✔ Cancelamento e estorno: entenda a diferença

O que você precisa saber quando cancela uma compra feita com o cartão de crédito.

Comprou um produto e se arrependeu? Fez uma encomenda online com cartão de crédito e a mercadoria veio com defeito? Nesses casos, será que é possível fazer o cancelamento e pedir o estorno?

A resposta é: depende .

Todas as lojas precisam respeitar os direitos do consumidor, mas cada uma delas também possui sua própria política de trocas, cancelamentos e devoluções.

Veja aqui quando é possível pedir um estorno.

Por isso, quando o cliente quer cancelar uma compra ou pedir o seu dinheiro de volta (estorno), o primeiro passo é entrar em contato com o estabelecimento e pedir o cancelamento da compra.

As operadoras de cartão de crédito são apenas um meio de pagamento: elas não têm autonomia para cancelar ou estornar nenhum valor – simplesmente repassam o que os estabelecimentos devolvem ao cliente.

Qual é a diferença entre estorno e cancelamento?

Um estorno é sempre um cancelamento de algo, mas um cancelamento nem sempre inclui um estorno.

Em outras palavras: o cancelamento é o primeiro passo. Dependendo do caso, pode ser necessário fazer o estorno.

Cancelamento: é feito no mesmo dia em que a compra é cancelada, devolvendo o limite ao cartão do consumidor em até 72h, de acordo com as regras da instituição que emite o cartão (o emissor pode ser um banco ou uma fintech, por exemplo). Como é muito rápido, o cancelamento pode nem aparecer na fatura do comprador.

Estorno: é, de fato, a devolução de um valor já confirmado pelo estabelecimento e que consta na sua fatura. Ou seja, você já pagou pelo produto. Normalmente acontece quando o cliente não recebeu a mercadoria, a mesma apresentou defeitos ou não houve a prestação do serviço por parte do estabelecimento. O estorno pode ser feito a partir do dia seguinte em que a compra é cancelada, por isso a compra feita e o valor devolvido vão aparecer na fatura do consumidor. (Lembrando que esse processo pode levar até 2 faturas para acontecer).

Fique atento na hora da compra

Existem algumas situações em que não é possível fazer o estorno, mesmo cancelando a compra.

Quando você compra uma passagem de avião ou reserva um hotel, por exemplo, existem certas taxas ou condições específicas (como promoções) que não incluem estorno . Nessas situações, apesar de ser possível cancelar a reserva, pode ser que o consumidor não receba o estorno (devido às condições acordadas).

Outro exemplo bem comum é em caso de serviços de assinatura (TV a cabo, streaming de música e etc). O cliente pode cancelar o serviço no meio do mês, porém pode ser que ainda exista uma última cobrança – proporcional ao tempo de uso – antes do cancelamento definitivo. Também há chances de não haver estorno desse valor restante.
O que você precisa saber quando cancela uma compra feita com o cartão de crédito
Lembre-se: depois de solicitar o cancelamento e estorno com o lojista, você pode informar a operadora ou banco do seu cartão de crédito e acompanhar a situação do pedido.

É cliente do cartão Nubank? Veja aqui como funciona o processo de estorno.

6 Curtidas

Bom tópico, só contribui pra comunidade. :+1:t3:

1 Curtida

:slightly_smiling_face: