Roubo de celular, fraude e cancelamento: o que fazer

Fala comunidade!
Na última semana um caso sobre fraude na conta do Nubank teve bastante repercussão nas redes sociais e o pessoal começou a trazer essa questão aqui para a Comunidade. Para evitar qualquer mal entendido, vou resumir neste tópico o que rolou e algumas informações importantes para vocês. Bora?

O caso: uma cliente do Nu sofreu um assalto onde seu smartphone foi roubado e R$149.000,00 foram transferidos de sua conta em um outro banco para a conta do Nubank. De lá, o valor foi quebrado e transferido para diversas outras contas.

Como o Nubank agiu: inicialmente, a cliente entrou em contato conosco pelos nossos canais de atendimento. Com o decorrer do caso, a retornamos via telefone para entendermos melhor a situação. Nós já tomamos as devidas providências, realizando um depósito de confiança para poupá-la de impactos financeiros, e as investigações seguem em curso.

O tipo de atividade relatada pela cliente é crime e sempre iremos colaborar com as autoridades competentes para investigar e coibir ações como esta. O Nubank tem um compromisso com iniciativas antifraude e também reforça que seu aplicativo dispõe de medidas preventivas de segurança, com biometria e senha, configuradas diretamente pelo App. Além disso, todas as transações pelo app dependem de confirmação da senha de 4 dígitos (que é pessoal e intransferível), e os clientes podem desconectar todos os dispositivos logados na conta do Nubank por meio do nosso site ou via atendimento 24 horas.

Importante: em casos de roubo ou furto do aparelho celular, recomendamos que essa etapa seja realizada o mais rapidamente possível.

Não hesitem em entrar em contato com a gente pelos nossos canais de atendimento sempre que precisarem, combinado?

Ah, e vale dar uma conferida nestes conteúdos sobre o assunto:

Roubaram meu celular, e agora, Nubank?
Dicas de segurança: como ter uma vida online mais protegida

76 Curtidas

Fico feliz em saber que o caso será resolvido.

Agora fica a dúvida: O que está sendo feito para que situações como essa não ocorram mais? Não há um limite de transferência, por questão de segurança, sem que seja identificada quem está realizando a transferência?

12 Curtidas

Explicou mas não esclareceu. A explicação está em todas as redes sociais e nem precisa vir aqui pra tê-la.

5 Curtidas

Nós possuímos sistemas de segurança para verificar movimentações atípicas. Falamos com mais detalhamento sobre isso neste post.

9 Curtidas

Eu entendi perfeitamente, a explicação

5 Curtidas

Uma explicação dessas qualquer um entende. Padrão Nubank.

4 Curtidas

O limite há para quem faz movimentação atípica, tipo 3, 4 ou 5k na conta, esses eles bloqueiam. Quem movimenta 145k não precisa bloquear, vai no rodo kkkkk. Eu só queria saber o que perguntei nas redes sociais, o que seria um situação atípica para o Nubank?

6 Curtidas

Também quero saber porque ocorrem bloqueios com valores muito menores e esta transferência de quase 150 mil reais não bloqueou a conta dela “por segurança”.

9 Curtidas

Não vou cancelar a conta mas vou parar de usar. Parei de usar o cartão, agora vai ser a vez da Nuconta. TEDs com demora de horas pra cair na conta, boleto de depósito que cai a qualquer hora do dia (antes todo deposito feito estava na conta pela manhã) e outras coisinhas mais. Estão perdendo a mão.

7 Curtidas

@_Thiago acredito que a questão das TEDs ocorra demora pois antes de cair na conta destino deve-se registrar a transação juntamente ao banco central. Pode ser que com o aumento do número de transações por conta dos banco digitais esse tempo tenha aumentado. Mas… só uma hipótese.

5 Curtidas

É, pode ser devido a crescente demanda que ultimamente o serviço deles anda meio anormal, fora do “Padrão Nubank”.

3 Curtidas

Mas nesse caso seriam todos os bancos. Também faço TED de outros banco que tem demorado bastante.

2 Curtidas

Acho que não vamos ter essa resposta :confused:

2 Curtidas

Uma movimentação atípica varia de acordo com o perfil do usuário. Cada caso é um caso e cabe ao time responsável analisar individualmente.

16 Curtidas

O “time” avalia depois do bloqueio, que é automático pelo sistema.

Minha pergunta continua: porque uma movimentação de quase 150 mil reais em uma conta inativa não foi bloqueada pelo sistema?

6 Curtidas

Exatamente, isso é pra todo mundo entender mesmo

1 Curtida

Porque essa cliente já tinha o padrão de movimentar muito dinheiro. Isso não ficou fora do padrão para esse caso. Por isso foi relatado que casa caso é individual.
Por exemplo, a pessoa tem o costume de movimentar 4 mil por mês, do nada aparece 15 mil na conta, isso foge do padrão. Agora a pessoa tem o costume de movimentar muito dinheiro e tem muito dinheiro na conta, então uma transferência de 150 mil não foge do padrão.

9 Curtidas

A maioria das pessoas que sofrem bloqueio é durante o depósito por boleto ou pagamento de boleto. Nesta situação é mais difícil ou até impossível de fazer um rastreio do dinheiro, então é necessário ocorrer o bloqueio e uma análise para evitar lavagem de dinheiro.

3 Curtidas

Brother vc chegou a ler a postagem oficial da filha da cliente, no Facebook? A conta estava inativa, desde que abriu, ou seja, nunca foi movimentada.

4 Curtidas

Não li a postagem mas li alguns resumos aqui. Me corrija se estiver errado. O dinheiro estava no Santander e foi transferido via TED para Nubank, contas de mesma titularidade. Até aí nada de anormal, o Nubank sabe de onde veio o dinheiro. Depois foi transferido para outras contas no Nubank, o valor foi dividido em várias contas. Isso aí apesar de ter algumas lacunas, mas é dinheiro rastreável por isso não foi bloqueado. O Nubank bloqueios quando o dinheiro é suspeito, sem uma origem clara ou quando a movimentação seja estranha como, imagino eu, altos valores a noite ou no fim de semana. As contas bloqueadas que já vi até agora grande parte foi por depósito por boleto de valor alto ou então pagamento de boleto de alto valor ou situações desse gênero. Nessa situação pelo que li, não vi motivo para bloqueio.

2 Curtidas