amigo! :rocket:

9 curtidas

Acredito q nessa situação seria interessante vc usar o cashback por conta do seu endividamento, tendo em vista que você precisa desse dinheiro e também, em um momento futuro vc vai ter q usar o cashback. Vc usa agr e dps deixa ele parado.

Não vejo problema algum

11 curtidas

Depois conta pra gente que decisão no fim teve, o pessoal deu ótimas dicas sobre experiência pessoal :pray:

7 curtidas

Em 2022 eu estava em uma situação parecida, de uma forma bem resumida: Durante toda minha vida eu sempre fui muito prevenido principalmente com relação a dinheiro, minha esposa tinha as contas dela separadas das minhas, ela sempre foi relutante ao me mostrar até que finalmente sentamos e vimos o tamanho do rombo, muitos cartões vencidos e negociados, financiamentos, impostos, notinha da confecção da esquina, ao decorrer das semanas simplesmente brotavam contas, saldo ficou vermelhaçoooo.

Tudo que pude negociar para diminuir o juros de financiamentos de empréstimos eu optei em saldar o mais rápido possível, com condições % juros menores possíveis, minha reserva de emergência foi embora, pois é para isso que serve mesmo, houve casos em que a dívida ficou pela metade, por conta dos juros que evitamos de pagar.

Em 4 meses conseguimos alcançar o zero a zero e em 6 meses já tinha a reserva de emergência novamente. (A Chave) tudo gira da forma em que vc trata o dinheiro, para meu entendimento não se deve ter uma relação emocional com dinheiro, alguma vez vc gastou dinheiro simplesmente porquê uma voz em sua cabeça disse “não devo gastar tanto dinheiro, mas eu mereço isso”;

Nunca coloque a paixão antes de seus princípios, mesmo vencendo você perde. Senhor Miyagi (1986) Filme: A Hora da Verdade Continua.

Não temos o cartão UV, mas eu ficaria atento ao que está saindo de dinheiro me atentando com o retorno, seja em forma de operações de relação de comércio como por exemplo descontos na forma de pagamento a vista, cupons de desconto também valem.

Você pediu uma opinião, eu contei isso para ilustrar a forma do que eu penso, se ajudar será muito bom, sucesso.

10 curtidas

Exatamente :clap:

6 curtidas