NUBANK poderia melhorar a interface do App. Que acham?

Uma das coisas que acharia interessante seria a correção gramatical dos títulos.
Ex: onde se lê " Me Ajuda", leria-se “Ajude-me” ou “Ajuda”.
Justificativa: sabemos que esta maneira informal de escrever as coisas é para atrair adolescentes, não obstante, observem que estamos a perder as regras de tudo hoje em dia. E como uma instituição vive de “regras” devemos dar o exemplo.
Peço desculpas se não concordam com isso, todavia, tenho saudades de quando a regra gramatical tinha base em nossa educação. Enfim, educação financeira também elenca a gramática.
:pray:

24 Curtidas

Creio que isso seja proposital e faça parte da linguagem “jovem”.

Não é algo que me incomoda, mas sei lá :man_shrugging:

13 Curtidas

Concordo totalmente @endydealmeida

4 Curtidas

Alô @endydealmeida, tudo bem?
Pois é! Mas conhece aquele ditado “O uso do cachimbo entorta a boca”? É o que acontece com o linguajar atual de hoje. A gramática formal e correta está a ser jogada fora. Não podemos deixar acontecer. Pois isso representa o valor dos nossos jovens. Sou educador e sei o que digo. Acredite! Quanto mais educação der a um jovem mais responsável ficará. E aí que a educação financeira aparece de modo subliminar.

7 Curtidas

Engraçado que eu estava debatendo isso com meu filho um dia desses, até concordo que talvez seja intencional, talvez como foi dito, por ser direcionado aos jovens. Mas realmente me chamou a atenção.

3 Curtidas

Acredito que o modo informal chama mais a atenção.

3 Curtidas

Agora que você falou, @Katz, não consigo deixar de reparar. Apesar de ser algo que não me incomode.

2 Curtidas

Olá @FelipeMoraes, tudo bem?
Pois é. Mas “chamar atenção” pode ser feito com outras estratégias. Propaganda & Marketing está aí para isso. Na minha humilde opinião, chamar atenção com um linguajar errado é idiotizar seu cliente sem que se aperceba disso!
Veja: na frase:
“A gente vamos pagar com o cartão nubank”. - Acha que se o NUBANK usá-la, “chamará atenção”? - é linguagem de adolescente… Enfim…

4 Curtidas

Isso tem muito mais impacto negativo do que um “Me Ajuda”.

3 Curtidas

@FelipeMoraes, é a mesma coisa, amigo! Linguagem de Jovem! Linguagem Informal.

2 Curtidas

Vejo como coisas diferentes, mas são opnioes ! :slight_smile:

2 Curtidas

Acho válido a correção.

2 Curtidas

Olá @ree, tudo bem?
Obrigado pela contribuição. Um abraço.

1 Curtida
4 Curtidas

Não acho que é pra tanto, mas é um assunto a ser debatido.

Apesar de entender, achei seu exemplo incoerente. Isso não é linguagem jovem, é escrita errada mesmo.

3 Curtidas

Olá @endydealmeida, tudo bem?
Amigo, sinto informar, mas é linguagem Informal, vulgar, incentivado pela rede. Veja,
Ah tá! --> atá
Com certeza --> concerteza
Nós vamos --> A gente vamos
Deixe-me em paz! --> me deixa em paz!
Vamos embora --> Vumbora
Etc…
Como não se tem a regra, continuam-se os erros.
Ao se ver errado, incentiva-se, pois vê-se que ninguém se toca, SQN.
Entende?
Acredite, sou Professor e sei como é a mente de um adolescente.

Olá amigo, tudo ótimo e você?

Isso é um meme:

Esses são erros mesmo, e dos brabos. E escrever errado desse jeito não é exclusividade só de gente jovem não, acredite.

Eu acho que você está fazendo a associação escrita jovem -> escrita errada -> Nubank.

Sou bem chato quanto à linguagem escrita e tenho plena certeza que as empresas têm que prestar muita atenção nesse ponto. Mas não me incomoda o uso da linguagem mais informal, desde que escrita corretamente.

2 Curtidas

Olá @endydealmeida,

Me Ajuda está certo? :thinking:
Caso estivesse a concorrer por uma vaga em uma empresa, NÃO passaria no teste, se falasse desta forma.

1 Curtida

Eu sei que não se inicia frase com pronome oblíquos átonos.

Se o botão Me Ajuda mudar para Ajuda, nada vai interferir em minha vida.

Então ainda bem que isso aqui não é uma entrevista de emprego, e sim um fórum de internet :wink:

4 Curtidas

Mas ajuda, amigo. Como disse, o cachimbo deixa a boca torta

1 Curtida